Tamanho do texto

A procura por coisas para fazer em Lima sofreu um boom após os jogos Pan-Americanos, e o início dos Parapan-Americanos pode ser uma nova oportunidade para você conhecer a cidade

Lima é um destino que está em alta. Segundo dados do buscador de viagens KAYAK, os jogos Pan-Americanos aumentaram em 99% a busca dos brasileiros pela capital peruana na plataforma. E a cidade, que recebe o Parapan a partir desta sexta (23), tem muito a oferecer aos turistas. 

Leia também: veja o que fazer no Peru para ter uma viagem inesquecível sem ir a Machu Picchu

Vista aérea da Plaza San Martin arrow-options
shutterstock
Seja desvendando lendas ou apreciando a culinária local, não faltam opções de coisas pra fazer em Lima

É comum um evento esportivo alavancar as buscas pelos seus países e cidades sedes. "O turismo esportivo é uma realidade; no começo de julho um levantamento nosso revelou que a final da Copa América levou a aumento de 226% na busca de brasileiros por passagens para o Rio", atesta Eduardo Fleury, Líder de Operações do KAYAK no Brasil.

Com os Jogos Parapan-Americanos, que vão até 1˚ de setembro, a tendência deve continuar e a capital peruana deve serguir atraindo olhares e turistas em busca e coisas para fazer em Lima .

Mas você não precisará se aventurar pelos pontos turísticos do Peru que Lima tem a oferecer sozinho. Para facilitar a sua jornada, o iG Turismo separou as principais atividades para se fazer na cidade, com opções para todos os gostos.

7 coisas para fazer em Lima

  1. Saborear a culinária local
  2. Apreciar as artes e a cultura
  3. Explorar sítios arqueológicos dentro de Lima
  4. Curtir o agito da vida noturna
  5. Relaxar e se divertir nas praias
  6. Conhecer os museus e pontos históricos
  7. Desvendar mitos e lendas

Coisas para fazer em Lima #1: saborear a culinária local

Tigela de ceviche sobre um balcão preto arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: o ceviche é um dos pratos mais tradicionais da capital gastronômica da América Latina


Os pratos mais tradicionais da cidade dos jogos Pan-Americanos são o ceviche, preparado com peixe cru marinado em molho cítrico acompanhado de cebolas e pimenta, e o tiradito, feito com peixe cru cortado fininho, como um carpaccio. Vale experimentar essas iguarias pelos restaurantes da cidade. 

Mas você não precisa se ater apenas às tradições regionais. Segundo o Peru Travel, portal oficial de turismo do país, a culinária peruana também sofreu forte influência africana, espanhola e chinesa - resultando num ambiente repleto de variedade.

Para ter uma experiência ainda mais imersiva, uma dica é aproveitar a Mistura, feira gastronômica mais importante da América Latina. Ela acontece na primeira metade do mês de setembro e é uma das atrações do turismo no Lima

Coisas para fazer em Lima #2: apreciar as artes e a cultura

Fachada do Museo de Arte de Lima (MALI) arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: o Museo de Arte de Lima reúne o mais importante acervo de obras de arte do país

As artes e a cultura têm um distrito próprio na cidade-sede dos jogos Parapan-Americanos : o Barranco. Nele, ficam o Museo de Mario Testino (MATE), criado pelo fotógrafo peruano Mario Testino, e o Museo de Arte Contemporáneo (MAC).

Outros pontos turísticos do Peru para apreciar as artes são o Museo de Arte de Lima (MALI), que fica no prédio do antigo Palacio de la Exposición. Ele reúne a mais importante coleção de obras de arte do país, então não deixe de visitá-lo.

Aqueles que procuram coisas para fazer em Lima para aprender um pouco mais sobre a cultura pré-colombiana do Peru não podem deixar de visitar o Museo Larco Herrera. Ele reúne um acervo que faz um panorama cronológico dos 4 mil anos antes da chegada dos colonizadores ao país.

Coisas para fazer em Lima #3: explorar os sítios arqueológicos da cidade

Sítio arqueológico de Huaca Pucllana arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: O Huaca Pucllana é um dos sítios arqueológicos abertos ao público na capital peruana

Quem gosta de sítios arqueológicos não precisa ir até Machu Picchu . Isso porque a capital peruana tem seus próprios sítios, que podem ser visitados pelo público que explora o turismo em Lima.

Um dos mais famosos deles, que não pode ficar fora do seu roteiro segundo o KAYAK, é o Huaca Pucllana. Lá estão os restos de uma pirâmide pré-inca, acompanhada por um museu que exibe os achados das escavações no local que servia como um templo para os nobres e os sacerdotes.

Coisas para fazer em Lima #4: curtir o agito da vida noturna

Ponte de Barranco durante a noite em Lima arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: o Barranco é um bairro de encontro para a boemia da cidade e para os turistas festeiros

E não é só cultura e gastronomia que a cidade tem a oferecer. No próprio bairro Barranco, que atrai os entusiastas das artes durante o dia, as noites pegam fogo.

Segundo o Peru Travel, esse distrito reúne a boemia da cidade no seu principal ponto de encontro, a Plaza de Barranco. E para não ficar só nos bares, os shows de  stand-up comedy são uma boa alternativa para animar a sua noite.

Também no Barranco, segundo o KAYAK, fica a Ponte dos Suspiros, um ótimo ponto para fotografias e para realizar desejos - dizem os peruanos que, ao atravessá-la, é preciso fazer um pedido e prender a respiração até chegar ao outro lado.

Coisas para fazer em Lima #5: relaxar e se divertir nas praias

Surfistas no mar da Praia Makaha arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: a Praia Makaha, na Costa Verde, é um lugar famoso entre os surfistas

Saindo das ruas movimentadas da cidade, você descobrirá que o turismo em Lima também oferece muitas atividades para se divertir e relaxar nas praias. Tanto que uma recomendação considerada imperdível pelo Peru Travel é fazer aulas de surfe na Praia Makaha.

Outro ponto que não pode ficar fora do seu roteiro de coisas para fazer em Lima é a Playa La Herradura, que fica na Costa Verde, o principal circuito praiano da cidade. Próximas a ela estão a Barranquito, a Punta Roquitas, a própria Makaha, a Los Delfines e a Marabella.

A região, de acordo com o site oficial de turismo do país, é ideal para praticar esportes radicais, esportes aquáticos e andar de bicicleta na ciclovia da Praia de Agua Dulce.

Coisas para fazer em Lima #6: conhecer mais museus e pontos históricos

Vista aérea da Plaza Mayor, no centro de Lima arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: a Plaza Mayor reúne pontos históricos como a Catedral de Lima e o Palácio do Governo

Voltando à cidade, uma boa pedida é conhecer a história de Lima e do Peru passando por seus museus e pontos históricos. Um dos mais interessantes, talvez, seja a Plaza Mayor, que fica no centro histórico da cidade e foi idealizada em 1536 por Francisco Pizarro. Nela também ficam a Catedral de Lima e o Palácio do Governo.

A Igleja y Convento de San Francisco também é outro ponto interessante da cidade, graças, em parte, às suas catacumbas, descobertas em 1951. Sua arquitetura única e as pinturas em seu interior também são atrativos para os turistas que procuram coisas para fazer em Lima.

Quanto aos museus, um dos mais interessantes talvez seja o Museo Oro del Perú, cujas vitrines expõem peças de ouro peruanas milenares vindas principalmente de povos do norte do país.

O Museo Militar Fortaleza del Real Felipe é outra opção de turismo em Lima. Ele fica dentro das muralhas de uma fortaleza que foi extremamente importante para a proteção da costa peruana desde sua construção no século XVIII e que se tornou Monumento Histórico Nacional em 1952, segundo o Peru Travel.

Coisas para fazer em Lima #7: desvendar mitos e lendas locais

Praça interna da Quinta Heeren arrow-options
shutterstock
Coisas para fazer em Lima: reza a lenda que o fantasma sem cabeça de um empresário japonês assombra a Quinta Heeren

Finalmente, quem explora os pontos turísticos do Peru em Lima se deparará com alguns atrativos cercados de lendas, mistérios e superstições, a exemplo da Ponte dos Suspiros.

Se um roteiro investigativo desperta o seu interesse, vale visitar pontos como a Piedra del Diablo, o Castillo Real Felipe e a Quinta Heeren.

A primeira atração, de acordo com o Peru Travel está ligada à obra "Tradiciones Peruanas", de Ricardo Palma. Segundo a lenda contada pelo autor, a pedra de um metro de altura no Cercado de Lima teria servido como rota de fuga para o Diabo, que fugia dos fiéis de uma procissão.

No Castillo Real Felipe, reza a lenda que o calabouço do castelo deteve centenas de presos em condições desumanas, cujas almas (junto a uma misteriosa dama de branco), ainda vagam pelos corredores.

Já na Quinta Heeren, um conjunto de casarões em estilo europeu construído no século XIX, diz-se que é possível encontrar o espírito de um empresário japonês, que tirou sua vida com uma katana, andando, sem cabeça pelos jardins.

Leia também: Peru é um dos 15 países que não exigem visto no passaporte dos brasileiros; veja a lista

Além dessas, existem outras lendas e mitos para se desvendar na cidade. Mas isso é algo que você poderá fazer quando estiver por lá, descobrindo pessoalmente as coisas para fazer em Lima .