Tamanho do texto

Em época de férias, os parques ficam mais lotados, mas isso não é motivo de desespero; com algumas dicas, o turista vai conseguir aproveitar as atrações

Em época de férias, como no mês de julho , muitos turistas aproveitam para viajar e conhecer os parques da Disney. No entanto, além de  pesquisar os preços das passagens áereas e fazer todo os passos que envolvem o planejamento da viagem, é importante saber que, nesse período, os visitantes precisam lidar com as altas temperaturas, as longas filas e outras questões.

parques da Disney
Divulgação/Walt Disney World
No mês de julho, por exemplo, os parques ficam mais lotados e, além disso, os visitantes precisam lidar com o calor

De fato, as atrações ficam mais concorridas, mas isso não deve atrapalhar a experiência do viajante. Para conseguir lidar com esse e outros pontos, o iG Turismo conversou com a jornalista Camila Pinheiro, autora do blog "Pelo Mundo Disney". A profissional mora em Orlando, na Flórida, conhece cada espaço dos parques da Disney e traz dicas importantes. Confira!

Prepare-se para o calor

Durante o verão, o calor é sentido com muita intensidade na cidade. Além disso, o clima é úmido e pancadas de chuva são recorrentes ao longo do dia. “Na alta temporada, os parques ficam cheios e é preciso ter paciência e disposição para encarar tudo de maneira positiva e, assim, procurar ter a melhor experiência”, orienta

Para isso, é preciso estar preparado. “Protetor solar, capa de chuva e carrinho de bebês , além de calçados confortáveis. Como durante o verão há possibilidades de chuvas rápidas, é importante acompanhar a previsão do tempo para poder priorizar atrações abertas antes da chuva (muitas não funcionam)”, continua. É importante também manter-se hidratado.

O que vestir?

Walt Disney World
shutterstock
Roupas e sapatos confortáveis, por exemplo, são essenciais para conseguir andar pelos parques da Disney e aproveitá-los

Estar confortável é fundamental para conseguir aproveitar da melhor forma as atrações da Disney . Tecidos leves e que secam rápidos são ideais. Afinal, muitas atrações que molham ajudam a refrescar, mas não é agradável permanecer molhado por conta do ar condicionado presente nas atrações indoor. 

“Vale ressaltar que nem sempre chinelos e sandálias são os mais confortáveis para um dia inteiro de parque. Para se ter uma ideia, em um parque da Disney é possível andar em média 10km por dia e um calçado indicado para isso faz toda diferença”, aconselha. 

Qual a melhor hora para ir aos parques da Disney?

A melhor hora é sempre de manhã. “A melhor estratégia é sempre ‘abrir o parque’. Sem contar que muita gente que está com criança pequena ou que não consegue se programar para chegar cedo e  vai depois das 11h.  Se optar por chegar cedo, você vai poder ir em mais atrações que muitas dessas pessoas, que ainda estão chegando, farão no dia inteiro”, explica. 

Outra vantagem de chegar cedo é que, durante o verão, os parques ficam aberto até mais tarde. Muitas vezes, no caso de hóspedes que estão nos resorts da Disney, é possível ir ao hotel durante as horas mais quentes do dia e voltar no final da tarde para curtir o parque e o show de encerramento.

Apesar de válida, essa estratégia, no entanto, é mais indicada para quem está com criança pequena, quem já esteve nos parques ou tem dias extras para aproveitar mais e pode voltar em outras oportunidades. Vale ressaltar que essa é uma opção que faz mais sentido pra quem não está indo viajar para a Disney pela primeira vez. 

Como lidar com filas? 

FastPass+ Disney
Divulgação/Walt Disney World
Algumas técnicas ajudam a passar menos tempo nas filas de determinadas atrações, como usar o FastPass+

Para conseguir apreveitar bem todas as atrações do parque, fazer um planejamento é fundamental . “Chegue cedo e use e abuse do sistema FastPass+. Pessoas que estão hospedadas em um resort da Disney podem marcar as atrações 60 dias antes. Caso você não seja hóspede, 30 dias antes da data da visita. Quanto antes marcar, melhor”, aponta.

O FastPass+ é um serviço gratuito e que está disponível para todos os visitantes que comprarem ingressos para os parques da Disney. Os agendamentos podem ser feitos pelo site oficial, nos próprios parques e pelo aplicativo “My Disney Experience”.

Inicialmente, é permitido agendar três atrações. Em seguida, após aproveitar tudo que foi agendado, os visitantes conseguem marcar a próxima parada e, após o uso, já podem fazer uma nova reserva e por aí vai. 

“A regra de ouro é marcar todos para o mais cedo possível, para poder usar o quanto antes e disponibilizar mais durante o dia.  Outra dica é marcar o FastPass+ para a hora que achar e alterar até encontrar um horário pela manhã. Marcar um para às 18h, por exemplo, vai te deixar 'preso' e sem possibilidade de marcar novos até que o último seja utilizado”, diz. 

É importante destacar também que não é raro conseguir o agendamento para atrações concorridas um dia antes ou até mesmo enquanto estiver no parque. “Muitas pessoas cancelam, mudam os planos e pode ser sua oportunidade, caso não tenha conseguido antes. Por isso, quando estiver na fila de uma atração, já vai tentando marcar o próximo”, aconselha.

Além disso, a recomendação é usar o “My Disney Experience” para monitorar os tempos de fila e ver quais atrações estão mais tranquilas e quais o tempo de espera é maior. “Uma boa estratégia durante o verão é na hora que o sol estiver muito quente, procurar filas cobertas e que tem ar condicionado”, destaca. 

Para evitar filas nas horas das refeições nos parques da Disney , use o app novamente. “Por lá, é possível fazer o order food. Você escolhe os restaurantes pelo aplicativo, pode verificar o menu com calma e solicitar o pedido. Quando estiver no restaurante, basta avisar que está no local e seu pedido será preparado. Super simples e ajuda muita a otimizar tempo”, finaliza.

Serviço personalizado

Star Wars no parque da Disney
Divulgação/Walt Disney World
Quem deseja ter uma experiência personalizada na Disney pode contratar um guia, serviço que oferece alguns benefícios

Para quem deseja ter uma experiência personalizada, a opção é contratar o Guia VIP da Disney. O serviço pago oferece aos visitantes experiências exclusivas, FastPass+ ilimitado e área VIP para shows e desfiles.

Para o passeio, é possível, ainda, solicitar algum profissional que fala português. A recomendação é fazer a reserva com até 180 dias de antecedência, por conta da alta procura. A atividade pode ser feita por grupos de até 10 pessoas e tem duração mínima de sete horas corridas por dia.

Para quem está na dúvida sobre visitar os parques da Disney no verão, algumas informações podem ajudar na decisão a convencê-lo a  aproveitar Orlando em época de altas temperaturas. “Os dias ficam mais longos. Os parques abrem cedo e fecham tarde. Há poucas atrações em reforma. Todos os aquáticos estão abertos e são ótimas opções para se refrescar”, finaliza.