Tamanho do texto

Nesse destino paradisíaco, é possível se conectar com a natureza, conhecer uma nova cultura e viver uma experiência única nas diversas opções ilhas

Afasto e pouco explorado pelos turistas, o Tahiti é daqueles destinos que encantam por suas peculiaridades. Formado por 118 ilhas, o local, que fica na Polinésia Francesa, tem um ar paradisíaco e uma rica cultura. O que mais chama atenção por lá são as belas praias de areia branquinha e águas cristalinas. Entretanto, o local tem muitos outros atrativos que merecem ser conhecidos.

Leia também: Saiba como curtir a badalada e paradisíaca ilha grega de Mykonos

O Tahiti é um destino que encanta por possui praias paradisíacas, mas também conta com outras atrações para os turistas
Divulgação/Atout France
O Tahiti é um destino que encanta por possui praias paradisíacas, mas também conta com outras atrações para os turistas


Pode parecer surreal, mas é totalmente possível fazer uma viagem para esse destino paradisíaco. O Tahiti conta com estrutura para receber os turistas e muitas atrações para quem quer viver uma nova experiência tendo um forte contato com a natureza. Confira os principais destaques do destino listados pelo Escritório de Turismo do Tahiti:

1. Energia de Mana

O Mana é uma energia que o povo do Tahiti acredita que dá força para as pessoas que pisam no local
Divulgação/Atout France
O Mana é uma energia que o povo do Tahiti acredita que dá força para as pessoas que pisam no local


Na cultura taitiana, eles acreditam que o Mana é uma energia espiritual presente no local que traz força para a pessoa. Os moradores locais dizem que logo que se desce do avião já é possível sentir toda essa energia. Isso faz parte da cultura local e é algo que costuma interessar e agradar os turistas – principalmente os que buscam se energizar durante a viagem.

2. Casamento segundo os rituais da polinésia francesa

Casar no Tahiti está se tornando comum e existem muitas agências que oferecem pacotes com tudo para os noivos
Divulgação/Hilton Moorea
Casar no Tahiti está se tornando comum e existem muitas agências que oferecem pacotes com tudo para os noivos


Muitos casais querem sair do convencional na hora de dizer “sim” e, ao invés de casar em Las Vesgas, uma opção é participar de uma cerimônia polinésia tradicional. Para realizar o casamento, é simples já que há uma lista de agências que ajudam na organização desse tipo de evento, seja uma cerimônia civil ou uma cerimônia típica. No destino, mais de 30 hotéis e resorts que oferecerem serviços customizados, capelas e até pacotes de casamento.

Leia também: Casamento na praia, voando ou no mar? 10 destinos que são tendências 

3. Atrações focadas em bem-estar

Os viajantes que querem viajar podem aproveitar em spas que grande parte dos hotéis do Tahiti possuem
Divulgação/Hilton Moorea
Os viajantes que querem viajar podem aproveitar em spas que grande parte dos hotéis do Tahiti possuem


Além das praias e do contato com natureza, o Tahiti conta com outras formas de relaxar. Por lá, é possível encontrar Spas em diversos hotéis. Um deles é o The Brando, em Tetiaroa, que contam com tratamentos holísticos que são baseados em técnicas polinésias internacionais e ancestrais. Outras opções de hotéis que oferecem serviços semelhantes são o Four Seasons e o St. Regis, em Bora Bora, o Intercontinental e o Manava Suite Resort, em Papeete, e o Kia Ora, em Rangiroa.

Entre os procedimentos de relaxamento mais inusitados estão lavagem corporal com baunilha e a esfoliação corporal com areia e arroz, coco ralado e sal marinho.

4. Alugar uma embarcação e navegar por águas cristalinas

No Tahiti, é possível conhecer várias ilhas em uma embarcação em que a tribulação fica disponível para os tripulantes
Divulgação/Atout France
No Tahiti, é possível conhecer várias ilhas em uma embarcação em que a tribulação fica disponível para os tripulantes


Durante a viagem, o turista pode viver uma experiência única navegando em uma embarcação pelas rotas das canoas polinésias. O viajante é quem faz sua própria viagem escolhendo as ilhas quer explorar e, para isso, conta com uma tripulação disponível para navegar pelos flexíveis itinerários. São muitas as empresas que oferecem esse serviço e, por isso, vale a pena pesquisar e comparar os preços.

5. Conhecer a cultura polinésia 

A dança no Tahiti é uma das atrações porque isso faz parte da cultura local e aproveitam isso para convidar Mana
Divulgação/Atout France
A dança no Tahiti é uma das atrações porque isso faz parte da cultura local e aproveitam isso para convidar Mana


Nesse exótico destino é possível se deparar com locais que fazem tatuagens, tecelagem, bordado, entalhe na madeira e pedra e locais que fabricam tambores e pareus pintados à mão. Esse trabalhos manuais expressados através da arte são típicos da região e fazem parte da cultura local.

Além de conhecer e fazer umas comprinhas, o turista pode curtir outra atração cultural: uma dança cheia de ritmo. Os taitianos fazem uma espécie de ritual em que convidam Mana a surgir do mar, descer das montanhas e emanar da alma de todos os homens e mulheres.

6. Cenários dos quadros de Paul Gauguin, nas ilhas Marquesas

As paisagens de ilhas do Tahiti já serviram de inspiração para obras de artistas como o francês Paul Gauguin
Divulgação/Atout France
As paisagens de ilhas do Tahiti já serviram de inspiração para obras de artistas como o francês Paul Gauguin


A histórica ilha Hiva Oa tem uma paisagem selvagem e foi isso o que chamou atenção dos olhares primitivos e poéticos do famoso pintor francês Paul Gauguin. Ele eternizou a paisagem em suas pinturas e, por isso, o local também é conhecido como “Ilha de Paul Gauguin”.

Já as ilhas Marquesas serviram de inspiração para os versos de amor do poeta e cantor belga Jacques Brel. Uma curiosidade é que ambos escolheram esses respectivos lugares para passar seus últimos dias de descanso.

7. Maior evento de Tattoo do mundo

O viajante pode voltar com uma tatuagem para casa, pois no Tahiti existe até um festival sobre isso
Divulgação/Atout France
O viajante pode voltar com uma tatuagem para casa, pois no Tahiti existe até um festival sobre isso


Como já foi citato, as tatuagens fazem parte da cultura desse povo e uma prova disso é que, desde 2015, acontece um evento internacional que costuma reunir mais de 15 mil visitantes. O festival busca promover e valorizar a tatuagem polinésia, que simbolizam beleza e, antigamente, marcava o fim da adolescência de uma pessoa.

A tatuagem é tradição forte por lá porque os taitianos acreditam em uma lenda que diz que a presença do Tohu, o deus do tatau (tattoo), foi quem pintou todos os peixes e oceanos em suas cores e padrões, oferecendo a eles uma essência e um significado de vida. Com o tempo, as tatuagens foram evoluindo por lá e grande parte desse processo aconteceu nas Ilhas Marquesas.

8. Charmosas e intimistas hospedagens

São muitas as opções de hospedagens no Tahiti e as que são mais intimistas costumam ajudam a se aproximar da cultura
Divulgação/Atout France
São muitas as opções de hospedagens no Tahiti e as que são mais intimistas costumam ajudam a se aproximar da cultura


As acomodações locais costumam ser uma atração a parte, pois há muitas opções de pequenas hospedarias, hotéis familiares e pousadas autênticas que faz o turista conhecer de perto a vida cotidiana da moradores locais e é uma ótima forma de se conectar aos taitianos.

Para se ter uma ideia, tem propriedades que possuem de um a 12 quartos ou bangalôs localizados nas praias, nas montanhas, nos vales e também em vilas. Também é possível encontrar casas de família ou casas privadas que recebem turistas e oferecem tudo incluso. Através da hospedagem, também é possível explorar a culinária local e provar receitas típicas.

9. Adquirir a rara pérola negra do Tahiti

No Tahiti, é possível comprar uma pérola com facilidade, pois existem muitas por lá devido as águas propícias
Divulgação/Atout France
No Tahiti, é possível comprar uma pérola com facilidade, pois existem muitas por lá devido as águas propícias


Acontece um grande cultivo da pérola negra nessa região porque as águas quentes das lagoas das ilhas e atóis são propícias para isso. O turista que quiser pode comprar uma para guardar de recordação e os preços da pérola variam de acordo com o formato, cor e tamanho e podem ser encontradas em lojas e fazendas confiáveis. O local de cultivo fica nas Ilhas Fakarava, que é constituída por pequenas ilhotas que formam um anel ao seu redor.

10. Trilhas fazem parte do roteiro

Também é possível fazer tilhas no Tahiti e o legal é que exsitem vários tipos e com vários graus de complexidade
Divulgação/Atout France
Também é possível fazer tilhas no Tahiti e o legal é que exsitem vários tipos e com vários graus de complexidade


O turismo no Tahiti não se resume apenas nas belas praias. O viajante que estiver cansado de nadar pode optar por fazer uma boa caminhada por uma das rotas disponíveis nas ilhas. As trilhas possuem percursos com diferentes níveis de dificuldades incluindo desde rotas litorâneas até em locais próximos a riachos remotos.

Também é possível atravessar rios e terrenos desafiadores e encarar subidas que atingem mais de dois mil metros de altura e rochas vulcânicas que são perigosas por serem quebradiças. Vale ressaltar que é de extrema importância contratar um guia local para fazer as trilhas e na hora de escolher o percurso, só opte pelos percursos mais difíceis se estiver acostumado com isso.

11. Observar pássaros marinhos raros em uma reserva natural

Tem uma ilha no Tahiti que é conhecida por ser um ótimo observatório de pássaros e também de espécies marinhas
Divulgação/Atout France
Tem uma ilha no Tahiti que é conhecida por ser um ótimo observatório de pássaros e também de espécies marinhas


São muitas as espécies de pássaros no Tahiti e o viajante pode observá-los no arquipélago de Tetiaroa. O local é um verdadeiro santuário de pássaros, além de possuir nas águas tartarugas e outras espécies marinhas. Entre as ilhotas, Tahuna Iti, que é conhecida como ilha dos pássaros, é uma região que conta com uma reserva nacional para aves marinhas.

Na região, é possível avistar animais raros, como fragatas, popas, caudas de palha (phaetons), alcatrazes marrons e outros petréis. Conhece algumas dessas espécies?

12. Atrações da ilha Moorea

A dança com fogo é uma tradição da polinésia que é possível ver de perto em praias do Tahiti
Divulgação/Atout France
A dança com fogo é uma tradição da polinésia que é possível ver de perto em praias do Tahiti


Uma das ilhas mais famosas da Polinésia Francesa é Moorea, que possui uma extensão territorial com pontos interessantes para os turistas. Fazer mergulhos de snorkel é o grande destaque da região. Além disso, a ilha possui uma boa rede hoteleira e muitas opções de trilhas.

Outra atração que merece atenção é o campo de golf Green Pearl, que foi projetado por Jack Nicklaus, um campeão do gênero. Também é indicado assistir a Dança de Fogo, que é uma tradição da polinésia em que as chamas tomam conta da praia durante a dança.

13. Visitar os templos sagrados Marae de pedras mecca, em Huahine

Os Templos Sagrados Marae, que são feitos de pedra mecca, são outro atrativo do Tahiti
Divulgação/Atout France
Os Templos Sagrados Marae, que são feitos de pedra mecca, são outro atrativo do Tahiti


Huahine é um dos tesouros do Tahiti. O local conta com florestas deslumbrantes, paisagem intocada e vilas exóticas. O turista pode aproveitar para visitar lugares incríveis como os Templos Sagrados Marae, que são feitos de pedra mecca. Por lá, há mais de 200 estruturas arqueológicas de pedra que resistem por séculos.

O que também torna essa região interessante é o fato de possuir muitas evidências históricas de que Huahine é a ilha com a data de registro de ocupação humana mais antiga de toda a Polinésia Francesa. 

14. Visitar as plantações de baunilha em Raiatea e Taha’a

No Tahiti, há uma região em que há uma plantação de baunilha e as fazendas podem ser visitadas pelos turistas
Divulgação/Atout France
No Tahiti, há uma região em que há uma plantação de baunilha e as fazendas podem ser visitadas pelos turistas


As ilhas de Raiatea e Taha’s compartilham a mesma lagoa, mas apresentam atrações distintas. Enquanto a primeira é considerada pelos polinésios antigos como um solo sagrado e é indicado para a prática de mergulho, inclusive noturno, a outra chama atenção por possuir um templo vulcânico acidentado que oferece uma visita as tribos da polinésia.

Taha’s é reconhecida como Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2007 e vale a pena ser visitada. O silencioso local possui no ar um cheiro de baunilha que indica que na região há várias fazendas de baunilhas que podem ser visitadas pelos turistas. Nos tours, é possível caminhar entre as fileiras de orquídeas, trepadeiras e ver uma demonstração do processo de polinização.

15. Receber o seu café da manhã em uma canoa polinésia, em Bora Bora

No Tahiti,  é possível receber o café da manhã em uma canoa que vai até a hospedagem do turista
Divulgação/Hilton Moorea
No Tahiti, é possível receber o café da manhã em uma canoa que vai até a hospedagem do turista

Bora Bora é uma das regiões mais conhecidas pelos turistas. Isso porque as praias de lá são paradisíacas com peixes de cores tropicais que enchem os jardins de corais.  Entretanto, o que tem chamado atenção na região é o café da manhã servido na Va’a, uma canoa típica da polinésia. A refeição é levada até a sacada dos bangalôs ou até as vilas sobre as águas em canoas enfeitadas com flores e servem frutas frescas, bolos e sucos.

Leia também: 10 destinos não convencionais que vão valorizar sua selfie durante a viagem

Uma curiosidade é que o Va’a é uma embarcação tão popular no Tahiti que são feitas até competições entre essas canoas. A Hawaiki Nui Va’a, por exemplo, é a mais longa e mais difícil corrida de canoa do mundo, que acontece anualmente há 27 anos e conta com a participação até de atletas brasileiros. A corrida é considerada um esporte para os taitianos.

16. Hospedar-se nos famosos bangalôs sobre às águas

Existem acomodações no Tahiti que ficam em cima da água e garantem uma experiência única para os viajantes
Divulgação/Hilton Moorea
Existem acomodações no Tahiti que ficam em cima da água e garantem uma experiência única para os viajantes


Já pensou em ficar em uma acomodação flutuante? Criadas na década de 60 por três amigos da Califórnia, essas acomodações se tornam típicas das ilhas do Tahiti. O turista pode dormir em suítes luxuosas e equipadas com terraços privativos, piscinas de borda infinita ao lado da cama, redes, banheiras e pisos de vidro para contemplação dos peixes, arraias e inofensivos tubarões tropicais que ficam nadando abaixo dos bangalôs.

17. Mergulhar nos atóis de Rangiroa, a capital mundial da prática

Um mar que dá brilho nos olhos, a prática de mergulho é algo comum no Tahiti e que agrada muito os viajantes
Divulgação/Hilton Moorea
Um mar que dá brilho nos olhos, a prática de mergulho é algo comum no Tahiti e que agrada muito os viajantes


Rangiroa é considerada por muitos profissionais como um dos lugares do planeta mais propícios para realizar esse tipo de mergulho. O local é o segundo maior atol (ilha em forma de anel) do mundo e está disposto em uma região com 240 ilhotas unidas por 177 quilômetros e envolto de uma profunda lagoa. Essa e todas as atrações do Tahiti vão render ótimas memórias e belíssimas fotos.