Tamanho do texto

Você sabia que eles saem de férias em agosto? Que existem muitos lugares alternativos para arte e festa? E que há três Estátuas da Liberdade lá?

Paris, conhecida como a grande cidade do amor ou cidade da luz, é um dos maiores centros turísticos do mundo. Pode até ser que seu maior sonho seja conhecer a cidade e visitar a icônica Torre Eiffel.

Leia também: Como conhecer Paris pela primeira vez

Fique por dentro das dicas e curiosidades para que sua viagem à Paris seja a melhor
shutterstock
Fique por dentro das dicas e curiosidades para que sua viagem à Paris seja a melhor


Em 2017, Paris  recebeu o maior número de turistas da última década, segundo dados da agência de notícias Reuters. As reservas de hotéis subiram dos 30,9 milhões em 2016, ano marcado por atentados terroristas,  para 33,8 milhões no ano passado.

Está planejando visitar uma das cidades mais cheia de turistas do mundo? Confira 10 dicas e curiosidades para você aproveitar ao máximo seu passeio na capital francesa e “bon voyage”:

1. Evite o mês de agosto

Você já ouviu o boato de que tudo fecha em agosto? Ele é real, pois esse é o mês que os franceses saem de férias. Os únicos atrativos turísticos que permanecem abertos são os grandes e mais tradicionais: Torre Eiffel, Arco do Triunfo, Basílicas e outros. Para não encontrar as ruas vazias e os estabelecimentos fechados e perder o clima real do local, prepare-se para viajar em outro mês do ano.

2. Superstições

Antigamente, a capital era dividida em 12 distritos e se manteve assim durante bastante tempo para evitar o tão cheio de má sorte número 13. Hoje, superando a superstição, há 20 distritos que formam uma espiral de caracol em sentido horário.

3. Arte alternativa

Se você não quer presenciar um tumulto de pessoas tentando apreciar obras de arte, fuja do Louvre. Existem vários ateliês abertos espalhados pela cidade e eles são perfeitos para ter um contato com arte e artista alternativos.

Leia também: 11 museus imperdíveis em Paris

4. Lazer em espaços subterrâneos

Os espaços subterrâneos da cidade estão começando a ser redescobertos por gente cansada dos cenários comuns. Esses espaços são usados por jovens para arte, lazer e festas, direto de instalações à moda dos séculos XVIII e XIX.

5. Passeio diferente ao ar livre

O Parc Des Butter-Chaumont é um parque tranquilo e agradável para passear em um lugar sem tanto movimento
shutterstock
O Parc Des Butter-Chaumont é um parque tranquilo e agradável para passear em um lugar sem tanto movimento


Quer fazer um passeio ao ar livre, mas não quer enfrentar filas para subir na torre Eiffel e nem andar de barco pelo rio Sena? O jardim Parc des Buttes-Chaumont é uma boa opção para aliviar do estresse em um ambiente bucólico, e os bairros de Montmartre e de Montparnasse podem oferecer um passeio agradável, com uma vista impecável.

Leia também: 7 atrações que tornam Paris uma cidade apaixonante

6. Cigarros e cocôs de cachorros

Paris também pode ser um asco. Os filmes criam no imaginário a ideia de uma cidade utópica, no entanto ela é igual a qualquer outra. Por isso, é comum encontrar fezes de cachorros e diversos fumantes pelas ruas, o que pode ser um problema para você. Lembre-se: trata-se de uma cidade grande como outra qualquer. 

7. A preciosidade do pão

Em Paris, não se brinca quando o assunto é pão. A baguete francesa é o símbolo máximo de todo o país. Aliás, saiba que o pão fica em cima da mesa, não em cima do prato, e se você quiser manteiga acompanhando terá dificuldades em conseguir, pois nem todos os restaurantes disponibilizam.

8. A cidade do amor também é dor

Cuidado para não se iludir com esse apelido carinhoso da cidade e não vá para a capital francesa certo de que encontrará o amor de sua vida. Isso até pode acontecer, mas não se iluda e fique atento a golpes e armadilhas. É provável que nos lugares mais visitados existam pessoas tentando vender coisas estranhas e a preços descomunais. Desconfie. 

9. Etiqueta francesa

E não estamos falando de etiqueta da Channel. Diferentemente dos brasileiros exaltados e calorosos, o comportamento dos franceses é discreto e contido. É difícil ganhar um abraço apertado e pode parecer que eles conversam em um constante sussurro. É aconselhável também que você conheça algumas palavras em francês, um “bonjour” e “au revoir” são necessários para tratar bem e ser bem tratado.

10. Multicultural

Você sabia que existem três Estátuas da Liberdade em Paris? Esta é a localizada em île aux Cygnes
shutterstock
Você sabia que existem três Estátuas da Liberdade em Paris? Esta é a localizada em île aux Cygnes


Acredite ou não, Paris também tem Estátua da Liberdade. Três, para ser mais exato, e em miniatura. A estátua mais famosa, em Nova York, foi feita por um artista francês, que criou algumas réplicas de teste menores antes de realizar o trabalho final. Elas estão lá até hoje, uma no Museu Arts et Métiers, outra no Jardim de Luxembourg e uma terceira, um pouco maior, na île aux Cygnes.