Tamanho do texto

Aos poucos, o bairro de Little Italy, em Nova York, está perdendo seu espaço para estabelecimentos de outras culturas, como a chinesa e a vietnamita

O histórico bairro Little Italy, em Nova York , pode estar caminhando para seu fim. Restaurantes e lojas, repletos de elementos da cultura italiana, estão sendo desaparecendo ou sendo fechados. Perdendo cada vez mais suas características, as tradições, que davam um sabor de Itália perdida nos Estados Unidos, estão aos poucos se tornando lembranças.

Leia também: Nova York e seus bairros famosos: conheça Soho, Little Italy e Chinatown

O bairro de Little Italy em Nova York está perdendo seu lugar para estabelecimentos de outras culturas
shutterstock
O bairro de Little Italy em Nova York está perdendo seu lugar para estabelecimentos de outras culturas


A discussão veio à tona com a explosão do restaurante Angelo’s of Mulberry St. devido a um incêndio causado por um cigarro. Aos poucos, os estabelecimentos italianos estão dando lugar aos de outras culturas, como lojas de bagels, sanduicherias vietnamitas e uma agência bancária da China. Little Italy também está sendo aos poucos tomada pela expansão da Chinatown, outro bairro conhecido de Nova York.

"A região foi reduzida a apenas um nome em um mapa, e no máximo a alguns blocos na Mulberry Street, frequentada pelos turistas", aponta o jornal "The New York Times".

Apesar da situação, o bairro ainda reserva pontos turísticos e locais tradicionais. Aproveite para conhecer enquanto ainda há tempo:

Restaurantes

Se você é fã de restaurantes temáticos, pode gostar do Umberto’s Clam House. O restaurante de frutos do mar apresenta uma atmosfera no estilo mafioso.

Para os fãs da cultura italiana tradicional, é possível experimentar massas saborosas nas cantinas Paesano ou Emilia’s.

Para comer um doce ou tomar um café, vá ao Prince Coffe House, com café e guloseimas, ou ao Mó Il Gelato, uma sorveteria.

Leia também: Como conhecer Nova York pela primeira vez

Lojas

Quer levar a Itália para casa?  A La Cantina oferece vinhos e outras bebidas italianas, e a Calandra Cheese tem produtos como queijos, massas, molhos e azeites.

Se você quer roupas e acessórios, a Mulberry & Grand apresenta uma variedade estilosa, também vendendo sapatos e cosméticos.

Leia também: Nova Iorque de graça: 4 lugares para conhecer na cidade sem gastar um tostão

Curiosidades

O que é retratado pelas ruas é a cultura e o astral puros do italiano. O bairro se formou no início do século XX, com a concentração de um grande número de ítalo-americanos, atingindo o auge em 1910. Hoje, apenas 10% de seus habitantes é de tal origem.

Em Little Italy, também foram criadas as primeiras padarias e pizzarias de Nova York. Ainda dá tempo de percorrer as ruas do local e viver um pouco dessa história. 

*Com informações da ANSA.