Tamanho do texto

País já é famoso pelas belas paisagens naturais e opções de esportes radicais. Também é um destino econômico e não precisa de visto para ir para lá

Conhecida pelas opções de atrações radicais e natureza exuberante, a Nova Zelândia  está na lista dos destinos internacionais mais almejados pelos brasileiros que desejam viajar para o exterior ou fazer intercâmbio. Para se ter uma ideia, o país já serviu até cenário para grandes sucessos de bilheteria, como "O Senhor dos Anéis", "O Hobbit" e "Avatar".

Auckland é a cidade mais popular entre os brasileiros que vão a Nova Zelândia
shutterstock
Auckland é a cidade mais popular entre os brasileiros que vão a Nova Zelândia


O consulado do país chegou a divulgar que, somente em 2016, mais de 13 mil brasileiros visitaram a Nova Zelândia , que também é conhecida como Terra dos Kiwis, em homenagem a um pássaro típico da região.

Além de paisagens incríveis, diversas atrações turísticas e ótima gastronomia, o destino conta com boa relação custo e benefício, já que, de acordo com a agência de viagens CVC, o dólar neozelandês é 25% mais em conta que o americano. Ainda não está convencido? Então veja 7 motivos para visitar o país:

1. Brasileiros não precisam de visto

Para passar até três meses no país você não precisa tirar o visto com antecedência, e como as férias geralmente duram até um mês, essa será uma preocupação a menos. Porém, vale lembrar que ao desembarcar será preciso comprovar que você tem condições financeiras para permanecer no país – sendo necessário cerca de NZD 1.250 por mês, por pessoa. Também será preciso mostrar que já possui passagem de volta e a reserva do hotel.

2. Natureza exuberante

A diversidade natural é, sem dúvidas, um dos grandes chamarizes do país. O turista vai se deparar com praias, montanhas, florestas, fiordes, geleiras e planaltos vulcânicos das ilhas. Mas não vá pensando que o país se resume a isso. Há também opções de passeios culturais, locais históricos e muito mais.

A melhor estação para aproveitar as pistas de esqui é o inverno
Divulgação/Miles Holden
A melhor estação para aproveitar as pistas de esqui é o inverno


3. Moeda acessível

A América do Norte e a Europa são regiões muito visitadas pelos brasileiros, porém o dólar neozelandês está entre as moedas mais econômicas do grupo de países de língua inglesa e isso é ótimo para os viajantes que querem gastar menos. Outro fator importante é que o país possui uma economia estável e está entre as nações menos corruptas do mundo, ou seja, você não terá sustos com grandes variações no valor da moeda local.

Leia também: Pequena, mas diversa, Nova Zelândia atrai cada vez mais turistas brasileiros

4. Estudo e trabalho em uma mesma experiência

Com tantas opções de lazer e custo benefício, o país começou a fazer sucesso entre as pessoas que fazem intercâmbio, e para incentivar ainda mais a vinda de estrangeiros, desde 2014, é possível ter permissão para trabalhar enquanto estuda. Para conseguir a permissão, é preciso estar matriculado em um curso de no mínimo 14 semanas com carga horária de 20 horas semanais. Também é possível fazer a solicitação se foi fazer um curso de ensino superior.

5. Auckland

A cidade é a mais popular entre os brasileiros. Segundo a Education New Zealand, cerca 60% dos turistas que vão ao país escolhem Auckland como principal destino para visitar. O local é o grande centro financeiro do país e como toda grande metrópole conta com variedade de comércio, lazer, restaurantes, feiras de artesanato e outras atrações. Além disso, é bem multiculturalista.

6. Clima agradável

A temperatura amena torna o clima parecido com o do Brasil, então você não terá dificuldades para se adaptar.  O período mais quente fica entre janeiro e fevereiro, ideal para aproveitar as belas praia. O frio chega em julho e se estende até agosto, tornando a época ideal para praticar esportes de inverno, como o esqui e o snowboard. No verão, a temperatura geralmente fica de 20ºC e 25ºC e no inverno de 12ºC e 16ºC.

Leia também: Intercâmbio no Canadá é ótima oportunidade para conciliar estudo e diversão

7. Esporte, muito esporte

O turista pode se aventurar de várias formas na Nova Zelândia
Divulgação/AJ Hackett Bungy New Zealand
O turista pode se aventurar de várias formas na Nova Zelândia


Se você gosta de esportes radicais, a Nova Zelândia é o destino mais indicado! A cidade é chamada por muitos como a terra do bungee jump, pois só na cidade de Queenstown há sete locais para salto e as alturas variam de 41 a 134 metros. Você encararia?! Fora isso, ainda tem a opção de realizar paraquedismo, esqui, rafting, rapel, escaladas, alpinismo, mountain bike, esportes aquáticos, rugby e cricket. Opções não faltam!