A Grécia não é um destino de férias apenas para quem pode esbanjar muito dinheiro. "Em comparação com muitos outros países europeus populares entre os viajantes, a Grécia é acessível e é possível ter umas férias sofisticadas sem ter que gastar todas as suas economias", diz Christos Stergiou, especialista em turismo. Para o jornal americano “The New York Times”, ele dá dicas de como conhecer o país gastando menos.

Leia também: 8 motivos para você conhecer as ilhas gregas

undefined
shutterstock
A Ilha de Paros é um destino mais econômico na Grécia

Veja dicas de como economizar em uma viagem para a  Grécia :

1. Invista em novos destinos 

Salte Mykonos, Santorini, Atenas e outros pontos turísticos do país são caros e superlotados. Em vez de escolher estes lugares, opte por destinos menos conhecidos e mais acessíveis do país, como as ilhas de Paros e Naxos ou uma cidade como Tessalónica. Nestes destinos menos populares, você gastará menos com hospedagem, alimentação, atividades e passeios. "Você economiza muito dinheiro e também conhece o país de maneira mais genuína, porque você estará cercado principalmente por gregos", diz Stergiou.

2. Escolha as acomodações com atenção

Hospedagem em quartos individuais de hotel podem aumentar muito o custo da viagem. Se você estiver viajando com um grupo de seis ou mais pessoas, hospedar-se em uma vila em uma das ilhas gregas pode ser muito mais econômico, e elas contam com uma equipe de segurança. Se mesmo assim você decidir ficar em um hotel, Stergiou recomenda procurar por propriedades menores. Além disso, ele dá a dica de fazer a reserva de seis a oito meses antes de sua viagem porque muitas propriedades gregas oferecem descontos de reserva antecipada.

Leia também: Mulher viaja o mundo com despesas pagas por homens que conhece em app

3. Limite os destinos

Minimizar a quantidade de lugares que você visita representa economia, já que os custos das balsas para as ilhas e as passagens aéreas internas encarecem a todo momento. Foque no que você deseja realmente conhecer e planeje bem seu roteiro de viagem. 

4. Não faça tantos passeios

Você não precisa fazer uma programação infinita de passeios e excursões para uma ter uma viagem agradável - a maioria dos passeios é cara e não necessariamente enriquecerá sua viagem. Stergiou aconselha escolher as experiências com base em seus interesses pessoais. Os amantes da história, por exemplo, podem considerar um passeio em um importante local ou museu histórico, enquanto os amantes da água podem querer fazer uma viagem de vela.

Leia também: 5 dicas para economizar durante a viagem

5. Escolha a época certa

Julho e agosto são os primeiros meses turísticos da Grécia e também a época em que os preços de hotéis e passeios estão mais caros. Entre abril e meados de junho e de setembro a novembro os preços caem até pela metade. "Você evitará as multidões e seu dinheiro irá render muito mais", afirma Stergiou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários