Ela garante que o aplicativo não tem nenhum teor sexual e que não se envolveu com nenhum dos homens que conheceu nas viagens

Viajar para vários lugares do mundo sem despesas pode ser um sonho para muitas pessoas, e uma mulher de Sidney está fazendo isso. Lucia Khabzi, de 24 anos, viajou para destinos de férias exóticos, incluindo Dubai, Índia e Marrocos para encontrar homens que ela conheceu em um site de relacionamento baseado em viagens.

Leia também: Saiba como escolher um destino e aproveitar as férias ao máximo

A viajante Lucia percorre o mundo tendo as despesas pagas
Reprodução/Daily Mail
A viajante Lucia percorre o mundo tendo as despesas pagas

Desde que ela começou a usar o Miss Travel, um aplicativo parecido com o Tinder, ela conheceu 22 países nos últimos 12 meses graças à ajuda de homens que pagaram para conhecê-la em locais glamourosos.  Segundo o “Daily Mail”, antes de usar o aplicativo, a mulher tinha o orçamento reduzido e precisava economizar em suas viagens. "Desde que comecei a usar, eu fui para locais luxuosos, me hospedei em hotéis requintados e experimentei a vida de pessoas ricas sem despesas .”

Ela ainda afirma que os homens que pagam pelas viagens estão principalmente interessados ​​em criar uma amizade e ter uma companhia. "Por causa deles, minha experiência da viagem foi muito melhor do que eu poderia pagar sozinha."

De acordo com ela, eles pagam os voos, hotéis, comida, bebida e outras coisas. Ela diz ainda que no começo foi difícil aceitar ter tudo pago por esses homens. "Então eu percebi que eles só queriam alguém para compartilhar a experiência da viagem com eles e a culpa desapareceu."

Leia também: Veja 10 aplicativos que os viajantes precisam ter

Lucia também ressalta que não está no aplicativo para o ganho financeiro. "Eu uso o site porque gosto de conhecer novas pessoas. Se essas pessoas querem pagar para mim para explorar um novo lugar com elas, isso é um bônus ", disse. "O aplicativo foi uma ótima ferramenta para me conectar com novas pessoas.”

Nada de relacionamentos

Inicialmente, Lucia diz que os pais estavam preocupados - mas ela insiste que não é prostituição. "Os caras que conheci foram homens de negócios bem respeitosos e eu deixei claro antes de nos encontrarmos que não havia garantia de que qualquer coisa aconteceria entre nós", disse ela. "Infelizmente, o amor não se desenvolveu entre nenhum dos homens que conheci e não beijei nenhum deles.”

Leia também: Viaje sem gastar com a hospedagem

Independentemente disso, a viajante diz que todos eles a trataram bem, pagaram suas despesas e proporcionaram bons momentos. "Eu ainda sou amiga da maioria deles agora e os atualizo com fotos de onde eu estou no mundo. Tem sido uma experiência muito legal”

    Leia tudo sobre: Aplicativo
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.