Tamanho do texto

Colunistas do iG Turismo, Gisella e Fernando mostram o que é essencial em um roteiro por esse país repleto de cores, música e muito lugar paradisíaco

Com 45 km de comprimento de leste a oeste, a Jamaica é a terceira maior ilha do Caribe. Além de ser conhecida por ser o país de origem do cantor Bob Marley, o país, que já foi colônia espanhola, inglesa e só declarou independência em 1962, também é repleto de lugares paradisíacos para se conhecer.

Leia também: Conheça cinco pontos turísticos nas Ilhas Cayman que valem a visita

Nós chegamos à Jamaica pela cidade de Ocho Rios, onde nosso cruzeiro que partiu de Miami ficou ancorado e, ao contrário do que muita gente pensa, esse não é um local para se perder algumas horas. Por ser repleto de belezas naturais, uma cultura rica e muitas opções do que fazer, foi difícil escolher um lugar para passear durante o único dia em que ficamos por lá.

Apesar de termos chegado em um navio que vinha de Miami, também é possível fazer isso de avião em um voo que leva apenas 40 minutos. Se o voo partir do Brasil, o melhor jeito é fazer a conexão no Panamá. Animou? Pois confira cinco cidades para se conhecer na Jamaica e seus principais pontos turísticos:

1. Montego Bay

Montego Bay, na Jamaica, tem opções badaladas, tradicionais e até para quem é mais aventureiro
Shutterstock
Montego Bay, na Jamaica, tem opções badaladas, tradicionais e até para quem é mais aventureiro

 Montego Bay é uma cidade é bem conhecida por suas festas e pela bebida típica do Caribe: o rum. Ainda assim, o agito não é a única atração, já que o artesanato local e os programas mais aventureiros também chamam bastante atenção. Para quem curte mergulho, uma opção interessante é a Caverna de Widowmaker e suas aberturas submarinas.

Outros pontos turísticos da cidade que valem a visita são: Martha Brea river rafting, Laguna Luminosa, Walter Fletcher Beach, no parque Aquasol, Doctor’s Cave, Reggae Bar, Reggae Sumfest (que costumava receber o nome de Sunsplash) e a Rasta Indigenous Village.

2. Negril

Negril, na Jamaica, oferece um dos litorais mais bonitos do mundo, e uma dica é ficar por lá para o pôr-do-sol
Shutterstock
Negril, na Jamaica, oferece um dos litorais mais bonitos do mundo, e uma dica é ficar por lá para o pôr-do-sol

Já em Negril, é possível conhecer um dos litorais mais lindos do mundo, como o Seven Mile Beach. Outro ponto alto dessa cidade é o pôr-do-sol à beira mar e a possibilidade de visitar as Negril e as lindas cachoeiras Mayfield.

Leia também: Confira quatro cidades que não podem faltar em um roteiro pelo Marrocos

3. Ocho Rios

A cidade de Ocho Rios é onde os navios que transitam pelo Caribe costumam fazer parada
Fernando e Gisella
A cidade de Ocho Rios é onde os navios que transitam pelo Caribe costumam fazer parada

Ocho Rios é uma pequena cidade que serve como ponto de parada de todos os cruzeiros que transitam por lá. Foi por essa cidade – que nos encantou pela cor da água e outras belezas naturais – que entramos nesse país tão colorido.  Com muitos hotéis e resorts luxuosos, a cidade está muito bem preparada para receber turistas e os locais mais procurados por eles costumam ser o Coyaba River Garden and Museum, a Blue Hole e a Dunn’s River Falls and Park.

Ficamos uma manhã inteira na praia, bem perto do navio. Não quisemos pegar táxis e optamos por caminhar pela cidade a pé. É interessante conhecer a cultura local, entrar no supermercado e ainda falar com as pessoas nas ruas, que dão muita atenção aos turistas. Às vezes, eles chegam a ser um pouco invasivos, mas faz parte da experiência de estar no país. Pelas lojas de artesanato e lembranças, a barganha faz parte da viagem.

Para entrar na praia é necessário pagar dois dólares por pessoa, enquanto alugar uma cadeira de praia custa cinco. No fim, pagar compensa, pois vale a pena passar o dia admirando as águas cristalinas da região.

4. Kingston

Em Kingston, há um museu dedicado ao canto Bob Marley, natural da Jamaica
Divulgação/Explorer Jamaica
Em Kingston, há um museu dedicado ao canto Bob Marley, natural da Jamaica

Outra cidade que precisa ser visitada é Kingston, capital do país que fica entre a Costa leste a as Montanhas Azuis. Lá, é possível encontrar a autenticidade do país dentro do Museu do Bob Marley , ou conhecer a história do lugar em Devon House. Outros pontos turísticos são o Parque da Emancipação e, para quem gosta de música, o Kingston Dub Club (reggae bar).

5. Port Antonio

A Blue Lagoon, onde foi gravado o clássico
Shutterstock
A Blue Lagoon, onde foi gravado o clássico "A Lagoa Azul", também fica na Jamaica, na cidade de Port Antonio

Em Port Antonio, é possível visitar cachoeiras na Reach Falls, a Blue Lagoon – onde foi filmado o clássico “A Lagoa Azul” – e a praia Frenchman’s Cove. A cidade não tem grandes resorts e as praias são pequenas, menores que as das outras cidades que falamos antes. Lá, há muitas atrações escondidas e vale a pena explorar com um guia local para conhecer cada pedacinho desse paraíso.

Nossa passagem pela Jamaica foi curta e ficamos com aquele gostinho de “quero mais”, já pensando em programar uma viagem mais completa por esse país incrível.  Para saber mais dicas de viagens e destinos, acompanhe a nossa coluna aqui no iG Turismo .