Tamanho do texto

Até os colchões dos quartos os hóspedes levam para casa; veja mais detalhes

Ok, não é novidade acontecerem pequenos roubos em hotéis. Toalhas, xampus, sabonetes... Tudo isso sempre foi comum. Mas uma pesquisa apontou, segundo o portal New York Post, que o roubo de colchões, quando se trata de hotéis de luxo , também tem sido frequente.

Leia mais: Por que você nunca deve levar o roupão de banho dos hotéis para casa?

Quarto de Hotel arrow-options
Reprodução/Shutterstock
Quarto de hotel

De acordo com a pesquisa, que foi conduzida pela Wellness Heaven, empresa que faz avaliações de hotéis e spas, é mais comum que hotéis cinco estrelas tenham grandes itens roubados, como colchões, do que pequenos itens, fáceis de esconder.

Leia mais: Pequenos e aconchegantes: 4 opções de "hotéis-cápsula" para você experimentar

A pesquisa não-científica entrevistou 634 hotéis quatro estrelas e 523 hotéis cinco estrelas, localizados principalmente na Europa. Tassilo Keilman, que é CEO da Wellness Heaven, buscou entender nessas conversas como é possível que os hóspedes roubem artigos tão grandes como um colchão.

Uma das táticas utilizadas pelos clientes é de levar o colchão no período da noite, quando a recepção está fechada. Além disso, os itens roubados em cada hotel dependem muito da qualidade deles. Ou seja, se nos hotéis cinco estrelas, é mais comum o roubo de itens grandes como televisões e máquinas de café, nos hotéis quatro estrelas, é mais corriqueiro que isso aconteça com baterias e controles remotos.

Leia mais: Revista Time elege os melhores hotéis de 2019 e inclui brasileiro; conheça

Keilman também pareceu surpreso com o roubo dos colchões pela facilidade de identificar quem o cometeu. Por se tratar de um item muito grande, não seria difícil saber qual foi o hóspede que o levou. Entretanto, os hotéis cinco estrelas são menos propensos a denunciar roubos, por não terem interesse em se conectar com crimes em geral.