Uma das personalidades jovens mais influentes dos Estados Unidos sofreu com racismo durante um voo da United Airlines. Taylor Richardson, garota de 17 anos conhecida como a Astronauta StarBright, ouviu de um rapaz que não sentaria ao lado dela por ela ser negra.

taylor
Reprodução/ instagram @astronautstarbrigh
Taylor Richardson é conhecida nos EUA por querer ser astronauta. A jovem sofreu racismo durante um voo no país

Leia também: Funcionário da Universal Orlando é demitido após racismo contra criança

O crime foi relatado pela própria adolescente em suas redes sociais. Em uma série de publicações no Twitter, Taylor comentou o episódio de racismo que aconteceu no aeroporto de Denver, no dia 15 de novembro.

“Ontem, enquanto voava de Denver para Jacksonville, tive meu primeiro encontro com um homem branco que não queria se sentar ao meu lado porque eu era negra. Obrigado @united por acomodá-lo”, escreveu.

Taylor ainda revelou que os funcionários da companhia aérea foram “pegos de surpresa”, mas conseguiram ser gentis e discretos ao lidar com a situação. “Poderia ter sido pior. Estou em casa, estou segura e a verdade é que, a menos que ele mude e pessoas como ele mudem, esta não será a última vez”, comentou.

Apesar do desconforto, Taylor Richardson disse que achou melhor que o assento ao seu lado estivesse vazio durante todo o voo. A jovem é conhecida nos país e até já saiu na revista Teen Vogue na lista das 21 pessoas mais influentes abaixo dos 21 anos. Ela sonha em ser cientista, engenheira e astronauta.

Em mensagem privada para a garota, a  United Airlines  se desculpou pelo ocorrido. “Lamentamos sinceramente que essa tenha sido sua experiência, pois nunca queremos que nossos clientes sintam algum tipo de desconforto ao voar e apreciamos verdadeiramente sua compreensão. Sempre buscamos deixar uma boa impressão em nossos clientes e queremos que você saiba que nos importamos”.

Leia também: Pegue o pombo! Ave aterroriza tripulação de cabine e adia voo na Rússia

Além do caso de Taylor, o cantor do Back Eyed Peas, Will.I.Am também sofreu com racismo da companhia aérea Qantas no aeroporto de Brisbane também nessa semana.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários