Tamanho do texto

Read House abriga no quarto 311 o espírito de Annalisa Netherly, uma jovem morta nos anos 20 por seu amante. Ela é "crítica" com homens no local

Você aceitaria se hospedar num hotel assombrado por um fantasma que odeia homens? Para quem tem coragem, esse “rolê” é possível nos Estados Unidos.

Leia também: 6 hospedagens mal-assombradas ao redor do mundo

hotel assombrado arrow-options
Read House/ MEGA
Hotel assombrado no Tennessee tem mulher que odeia homens

No condado de Chattanooga, no Tennessee, existe um hotel assombrado chamado Read House em que ocorreu um crime brutal nos anos 20. Uma mulher chamada Annalisa Netherly foi assassinada pelo amante enquanto estava hospedada no quarto e dizem que seu espírito permanece lá até hoje.

O lugar até chegou a ser reformado recentemente para dar mais conforto a Netherly. “Depois de ler as contas do assombrado quarto 311 , sabíamos que a melhor coisa a fazer era restaurar o espaço para deixar Annalisa confortável – sem comodidades modernas – e estamos animados em receber novos hóspedes para compartilhá-la”, disse o gerente geral, Ken Merkel, ao site Metro .

hotel assombrado arrow-options
Read House/ MEGA
Uma pernoite no quarto 311 custa US$ 666

A reforma deixou o quarto muito parecido com o qual Annalisa se hospedou em 1920. No cômodo existe um rádio AM que não funciona, uma banheira vintage com pés de garra, um vaso sanitário original, móveis antigos e pisos de madeira. Não há televisões ou wi-fi.

Uma diária no quarto 311 custa US$ 666 (R$2.750, na cotação atual), bem sugestivo não é mesmo? No pacote o hóspede tem pernoite, estacionamento com manobrista, uma garrafa de gim, café da manhã e 100 dólares de crédito para gastar no restaurante do hotel.

hotel assombrado arrow-options
Read House/ MEGA
Recentemente o quarto foi redecoração com itens dos anos 20 para que Annalisa ficasse confortável

Observação: não é aconselhável fumar dentro do quarto. Segundo relatos de quem se hospedou no Read House , Annalisa odeia homens que fumam. Dos ataques paranormais do recinto estão incluídos ruídos inexplicáveis, água corrente, luzes piscando e figuras sombrias.

Al Capone também passou por lá

Existe uma história que conta que o gangster americano Al Capone se hospedou no quarto 311 enquanto esteve em Chattanooga. O criminoso estava aguardando seu julgamento federal e teve que ficar com as janelas do comodo trancadas para não fugir. Será que ele conhecer Annalisa?

Leia também: Prisão mal-assombrada no Reino Unido vira hotel por uma noite

Se você tem vontade de conhecer o hotel assombrado , mas não tem coragem, o hotel faz visitar diurnas ao quarto 311.