No trabalho, na faculdade, na balada, na fila do pão, existem muitos lugares em que uma pessoa pode encontrar sua cara metade e uma pesquisa indica que os viajantes podem conhecer seu grande amor nas alturas. De acordo com levantamento feito pelo HSBC, um em cada 50 viajantes encontra a alma gêmea no avião .

undefined
shutterstock
Pesquisa indica que é possível encontrar a alma gêmea no avião e isso acontece com um em casa 50 viajantes


A pesquisa contou com a participação de 5 mil viajantes de 141 países diferentes e, segundo informações do site “Travel and Leisure”, os resultados apontam que, além de encontrar a alma gêmea , 16% dos viajantes já fizeram contatos de negócios durante um voo e 14% dos passageiros fizeram amizades duradouras com pessoas que conheceram em viagens aéreas.

Outro dado surpreendente é que 51% dos viajantes admitem que tiveram uma conversa com um estranho durante o tempo em que estiveram nas alturas. Em alguns casos, essas conversas casuais podem despertar outros interesses e, por isso, muitos casais se formam após uma viagem de avião.

Mas será que isso é uma tendência? Ao que tudo indica, sim, pois existem até aplicativos de relacionamento específicos para os encontros nas alturas. Um deles conecta os viajantes em diversos aeroportos espalhados pelo mundo, já outro funciona como uma rede social para usar durante viagens aéreas que permite à pessoa se  conectar com outros viajantes que possuam interesses em comum e estejam no mesmo voo ou no mesmo espaço.

Alma gêmea ou só uma paquera?

undefined
Reprodução/Twitter: @Roseybeeme
Atriz viu um casal em clima de paquera no avião e registrou o momento e torceu para que um fosse alma gêmea do outro

Recentemente, uma  história de paquera no avião viralizou nas redes sociais. A atriz Rosey Blair decidiu trocar de poltrona e ao sentar no novo lugar viu que os dois passageiros da frente começaram a conversar em clima de romance e ela passou a tirar fotos e narrar junto com o namorado dela o que estava acontecendo com os passageiros nas redes sociais.

Ela contou sobre o que eles estavam conversando, reparou que, às vezes, os braços deles se tocavam e ficou na torcida para que eles se apaixonassem e engatassem um relacionamento após saírem daquele voo. Os tuítes rapidamente começaram a fazer sucesso, mas não se sabe se eles acabaram ficando juntos. E você, gostaria de encontrar sua alma gêmea em um avião?  

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários