Tamanho do texto

Esmé viajou o mundo ao lado da mãe, Karen, e do pai. A aventura começou poucos meses após seu nascimento

A pequena britânica Esmé tem um currículo de viagens que faz inveja a muito mochileiro experiente. Aos 10 meses, a menina já era a companheira fiel dos pais Karen Edwars e Shaun Baynes em seus passeios pelo mundo e já conhecia três continentes. As informações são do site britânico "Metro".

Leia mais: Como tirar o passaporte, passo a passo

Esmé começou a viajar o mundo ao lado da mãe poucos meses após seu nascimento
Reprodução/Metro
Esmé começou a viajar o mundo ao lado da mãe poucos meses após seu nascimento


A família passou pela Irlanda, onde Karen tem familiares, partiu para Nova Zelândie a passou por Singapura, Austrália, Indonésia, Malásia, Vietnã, Taiwan e Hong Kong. Hoje, Esmé tem um ano e cinco meses e uma experiência em viagens invejável.

Primeira viagem

"Acho que poso dizer que eu não tive uma licença maternidade típica" escreveu Karen, que trabalha como enfermeira, em seu blog. Quando Esmé tinha apenas 10 semanas, a família decidiu alugar a casa que morava em Londres, vender o carro e começar a viajar. A primeira parada seria a Nova Zelândia. 

Pequena mochileira conheceu 3 continentes antes de completar 1 ano
Reprodução
Pequena mochileira conheceu 3 continentes antes de completar 1 ano

Karen conta que queria aproveitar sua licença maternidade ao máximo. Mas ela confessa que as pessoas "achavam que ela estava louca" quando resolveram deixar Londres e viajar.

"Shaun e eu já tínhamos vontade de viajar de mochilão antes de ficar grávida. Todos pensavam que estávamos completamente loucos quando decidimos viajar e ainda levar Esmé", afirma.

 O casal já havia se planejado e economizado para o "tour", que custou cerca de 10 mil libras (aproximadamente R$ 52 mil).

Leia mais:  Faça um mochilão em grupo

Mãe e filha passeiam de bicicleta no Vietnã
Reprodução/Metro.co.uk
Mãe e filha passeiam de bicicleta no Vietnã


Perrengues

Karen explica que nem todos os momentos foram fáceis. A mãe conta que, diversas vezes, Esmé precisava apenas dormir ou mamar, mas o desejo do casal era sair e tomar uma cerveja.

Mesmo assim, para ela foi incrível e teve momentos como um passeio de bicicleta pelo Vietnã no qual as pessoas paravam e tratavam Esmé como celebridade ou uma tarde com cangurus em Brisbane. 

Cuidados

Claro que viajar com um bêbe pediu cuidados. Os pais fizeram um roteiro que não passasse por cidades ou países com alto risco de doenças, como malária. E a pequena Esmé foi medicada e tomou todas as vacinas necessárias ainda em Londres e na primeira parada, na Nova Zelândia. 

De novo?

Questionada se faria tudo de novo caso tivesse outro filho, Karen responde: "Ainda não tenho planos para outros filhos, mas quando tiver, definitivamente vou fazer tudo de novo".

Família viaja o mundo
Reprodução/Metro
Família viaja o mundo