Destino dos famosos: as praias e a religiosidade de Salvador
Reprodução / Instagram
Destino dos famosos: as praias e a religiosidade de Salvador

Salvador é uma das cidades mais antigas do Brasil: em 1549, foi declarada como a capital do país. A posição estratégica e os belos cenários naturais contribuíram para que diversos navegantes fossem atraídos pela cidade. Hoje capital da Bahia, é um dos principais destinos brasileiros escolhidos pelos brasileiros. Seja pelas praias lindíssimas ou pelo Carnaval agitado, Salvador recebe milhares de turistas todos os anos. Ela, inclusive, chamou a atenção de famosas como Giovanna Ewbank, Suzana Pires e Fernanda Paes Leme.

Além disso, a cidade apresenta um forte sincretismo religioso, com festas importantes para religiões de matriz africana, como a Festa de Iemanjá, que ocorre dia dois de fevereiro. É também emblemática para os cristãos: há uma lenda que afirma que na cidade existem 365 igrejas, uma para cada dia do ano. 

Outro destaque para a capital baiana são as atrações históricas, em que se enquadram museus, ateliês e igrejas. Não se pode esquecer da gastronomia da cidade, pratos típicos como Acarajé, Cocada e Vatapá podem ser degustados em cada esquina. Entre as praias mais populares de Salvador, estão Porto, Farol da Barra, Itapuã, Stella Maris e Flamengo. 


Como chegar em Salvador?

O Aeroporto Internacional de Salvador recebe voos vindos do mundo inteiro. As viagens saindo de São Paulo, por exemplo, custam em torno de R$ 741 e duram cerca de 2h30. 

O que fazer em Salvador?

Praias 

Uma das praias mais movimentadas da cidade é a Praia do Farol, localizada na zona urbana da cidade. As águas são tranquilas e formam lindas piscinas naturais. Ela recebeu esse nome por conta do Farol da Barra, um dos principais pontos turísticos de Salvador. Trata-se do farol mais antigo das Américas, situado no Forte de Santo Antônio. Nele, é possível visitar o Museu Náutico da Bahia. Do alto do farol, não deixe de contemplar uma vista lindíssima do mar. 

Leia Também

A praia do Flamengo é mais vazia, ideias para quem deseja fugir da multidão. O mar possui um tom esverdeado, mas é mais agitado, com fortes ondas. Próxima a ela, está a Stella Maris, mais distante do centro e mais sossegada. 


Pelourinho

Os casarões coloridos e as ruas de pedra encantam os turistas, tanto que o local já foi por inúmeras vezes cenário de filmes e novelas brasileiras. Tombado como Patrimônio Cultural da UNESCO, preserva os pelourinhos que eram usados para castigar os negros escravizados. 

Elevador Lacerda

Um dos principais cartões postais da Bahia, é utilizado para se deslocar do Centro Histórico até a Cidade Baixa. São quatro cabines eletrificadas que carregam 32 passageiros por vez. O espaço foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 2006.

Centro Histórico

São muitas as atrações no Centro Histórico de Salvador, que podem ser visitadas a pé. A Catedral de Salvador foi a primeira igreja construída na cidade, em 1672. Além dela, a Igreja de São Francisco é a mais famosa, ricamente decorada com mais de 800 quilos de ouro. 

Para os amantes de museus, há o museu afro, erguido no prédio que funcionou como a primeira escola de medicina brasileira. O acervo é constituído com mais de mil peças, focadas em contar a história da África e das religiões afro-brasileiras.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários