O outono começa na próxima sexta-feira (20) e vai até o dia 20 de junho. Neste período, as temperaturas costumam ser mais amenas e as chuvas dão uma trégua, o que é bom para curtir um fim de semana de folga.

Leia também: Com medo do coronavírus? Veja 10 passeios para fazer pela web

Com a disseminação do novo coronavírus pelo Brasil e demais países, é preciso cuidado ao planejar uma viagem. Você também pode guardar essa listinha com os destinos nacionais para conhecer ainda no período de outono.

Lages - Santa Catarina

lages arrow-options
Reprodução/ Prefeitura Municipal de Lages
Lages, cidade em Santa Catarina

O Sul do Brasil, por ser uma região mais fria do que as demais, é uma ótima pedida para a época do outono. Quem quer fugir dos destinos mais cobiçados e tradicionais, pode encontrar na região de Lages, em Santa Catarina, as melhores atrações.

A maior cidade em extensão de Santa Catarina é famosa por suas fazendas e grande contato com a natureza. É perfeita para curtir o frio, se arriscar no turismo rural e aproveitar a culinária típica. 

Saindo de Florianópolis, uma viagem de carro até Lages dura pouco mais de 3hrs. Veja a rota abaixo:


Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros - Goiás

chapada arrow-options
Divulgação/Vivalá
Chapada dos Veadeiros, em Goiás

A floresta do cerrado fica bastante atrativa no outono e é um verdadeiro convite para os amantes de aventura . O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, por exemplo, é ideal para a prática de rapel, canoagem, escalada e tirolesa. 

As cachoeiras com águas cristalinas e montanhas proporcionam paisagens lindas que, com a falta de chuvas nessa época do ano, ficam ainda melhores para descansar.

É possível acessar o parque de carro, saindo de Goiânia. O trajeto demora entre 5h e 6h e recomendado que os turistas se hospedem na região para um fim de semana.

Ouro Preto - Minas Gerais

ouro preto arrow-options
Divulgação/Prefeitura Municipal de Ouro Preto/Ane Souz
Museu da Inconfidência, Ouro Preto

Ouro Preto é uma cidade histórica com atmosfera rústica e artística que combina perfeitamente com o outono. O clima ameno ajuda os turistas a caminhar pela cidade, conhecer as igrejas centenárias e outras construções barrocas do centro histórico.

Distante 97 km de Belo Horizonte, Ouro Preto pode ser um destino de bate e volta para os mineiros. A viagem de carro leva, em média, 1h30. Veja a rota abaixo:

Campos do Jordão - São Paulo

campos arrow-options
shutterstock
Campos do Jordão é um dos destinos preferidos no outono

Um dos destinos mais famosos no inverno, a “Suíça brasileira” tem cenário de outono europeu, com direito a folhas em tons amarelos e marrons caindo pelas ruas. Por isso, é um destino a se conhecer nessa nova estação.

Outro benefício da viagem é que o município ainda não está no período de alta temporada, que começa entre junho e julho, então é mais tranquilo - e mais barato - aproveitar esta época. O trajeto também é rápido saindo da capital de São Paulo e dura 2h.

Gramado - Rio Grande do Sul

gramado arrow-options
shutterstock
Mundo do Chocolate Lugano, em Gramado

Da mesma forma que Campos do Jordão, Gramado é um destino tradicional no frio e bastante desejado no outono. Além das belas paisagens e arquitetura em estilo europeu, os chocolates da cidade chamam atenção. Como o feriado da Páscoa fica bem no meio da estação (em 10 de abril), a cidade vira ponto obrigatório nessa folga.

A viagem para a cidade pode ser feita em um único dia saindo de Porto Alegre. O trajeto de carro dura pouco mais de 1h pela BR 106 e é mais lento pela RS-020.

Monte Verde - Minas Gerais

monte verde arrow-options
Reprodução/monteverdetur
Monte Verde é um destino próximo de São Paulo

Conhecida por suas compras de inverno, a vila de Monte Verde encanta os turistas durante as estações mais frias. Localizada a 1.600 metros do nível do mar, o distrito é sempre bom para aproveitar baixas temperaturas e degustar bebidas quentes.

O passeio para a vila pode virar um combo romântico com Campos do Jordão, vizinha na Serra da Mantiqueira. Saindo de São Paulo, a viagem demora cerca de 2h, já o mesmo trajeto saindo de Belo Horizonte, leva 6h.

Visconde de Mauá - Rio de Janeiro

visconde de mauá arrow-options
Reprodução/ visconde de mauá blog
A cidade de Visconde de Mauá, no Rio de Janeiro

Entre três estados (São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais), Visconde de Mauá é um dos destinos montanhosos mais estrategicamente localizados. Localizado a 1800 metros do nível do mar, a pequena cidade tem belas paisagens e é um bom recuo do agito da cidade.

O local possui três vilas - Visconde de Mauá, Maringá e Maromba -, que contam com restaurantes, cachoeiras, trilhas e hotéis. O destino pode ser acessado de carro de três capitais: Belo Horizonte (7 hrs de trajeto), São Paulo (4hrs de trajeto) e Rio de Janeiro (3hrs de trajeto).

Cunha - São Paulo

cunha arrow-options
Reprodução/ macamp
Cunha, em São Paulo

Intercalada por São Paulo e Rio de Janeiro, Cunha costuma passar despercebida. Porém, é um bom destino para casais, famílias e aventureiros com muitos parques, rios, cachoeiras e trilhas históricas emolduradas pela mata Atlântica. A cidade ainda tem ateliês, culinária típica, campos de lavanda, pousadas e hotéis-fazenda para todos os públicos.

Leia também: 7 destinos nacionais para se sentir na Itália sem sair do Brasil

O Parque Estadual da Serra do Mar e o Parque Nacional da Serra da Bocaina, ambos com trilhas variadas e muitas quedas d'água, compõem as atividades disponíveis na cidade durante o outono .

    Veja Também

      Mostrar mais