Tamanho do texto

Se você está em busca de tranquilidade e contato com a natureza, a Praia do Forte, no litoral baiano pode ser o destino ideal para visitar com a sua família

Com menos de 50 mil habitantes, o município de Mata de São João, na Bahia, abriga uma das praias mais encantadoras de todo o Brasil. A  Praia do Forte , que fica localizada num distrito homônimo da cidade, é de tirar o folêgo e conta com várias opções de lazer em sua estadia por lá.

Há muito o que fazer na Praia do Forte, independentemente da época que você escolher para viajar para lá com a família
shutterstock
Há muito o que fazer na Praia do Forte, independentemente da época que você escolher para viajar para lá com a família

Se você está planejando uma viagem para esse paraíso no nordeste, seja agora, nas férias, ou durante o ano de 2019, esta matéria vai te dar uma noção sobre o que fazer quando estiver na Praia do Forte , para não perder tempo quando chegar.

Para começar, é importante saber que você vai visitar um município histórico do país, fundado em 1846. No entanto, o nome homenageia João Lopo de Mesquita, que ainda no século XVII teria desmatado áreas e aberto estradas na região.

Já a praia em si recebe esse nome por conta do forte que lá foi construído ainda na época das capitanias hereditárias. Em 1551, Garcia de Sousa D'Ávila, filho do Governador Geral Tomé de Sousa, começou a construir a Casa da Torre na região da atual Praia do Forte, a fim de fiscalizar embarcações que se aproximassem da costa brasileira naquele local.

No entanto, as areias de lá só virariam destino turístico em 1980, após o empresário descendente de alemães Klaus Peters e um amigo arrematarem 30 mil hectares do local.

As praias da Praia do Forte

Os barcos de pesca dividem espaço com banhistas que procuram o que fazer na Praia do Forte durante o ano
shutterstock
Os barcos de pesca dividem espaço com banhistas que procuram o que fazer na Praia do Forte durante o ano

A antiga pequena vila de pescadores agora depende majoritariamente do turismo para se manter de pé, e as opções para quem quer aproveitar um tempinho no litoral baiano são várias.

E, se você quiser desfrutar ao máximo delas, é melhor evitar os meses de maio a julho. A temperatura nessa época fica entre 20˚C e 25˚C, de acordo com o site  Climate Data .

Eles também são os mais chuvosos do ano na região segundo o site - ou seja, não têm o melhor tempo do mundo para quem quer ficar na praia. Mas qualquer outra época do ano é garantia de tempo firme e diversão.

Dos 12 km de litoral, talvez seja interessante escolher apenas algumas praias para aproveitar os dias ensolarados. A Praia do Porto, que fica em frente à vila principal e à Igreja de São Francisco de Assis é a mais famosa da Praia do Forte, sendo o grande destino de turistas da região e de todo o Brasil.

Apesar dos vários barcos de pesca, é possível aproveitar bem as calmas águas com toda a família, mesmo que você tenha filhos pequenos.

As praias do Papa Gente e do Lord são outras bastante procuradas. Em ambas, segundo o portal oficial do distrito da Praia do Forte, é possível nadar nas piscinas de águas cristalinas formadas pelos recifes de corais, além de  que, na segunda, você pode apreciar iguarias regionais servidas aos banhistas no meio do mar.

Aproveite a natureza

Dentre as opções de o que fazer na Praia do Forte, é possível ver de perto os cuidados que o Projeto Tamar dá às tartarugas
Divulgação
Dentre as opções de o que fazer na Praia do Forte, é possível ver de perto os cuidados que o Projeto Tamar dá às tartarugas

O ecoturismo  é muito grande na região também. O Projeto Tamar, como lembra o site oficial da Praia do Forte, ajuda a proteger ninhos de cinco espécies de tartarugas marinhas na costa brasileira - todas elas ameaçadas de extinção.

Na região norte, onde fica a Praia do Forte, as espécies mais notáveis são a tartaruga-cabeçuda e a tartaruga-de-pente. O Centro de Visitantes criado em 1982 permite que os turistas vejam de perto todo o cuidado que o Projeto Tamar dedica a estas espécies em extinção.

Mas não para por aí. Há muito o que fazer por lá: os apaixonados pelo ecoturismo também poderão optar por caminhadas e excursões pela Reserva Ecológica da Sapiranga, que, segundo o portal oficial da Praia, consiste de 600 hectares de Mata Atlântica completamente preservada.

Lá, os passeios podem ser feitos a pé, a cavalo, de bicicleta ou até mesmo de quadriciclo, para quem estiver se sentindo aventureiro.

Outro parque que deixa sua marca na extensa lista de atividades ecoturísticas é o Parque Natural Municipal Klaus Peters, fundado em 2013. Ele funciona como a primeira Unidade de Conservação de Proteção Integral do Litoral Norte da Bahia.

Nele fica uma trilha de 3,6 km com sinalizações informativas a respeito da fauna e flora da restinga - uma ótima opção para educar os seus filhos e descobrir novas coisas a respeito da natureza brasileira.

Um passeio pela cidade

Praia do Forte não é só praia: uma visita ao forte que foi construído no século XVI por Garcia D'Ávila é uma boa
Divulgação
Praia do Forte não é só praia: uma visita ao forte que foi construído no século XVI por Garcia D'Ávila é uma boa

A pequena vila que sedia a Praia do Forte está repleta de lojinhas com souvenirs e restaurantes para dar aquela pausa no banho de sol. E, se você prefere uma noite de festança, pode ir aos bares e restaurantes da vila, como o Mediterrâneus e a Taverna Paradiso, indicações do site oficial da Praia do Forte.

Visitar a já mencionada Casa da Torre de Garcia D'Ávila também é uma possibilidade. Você poderá ver de perto a primeira fortificação portuguesa do Brasil, um verdadeiro castelo medieval em terras tupiniquins.

A 3 km da vila, as ruínas funcionam como um museu atualmente, e são mais um atrativo desta lista, independentemente do seu gosto e do seu bolso.

Preços na alta e baixa temporada

Você pode precisar economizar um pouco para descobrir o que fazer na Praia do Forte por si próprio - mas vale a pena
shutterstock
Você pode precisar economizar um pouco para descobrir o que fazer na Praia do Forte por si próprio - mas vale a pena

No final de ano, a região está em alta temporada, assim como a maioria dos destinos no nordeste. Naturalmente, os preços vão lá para cima, então é bom ter uma noção de quanto custam as passagens e hospedagens.

Para uma estadia entre os dias 4 e 8 de janeiro, com uma família de 4 pessoas (2 adultos e 2 crianças), os preços do Google Flights e do Booking.com são os seguintes:

  • Passagens entre R$3,9 mil e R$4,9 mil.
  • Diárias entre R$375 e R$3,4 mil

Já para uma estadia em outra época do ano que não seja alta temporada, por exemplo, entre 19 e 23 de abril, os preços (sob os mesmos parâmetros) ficam assim:

  • Passagens entre R$1,8 mil e R$2,4 mil
  • Diárias entre R$250 e R$5,9 mil

Leia também: 30 praias brasileiras de tirar o fôlego

Agora, que você já sabe o que fazer na  Praia do Forte e quanto isso vai custar para o seu bolso, que tal se programar para ver tudo isso pessoalmente? Só falta fazer as malas. Boa viagem!