A Cidade Maravilhosa está recebendo a 18ª edição da Bienal do Livro, considerado o maior evento do segmento no Brasil. Até o dia 10 de setembro, você pode visitar esse lugar que dá espaço para grandes escritores. A feira acontece no Riocentro, localizado na Barra da Tijuca, mas há outras opções culturais para os amantes de livro no Rio de Janeiro.

Leia também: 11 praias perfeitas no Rio de Janeiro

undefined
shutterstock
No Rio de Janeiro, há muitas opções culturais para quem ama livros


Saiba como substituir o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar, a praia de Copacabana e outros pontos turísticos comuns por atrações culturais no Rio de Janeiro :

1. Estátuas literárias

undefined
Divulgação/ViajaNet
Recentemente o bairro do Leme ganhou uma estátua de Clarice Lispector


O Rio mescla muito bem a vida boêmia com a arte, e durante muito tempo a cidade foi um polo intelectual. Prova disso é que várias estátuas estão espalhadas pela cidade para homenagear grandes nomes como Carlos Drummond de Andrade, cuja estátua está em Copacabana; Manuel Bandeira, Machado de Assis, homenageados na Academia Brasileira de Letras e Clarice Lispector, que tem sua representação no bairro do Leme.

2. Academia Brasileira de Letras

undefined
Divulgação/ViajaNet
Na Academia Brasileira de Letras são definidas todas as alterações da língua portuguesa


Segundo informações da ViajaNet, esse famoso e renomado lugar foi criado em 1987 por ninguém mais, ninguém menos que Machado de Assis como forma de manter a cultura da língua e da literatura nacional sempre viva, isso inclusive está escrito em seu estatuto. No local, a gramática e a literatura reinam e todas as normas e mudanças da língua portuguesa são conversadas e definidas por lá. É um verdadeiro museu de palavras e poesia.

Leia também: 10 passeios bate e volta saindo do Rio

3. Biblioteca Nacional

undefined
Divulgação/ViajaNet
A Biblioteca Nacional é a sétima maior do mundo


Com um acervo de cerca de nove milhões de títulos, essa biblioteca é a sétima maior do mundo, de acordo com a UNESCO. Além da variedade de livros, raridades como a Bíblia de Gutenberg de 1462 e a coleção iconográfica Teresa Cristina Maria podem ser encontradas por lá. Como são obras antigas, há uma preocupação nos laboratórios para que haja a restauração e conservação das obras.

4. Real Gabinete Português de Leitura

undefined
Divulgação/ViajaNet
Real Gabinete Português de Leitura encanta com bela arquitetura


A abertura desse local aconteceu em 1837 e a ideia surgiu a partir 43 portugueses na época em que o Rio de Janeiro era a capital do país. Algo que chama muita atenção nos visitantes é a arquitetura do local, com portas e janelas ricas em detalhes luxuosos. Só num espaço chamado Sala de Leitura, é possível encontrar 350 mil obras. É muita coisa, né?

Leia também: Curta o fim de semana no Rio

5. Sebos diversos

undefined
Divulgação/ViajaNet
Você pode encontrar livros bem mais baratos em alguns sebos do Rio


Se achar que os livros vendidos na bienal não estão com preços atrativos, você pode optar por procurar as obras em sebos. Os exemplares podem ser usados, mas muitos estão em excelente estado. No Rio de Janeiro, há muitas opções para pechinchar, algumas indicações da ViajaNet são: Baratos da Ribeiro, o Luzes da Cidade, o Sebo da Serra e a Casa da Cultura, todos ficam na região de Botafogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários