Tamanho do texto

Poucos sabem, mas a cidade do Rio de Janeiro conta com praias reservadas e ótimas para quem busca contato com a natureza e tranquilidade

Se você está cansado de praias lotadas e gosta de contato com a natureza, chegou a hora de experimentar algo novo. Poucos sabem, mas o Rio de Janeiro esconde verdadeiros tesouros naturais. Existem várias praias encantadoras e pouco exploradas espalhadas pela cidade maravilhosa. Algumas são de difícil acesso, mas a beleza é tanta que compensa o esforço. 

Para você se aventurar, o Hotel Urbano (HU) separou 5 praias reservadas no Rio de Janeiro. Assim, além de conhecer lugares diferentes, você já fica sabendo para onde ir quando precisar dar aquela relaxada!  

1) Praia da Joatinga

Praia da Joatinga
shutterstock
Praia da Joatinga

Próxima ao bairro de São Conrado , está a Joatinga, famosa por sua vista fantástica. Com somente 300 metros de areia e sinal fraco de celular, essa praia é alvo de quem procura por privacidade e um mergulho refrescante de água salgada.

Para chegar nesse pequeno pedaço do paraíso, é melhor ir de carro e aproveitar o estacionamento que existe no local. A Joatinga fica dentro de um condomínio fechado na Estrada do Joá, mas é aberta a todos.

Para alcançar a faixa de areia é preciso descer pela rápida trilha e passar por um caminho repleto de pedras. O ideal é chegar cedo, não só por conta da maré alta que invade a areia, mas também porque o sol logo se esconde atrás das grandes rochas que envolvem a praia. 

2) Praia do Secreto

Praia do Secreto
Creative Commons
Praia do Secreto

Isolada entre a Macumba e a Prainha , está a Praia do Secreto, com seus 12 metros de extensão. Em plena Zona Oeste do Rio de Janeiro, existe uma piscina natural cercada por paredões rochosos. Há duas formas de chegar ao Secreto. Uma é atravessando pelo mar. Nesse caso, é preciso estar atento às ondas e pedras. A outra é por meio de uma trilha, com cerca de 10 minutos de duração, que tem início na Avenida Estado da Guanabara. Apesar de curto, o caminho é muito íngreme, então, cuidado!

Vale lembrar que o Secreto foi descoberto há pouco mais de dois anos e muitos desejam conhecer o local. Sendo assim, para desfrutar de momentos de paz nessa praia, é melhor ir durante a semana. De preferência, na parte da manhã, quando a maré é baixa. 

3) Praia do Abricó

Praia de Abricó
Wikimedia Commons
Praia de Abricó

Cercada por morros cheios de vegetação nativa, Abricó é uma das praias mais limpas do litoral e está situada perto da Prainha, no caminho para Grumari. Com 850 metros de areia, ela se diferencia das outras pela prática do nudismo e é considerada o paraíso dos naturistas cariocas, que buscam um maior contato com a natureza.

Para aproveitar a praia sem preocupações, a Associação Naturista da Praia do Abricó recomenda que as visitas sejam feitas nos finais de semana e feriados, quando há fiscalização e a nudez completa é obrigatória para todos os usuários. 

4) Prainha

Prainha
shutterstock
Prainha

Escondida no bairro do Recreio dos Bandeirantes , a Prainha faz parte da Área de Proteção Ambiental da Pedra Branca e, por conta de suas ondas agitadas, está entre as preferidas dos surfistas. Com 150 metros de extensão rodeados pela Mata Atlântica, a praia possui uma pequena faixa de areia, além de um estacionamento e dois quiosques, que servem sucos, açaís e petiscos. No caminho até lá, vale uma parada no Mirante do Roncador para apreciar a vista do alto da orla. Os que buscam calmaria devem visitar a Prainha durante a semana, quando o movimento é menor.

5) Praia de Grumari

Praia de Grumari
shutterstock
Praia de Grumari

Com a beleza natural como protagonista, a Praia de Grumari é o lugar perfeito para quem quer fugir do tumulto. Sem sinal de celular e com mais de 2 km de faixa de areia, o local promete sossego. A natureza preservada e o mar de águas claras fazem da Praia de Grumari um lugar de paz e tranquilidade para curtir com a família. É possível passar o dia inteiro lá, já que existem alguns quiosques para garantir o mínimo de infraestrutura aos visitantes.