St. Patricks Day
Foto de RODNAE Productions no Pexels
St. Patricks Day



Existe uma grande rivalidade entre os países que querem ser os maiores consumidores de cerveja do mundo e, nessa briga, está o Brasil. Um estudo publicado em maio deste ano pela Credit Suisse, da Euromonitor e da Statista, afirma que os brasileiros estão em terceiro lugar entre os maiores consumidores da bebida, só atrás de China e Estados Unidos, em primeiro e segundo, respectivamente, mas há controvérsias.

Outra pesquisa, realizada pela empresa alemã Barth-Hass Group, em 2011, analisa proporcionalmente o consumo da cerveja e o número de habitantes maiores de 18 anos. Esta contagem aponta que a bebida a base de cevada é mais consumida entre os países europeus, que dedica festivais, como Oktoberfest e St. Patricks Day (que o Brasil adotou com sucesso) , até fábricas e mosteiros a ela.

Assim, a Europa é o continente ideal para os amantes da cerveja. Com o avanço da vacinação e a liberação de entrada de alguns países , muitas pessoas estão começando a se preparar para conhecer lugares novos e incluem alguns  brindes de cerveja  no roteiro. Para ajudar no planejamento, o iG Turismo elencou os melhores destinos para quem ama uma cerveja gelada.

Munique - Alemanha

Oktoberfest
Reprodução/Pexels
Oktoberfest

A cidade onde acontece a Oktoberfest não pode ficar de fora. A festa tem entrada gratuita e é a oportunidade que os turistas têm de experimentar, pelo menos, 38 tipos de cerveja diferentes, já que são 17 tendas grandes e 21 pequenas. O litro da caneca de chopp custa, em média, 12 euros.

Além disso, existe um parque de diversões e as apresentações para assistir. Em um dia é possível conhecer todo o local, mas como ele dura em média 15 dias, vale a pena ficar uns dias a mais e passear com tranquilidade.

Dusseldorf - Alemanha

A Alemanha conta com mais de mil cervejarias e produz mais de 8 mil cervejas diferentes. Mas o safári das cervejas em Dusseldorf merece atenção especial: são cinco cervejarias especializadas em Alt. Esta cerveja é fabricada à moda antiga, mais amarga e escura, com validade de seis a oito semanas - e isso deixa a experiência mais especial.

O passeio dura duas horas, com compra de ingresso e agendamento de horário on-line . O valor é de 29,80 euros.

Erdinger – Alemanha

A maior cervejaria de trigo do mundo é perto de Munique e combina tradição com tecnologia moderna. Mais de um milhão de garrafas saem da cervejaria todos os dias, mas o turista pode saborear sua Weissbier no jardim da cervejaria.

O tour de três horas inclui degustação, além de passar por todo o processo de fabricação da cerveja. O ingresso pode ser comprado online e custa 17 euros.

Você viu?


Dublin - Irlanda

A festa mais famosa da Irlanda e a célebre cerveja verde comemoram o dia de São Patrício, o padroeiro da Ilha Esmeralda, todo dia 17 de março. Somente quando os pubs e bares foram legalmente permitidos de realizar a comemoração que a data tomou esta proporção de Carnaval.

Com elementos celtas e cristãos misturados, o país e a cerveja adquirem tons esverdeados para brindar. Ainda que a celebração tenha atravessado fronteiras irlandesas, viver este dia no local original tem outro sabor.

Guiness - Irlanda

Guinness
Reprodução/Pexels
Guinness

Ainda falando sobre a Irlanda, aproveite o passeio e conheça a The Guiness Storehouse, em Dublin. A cerveja escura de sabor forte e espuma densa, tudo em mais de 260 anos de história. 

The Guinness Storehouse está aberta até às 19h de domingo a quinta, já sexta e sábado funciona a até às 21h30. O ingresso custa a partir de 15 euros.

Camden Town Brewery – Inglaterra

Também conhecido como o bairro em que Amy Winehouse morava, a Camden Town Brewery foi fundada em 2010. Com vários tipos de cervejas, entre Pale Ale, Pilsner Lager, Unfiltered Hills, Inn Stout, a coroa da rainha é a Camden Hells Lager. A fábrica para visitação de sexta a domingo e o tour com degustação custa 20 libras.

Chimay – Bélgica

A Bélgica é um dos principais centros de produção de cerveja do mundo, e entre os diversos tipos fabricados no país, o mais famoso são as cervejas trapistas. Para receber este título, a cerveja deve ser produzida como atividade secundária nos mosteiros ou sob a supervisão dos monges.

A mais famosa é a Chimay, produzida desde 1862. O Chimay Experience custa 6.50 euros e é um espaço exclusivo para descobrir a história e degustar a bebida.

Leffe – Bélgica

Leffe
Reprodução/Unsplash
Leffe

A cervejaria Leffe fica na cidade de Dinant, perto da fronteira com a França. Com conhecimento transmitido de geração para geração por quase oito séculos, tudo começou nos corredores de um antigo mosteiro, hoje convertido no hotel chamado “La Merveilleuse”.

No tour, o visitante tem experiências interativas, telas sensíveis ao toque e degustação. O turista também vai se familiarizar com o significado da palavra “zitologia” - a habilidade por trás de cada variedade Leffe e sua combinação com a comida. 

Heineken – Holanda

Heineken
Reprodução/Pexels
Heineken

No coração de Amsterdã, o cervejeiro pode ter uma imersão na maior cervejaria do país, com mais de 150 anos de história. A visita é divertida até para quem não gosta de cerveja. Além de conhecer o processo de produção na antiga fábrica hoje desativada, o amante da Heineken pode estar todos sentidos, sentir o lúpulo, provar o mosto e cheirar os aromas autênticos da cervejaria.

O Heineken Experience passar por diversos setores interativos e, ao final, o visitante participa de jogos com outros cervejeiros com prêmios que vão de uma caneca de cerveja a objetos customizados com a marca da bebida. O passeio custa 18 euros.

Brouwerij de Molen – Holanda

Loocalizada em Bodegraven, na Holanda, esta cervejaria artesanal fica cerca de 30 minutos de carro de Amsterdã. Já ocuparam a primeira posição de top cervejeiro na Holanda pela RateBeerBest e sempre estão entre os 100 melhores do mundo.

O local fabrica diversos estilos de cerveja, como Stout, Porter, Barley Wine, Bitter, Pale Ale, Sour, Lager e Saison. Os tours na Brouwerij de Molen devem ser reservados antecipadamente, demoram 1h30 e custam 17,50 euros.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários