O castelo de Óbidos foi construído entre os séculos 12 e 13
Felipe Carvalho
O castelo de Óbidos foi construído entre os séculos 12 e 13


Óbidos é uma cidade portuguesa famosa no mundo inteiro por manter quase intactas as ruas, a arquitetura e a tradição medievais que são mais velhos do que a chegada de Pedro Álvares Cabral ao Brasil. O município, cujo nome significa "cidade fortificada", fica a 85 km de Lisboa, está localizado na província de Estremadura e era uma área que pertencia ao rei D. Sancho I, o segundo monarca de Portugal.

A pequena vila murada atravessou o tempo preservando vários detalhes da civilização antiga que pertencia àquela região. Acredita-se que as primeiras casas e edificações sejam do século 8, com influências romanos, visigodas e muçulmanas, de acordo com análises de determinados trechos da muralha, com feições mouriscas.

É possível percorrer todo o vilarejo em poucas horas e são apenas duas as ruas principais do local, que vão do portal da cidade à região próxima ao castelo, onde estão os restaurantes, lojas de souvenirs, igrejas e livrarias. Entre elas, existem outras ruas menores transversais, com casas simples, adornadas com flores e plantas, cujas portas e janelas estão voltadas diretamente para a rua.

Um dos ícones do passeio a Óbidos é o licor de ginja, uma fruta típica da região, que se parece com uma cereja, e que encanta os turistas do mundo inteiro. Quem vai à cidade, precisa tomar um shot desta bebida, servida no copinho de chocolate amargo, que custa € 1,50 (R$ 9,30).

Castelo

O castelo de Óbidos se transformou em um hotel em 1951 e marcou o início da exploração de Patrimônio Classificado por parte das Pousadas de Portugal. Este castelo é referenciado como uma das 7 maravilhas de Portugal, aguardando neste momento a classificação da Unesco para Patrimônio Mundial. Ele fica a 79 m acima do nível do mar, com planta no formato retangular irregular (orgânica), misturando elementos dos estilos românico, gótico, manuelino e barroco.

Você viu?

A residência medieval e a vila foram dadas de presente de casamento por D. Dinis à esposa Isabel durante as núpcias ali passadas e assim passou por cerca de cinco séculos sendo parte do dote de todas as rainhas portuguesas. Para os viajantes que sonham em passar uma noite em um legítimo castelo medieval, os preços são um pouco salgados e as diárias são de R$ 1,3 mil, com direito apenas ao café da manhã.

Existem outras opções de preços baixos em acomodações fora do castelo, mas dentro da vila. O Rainha Santa Isabel - History Hotel tem quartos para casal que custam R$ 421 por dia. Já o Hostel Argonauta oferece quarto duplo com banheiro compartilhado por R$ 294 a diária.

Feira Medieval

Durante o mês de julho, os moradores da cidade promovem a Feira e Mercado Medieval de Óbidos, um dos eventos anuais mais aguardados em Portugal. Este evento é realizado no recinto do castelo, junto à muralha Oeste da cidade, e apresenta espectáculos ao vivo, com lojas e barracas de bebidas típicas, além de pratos de porco assado no espeto.

Além disso, durante a festividade é possível tentar escalar as muralhas da cidade medieval com uma corda e um arnês. Muitos visitantes aguardam esta época do ano para usar os trajes medievais, e quem não estiver com esse traje deverá pagar uma à entrada € 7.

Chegando a Óbidos

Por ser perto da capital do país, Óbidos tem fácil acesso de carro ou ônibus. Para quem não tem um carro disponível, a estação do Campo Grande, em Lisboa, existe um ônibus da Rápida Verde que leva até a Porta da Vila, entrada principal da cidade. As passagens são vendidas on-line e o percurso dura cerca de 1 hora.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários