A Idade Média viu surgir muitos castelos pelo mundo. As construções imponentes viraram pontos turísticos pelos continentes, mesmo às vezes restando apenas ruínas. Porém, apaixonados pela área de arquitetura criaram um projeto para reviver os tempos de glória de alguns castelos na Europa.

Leia também: Turistas fazem movimento na web para escolher viagem pós-pandemia

O projeto inicialmente foi postado no site Budget Direct por arquitetos e designers que criaram renderizações arquitetônicas de sete castelos . Confira abaixo um pouco da história de cada um e as imagens das ruínas e do "antes" de cada local. 

1. Castelo de Samobor, Croácia

O Castelo de Samobor foi construído no século 13 e pertenceu ao Reino da Boêmia, uma monarquia medieval que governou as partes da moderna República Tcheca e Alemanha desde o final do século XII até a Primeira Guerra Mundial. 

Nos tempos atuais, as ruínas do castelo ficam apenas a 10 minutos a pé da cidade de Samobor e é aberta aos visitantes. O único elemento original sobrevivente é a torre de guarda. Grande parte do restante dos restos mortais, incluindo a capela gótica de Santa Ana, são de modificações do século XVI .

2. Château Gaillard, França

O Castelo de Château Gaillard foi construído entre 1.196 e 1.198 a mando do Rei Richard, o 'Coração de Leão'. O local era um pesadelo para os inimigos e possuía aberturas de piso em ameias, das quais os defensores podiam jogar óleo ou pedras ferventes nos soldados. 

O local foi abandonado no século 16 e mais tarde demolido por Henry IV, da França. No entanto, os elementos do castelo externo permanecem, e os turistas ainda podem admirar as paredes com nervuras exclusivas do pátio interno.

3. Castelo de Dunnottar, Escócia

Construído em rochas, o castelo de Dunnottar tem vista para o Mar do Norte a partir da costa leste da Escócia. Foi invadido pelos vikings no século IX, que mataram o rei Donald II. Posteriormente, em 1.297, o castelo foi sitiado por William Wallace que recebeu várias realezas importantes, incluindo a Rainha da Escócia, Mary Stuart.

Hoje o que mais chama atenção das ruínas é a Tower House. Essa fortificação era uma característica escocesa exclusiva e servia como uma mansão fortificada de três andares.

4. Menlo Castle, Irlanda

Construído nas margens do rio Corrib, perto da cidade de Galway, fica o Castelo Menlo do século XVI, habitado pela rica família inglesa Blake em 1569. O local tem fama de mágico. Uma parteira local contava que costumava ouvir música de fadas enquanto andava pelo castelo à noite e via as fadas dançando em um anel num campo próximo.

Em 1910, no entanto, o Menlo foi devastado por um incêndio que matou a filha de Lord e Lady Blake, Eleanor, cujo corpo nunca foi encontrado. O edifício está em ruínas desde então.

5. Castelo de Olsztyn, Polônia

Localizado na região montanhosa de Cracóvia-Częstochowa, o Castelo de Olsztyn foi construído em torno de 1306. Porém, foi gravemente danificado (e capturado) pelos suecos em 1657. Sua alvenaria foi roubada anos depois e ele nunca retornou aos tempos áureos. A torre já serviu como prisão, mas hoje está aberta apenas para o turismo.

6. Castelo de Spis, Eslováquia

Construído há 900 anos e cobrindo mais de quatro hectares, o Castelo Spis é um dos maiores da Europa Central. A construção de pedra protegeu o palácio românico interior dos tártaros durante a invasão do século XIII. 

Também foi cenário para filmes de Hollywood entre 1992 e 2007, como Coração de Dragão e A Última Legião.

7. Castelo de Poenari, Romênia

O Castelo de Poenari foi construído no século 13 e possui um caminho de 1.400 degraus até do pé da montanha até a entrada. O local é famoso por ter abrigado o 'infame Vlad', conhecido como o Empalador e que é considerado a inspiração para Drácula, de Bram Stoker.

Muitas pessoas dizem que o castelo é assombrado e diversos caçadores de fantasmas o visitam periodicamente.

Leia também: Precisa remarcar ou cancelar a viagem? Essas dicas podem te ajudar

O que achou do projeto de reconstrução de castelos ? Deixe seu comentário abaixo.

    Veja Também

      Mostrar mais