Tamanho do texto

Veja como se locomover em Paris gastando pouco e aproveite tudo o que a Cidade Luz tem a oferecer sem entrar no vermelho

Uma viagem para Paris  está na lista de desejos de inúmeros brasileiros. Muitos sonham em conhecer a capital francesa, mas acham difícil arcar com as despesas. A boa notícia é que é possível viajar barato para a Europa. E foi pensando em te ajudar a fazer uma Eurotrip econômica que o Hotel Urbano  separou algumas dicas de como se locomover em Paris gastando pouco. Assim você já fica um passo mais perto de realizar o seu sonho. E o melhor: sem doer no bolso!

Andar a pé

Paris combina com caminhada - melhor ainda se for bem acompanhado
shutterstock
Paris combina com caminhada - melhor ainda se for bem acompanhado

Caminhar. Essa é a palavra-chave para quem quer se locomover em Paris. Andar a pé é, sem dúvida, o que você mais vai fazer na sua viagem para a França . Além de ser uma forma gratuita de transitar, é também a mais apaixonante. Apesar da Cidade Luz possuir uma das redes de transporte mais completas do mundo, o melhor jeito de conhecer o destino por inteiro é andando. A dica é levar sapatos bem confortáveis e curtir a capital francesa com os pés na calçada.  

Bicicleta

Alugue uma bicicleta em um pontos nas ruas de capital francesa
Wikimedia Commons
Alugue uma bicicleta em um pontos nas ruas de capital francesa

Se você está planejando sua viagem para a Europa , considere utilizar a bicicleta como principal meio de transporte. Andar de bike já virou tendência não só na França, mas em todo continente europeu. E não é à toa. Com a bicicleta, você gasta pouco, não polui a natureza e ainda escapa do trânsito.

Em Paris, a locomoção em duas rodas fica por conta do Vélib. Esse sistema de aluguel automático de bicicletas permite que turistas utilizem o meio de transporte e depois o devolvam a uma das mais de 1.400 estações espalhadas pela cidade. Para alugar a bike por 1 dia, você gasta 1,70 euro (aproximadamente R$ 5,80). Se for passar mais tempo no local, aproveite o ticket que dá direito a 7 dias por 8 euros (aproximadamente R$ 27) e economize no transporte.

Metrô

Preste atenção aos tipos de bilhete no metrô parisiense
Wikimedia Commons
Preste atenção aos tipos de bilhete no metrô parisiense

O fato de Paris possuir o segundo maior sistema de metrô do mundo faz desse meio de transporte a opção mais rápida, barata e eficaz de se locomover na capital francesa. Além de atender a curtas e longas distâncias, o serviço te ajuda a fugir do trânsito e ainda conta com uma quantidade de linhas capaz de cobrir todas as regiões da cidade.

Quando for comprar o seu bilhete, leve em consideração o tempo que vai passar na cidade e quais zonas quer visitar. Vale lembrar que as zonas 1 e 2 englobam a maior parte dos pontos turísticos mais famosos.

Se você quiser poupar ainda mais no transporte, opte pelos passes que te permitem utilizar o metrô de forma ilimitada por vários dias (Paris Visite) ou compre o combinado de 10 tickets. O valor de uma passagem avulsa de metrô é aproximadamente 1,80 euro (aproximadamente R$ 6). No pacote com 10, você economiza pagando cerca de 14,10 euros (aproximadamente R$ 48). Mas fica a dica: guarde o seu bilhete com muito cuidado. As estações são rigorosamente fiscalizadas. Se você for abordado e não estiver com o passe em mãos, pode ser multado.

Ônibus

É fácil se locomover de ônibus em Paris
Wikimedia Commons
É fácil se locomover de ônibus em Paris

O ônibus é uma ótima alternativa para quem deseja apreciar a vista da cidade enquanto se locomove. A boa notícia é que a sinalização dos pontos não deixa a desejar. Todos contam com placas que indicam as linhas que passam pelo local, seus trajetos e horários.

Outra forma de diminuir os gastos com transporte é utilizando o ticket do metrô para pegar o ônibus. O bilhete do metrô também vale para o ônibus desde que você suba nele dentro de 1 hora.

Trem RER

Trem RER é uma opção para quem procura rapidez
Wikimedia Commons
Trem RER é uma opção para quem procura rapidez

O RER é um trem que conecta Paris às cidades vizinhas, utilizando 5 grandes linhas e algumas estações do metrô. A diferença é que eles são ainda mais rápidos, já que não fazem tantas paradas. A dica é pegar o RER quando o destino for mais distante, como Versailles ou Eurodisney.

Para facilitar a sua locomoção, as estações contam com painéis eletrônicos que informam qual a sigla do trem que está por vir, quantos minutos faltam para o RER chegar e em quais estações ele irá passar.