Tamanho do texto

Países como Vietnã e Tailândia atraem brasileiros que buscam viajar para o exterior sem raspar a poupança

A alta do dólar nos últimos meses fez com que muitas pessoas repensassem seus planos de viagem para o final de ano. No entanto, não precisa desanimar e passar o Réveillon em casa por conta do câmbio: ainda existem muitos destinos no exterior onde o real é mais valorizado que a moeda local, tornando a viagem mais vantajosa para seu bolso.

Segundo a operadora de turismo CVC, as vendas de pacotes para destinos internacionais em que o real continua forte cresceram cerca de 30% no primeiro semestre de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado.

Veja 10 destinos em que seu dinheiro vale mais e aproveite o final do ano sem se preocupar com o dólar.

Argentina | 1 real = 2,46 pesos argentino

Casa Rosada é ponto obrigatório no roteiro da capital argentina
Getty Images

Já conhecida de muitos brasileiros, a Argentina é uma boa pedida para os que buscam a primeira experiência no exterior sem gastar uma fortuna - tanto pela proximidade, quanto pelo câmbio. Enquanto a capital Buenos Aires oferece uma experiência cosmopolita com ares europeus, cidades como Mendoza são atrativas para quem busca um destino mais aconchegante e perto das vinícolas. Para os aventureiros, a Patagônia tem paisagens naturais belíssimas e diversas opções de trilha.

África do Sul | 1 real = 3,50 rands 

Cidade do Cabo, na África do Sul
Dubes Sônego

A África do Sul tem de fazer parte do roteiro de qualquer turista que busca um destino que caiba dentro do orçamento e ainda conta com safáris, praias e montanhas. O país, que não exige visto para os visitantes brasileiros, tornou-se um destino atrativo para o bolso este ano. Atualmente, um rand, moeda local, equivale a cerca de 29 centavos de real, deixando serviços como alimentação e transporte mais baratos.

México | 1 real = 4,24 pesos mexicano 

México
Getty Images

Que tal passar o Réveillon nas águas cristalinas do Caribe? Com destinos como Cancun, Riviera Maya, Puerto Vallarta e Riviera Nayarit, o México é uma excelente opção de viagem para quem busca muito sol e bons drinques à beira mar, sem ter de se preocupar com a alta do dólar.

Marrocos | 1 real = 2,53 dirham marroquino 

Riad típico no Marrocos
Getty Images

Quando o assunto é destino "exótico", o Marrocos figura entre os primeiros da lista. Além de poder conhecer o Deserto do Saara, o turista ainda se depara com a bela cultura mulçumana nas mesquitas e também pelas ruas. Além disso, a capital Marrakesh oferece diversas opções de restaurantes com o melhor da comida típica, como o cuscuz.

Tailândia | 1 real = 9,07 bath 

Bangkok, capital da Tailândia
Getty Images

Praias paradisíacas, florestas e templos budistas são apenas algumas das várias atrações que a Tailândia tem para oferecer - e tudo isso por um preço que agrada o bolso dos brasileiros. De acordo com a agência, o turista gasta, em média, R$ 122 por dia na capital Bangkok, contando com hospedagem, refeições, transporte e um passeio por dia. 

Índia | 1 real = 16,56 rúpias 

O Taj Mahal é considerado a maior prova de amor do mundo
Getty Images

Você sabia que a Índia tem as diárias de hospedagem mais em conta do mundo? Isso, combinado com o valor da rúpia em comparação ao real, torna o país um lugar ideal para quem deseja gastar pouco e ainda conhecer uma cultura diferente. Além disso, o turista ainda pode conhecer uma das sete maravilhas do mundo - o Taj Mahal, em Agra. 

Croácia | 1 real = 1,77 kuna 

Fortaleza de Lovrijenac (Croácia): erguida nos arredores de Dubrovnik, serviu de locação para a série da HBO
Wikimedia Commons
Fortaleza de Lovrijenac (Croácia): erguida nos arredores de Dubrovnik, serviu de locação para a série da HBO "Game of Thrones"

Sim, é na Europa, mas é barato. A Croácia, aliás, é um dos poucos países europeus em que os preços continuam moderados em comparação com destinos mais conhecidos. O país tem uma extensa costa litorânea com praias paradisíacas, além dos Lagos de Plitivice, eleito um dos lugares mais lindos do mundo e patrimônio da UNESCO.

Chile | 1 real = 175 pesos chileno 

Casas coloridas dão charme à Valparaíso, no Chile, considerada patrimônio da humanidade pela Unesco
Getty Images

Novo destino queridinho entre os brasileiros, o Chile é sempre uma boa opção de viagem internacional para quem busca explorar um novo país sem ter de raspar a poupança.  Na capital Santiago, é possível passar o dia com cerca de R$ 150, contando com uma boa refeição e um famoso vinho chileno.

Uruguai | 1 real = 7,52 pesos uruguaio 

Punta del Este, no Uruguai
Divulagação/Conrad Resort & Casino

Outra opção na América do Sul, o nosso vizinho Uruguai também entrou para a rota de quem busca uma boa relação custo-benefício quando viaja. Na capital Montevidéu, o turista se depara com história, arquitetura e belas paisagens. Além disso, algumas das principais atrações turísticas e cartões postais da cidade não são pagos, como o Mercado del Puerto, Rambla de Pocitos, Feira Tristán Narvaja, Puerta de La Ciutadela e o Teatro Sólis, que tem dias de visitação gratuitos.

Vietnã | 1 real = 7,6 dongs 

Viajantes vão ao Vietnã em busca de cultura milenar, preços baixos e modernidade ascedente
Getty Images

A cidade de Hanói, capital do Vietnã, já foi eleita a cidade mais barata do mundo  para os turistas. O pais é extenso, mas é possível viajar de carro alugado e economizar ainda mais no deslocamente entre as cidades. Lá, não deixe de conhecer Halong Bay, uma paraíso verde esmeralda em meio aos paredões rochosos.

Veja também os 12 países mais recomendados pelo homem que já visitou todos:

LEIA TAMBÉM
Melhor resort da América do Sul é cearense; conheça o Dom Pedro Laguna
Chulé, comida ruim e aperto: veja as 20 coisas mais irritantes em um avião
Viaje sem raspar a poupança: 35 dicas imperdíveis para economizar ao máximo