A pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) atrapalhou os planos de viagem de muita gente. Para conseguir um preço mais barato e se planejar com antecedência, turistas já tinham pago viagens de férias para o segundo semestre de 2020 e agora não sabem se devem continuar com os planos ou adiá-los por um tempo.

Leia também: Entenda como funciona a limpeza dentro dos cruzeiros

cruzeiro
Arquivo pessoal
Miguel e a esposa Adriana têm cruzeiro marcado com os amigos para outubro de 2020

Esse é o drama de Miguel Elias Branco, militar da Força Aérea Brasileira, que comprou um cruzeiro pela Europa com amigos, que está previsto para zarpar em outubro. “O cruzeiro sairá de Savona, na Itália, e fará uma volta no Mediterrâneo passando por França e Espanha. Ainda está mantido, vamos em três casais, dois do Brasil e um que mora nos Estados Unidos”, explica Branco.

A viagem está mantida, mas não 100% confirmada. Segundo ele, os parentes nos EUA estão receosos com a aventura. “Nós aqui do Brasil estamos mais otimistas, mas com receio, já meus primos que moram nos EUA acho já deixaram claro em algumas conversas que irão desistir. O medo maior é do cruzeiro em si, mais como temos essa possibilidade de alterar a data ficou acordado de esperar até setembro”, complementa.

Desde que a pandemia do novo coronavírus começou, alguns casos de navio de cruzeiro  ficaram atracados em portos sem poder desembarcar os tripulantes, fato que assustou Branco e os amigos. Mas o grupo já tem um plano B.

“Temos duas possibilidades: a primeira é ver se a situação interna da Europa estará estabilizada. Se for o caso, podemos fazer a viagem só a parte terrestre sem o navio, adiando só o cruzeiro, ou adiar toda a viagem, mas não queremos cancelar”, diz o militar.

Apesar da indecisão, todos estão confiantes em poder reaver os investimentos financeiros. Tanto a empresa do navio, a Costa Cruzeiros, como a companhia aérea escolhida, Latam, flexibilizaram os prazos de cancelamento ou remarcação de passagens. 

Leia também: Os perigos da viagem bate e volta durante a pandemia

Quando viajar será seguro?

As operadoras de cruzeiro no Brasil suspenderam suas atividades durante a pandemia e devem retomar em julho. Muitos especialistas indicam que as  viagens com aglomerações sejam evitadas nos próximos meses, mas com a rígida limpeza dos navios e um novo protocolo de segurança a temporada 2020/21 está assegurada.

Além disso, se você também tem uma viagem marcada, a recomendação é consultar a operadora ou empresa aérea para se certificar de prazos de  remarcação de passagens e reembolsos. 

    Veja Também

      Mostrar mais