Tamanho do texto

Nosso colunista Márcio Masulino fala sobre 10 motivos que fazem de Campos do Jordão um destino imperdível

O interesse pela cidade de Campos do Jordão atravessa gerações. A cidade cresceu por meio do turismo de cura, época em que Campos do Jordão, a cidade mais alta do Brasil, era procurada pela qualidade do ar e de seu clima, fatores determinantes na busca da cura da tuberculose.

Veja também outros destinos na Mantiqueira

Muitas famílias se formaram a partir desse infortúnio porque os pacientes, ao se curarem em Campos do Jordão e retornarem às suas cidades, sofriam preconceito em função da doença. Assim, muitos deles acabavam voltando para Campos e se estabeleciam de vez na cidade. A qualidade do clima hoje já não é usada para salvar epidemias, mas ainda é muito procurada por esportistas de alta performance que encontram ali condições ideais para suas práticas, além, é claro, de turistas ávidos por ambientes saudáveis.

Hoje, Campos do Jordão é o maior destino turístico da Mantiqueira e referência nos roteiros de inverno. A cidade oferece inúmeros atrativos e, ano a ano, surgem novos. Separamos algumas experiências que tornarão sua estadia na cidade ainda mais prazerosa.

1 – Borboletário Flores que Voam

Flores que voam, borboletário em Campos do Jordão
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Flores que voam, borboletário em Campos do Jordão


O Borboletário é um dos passeios mais bacanas da cidade. Porém, é importante escolher um dia ensolarado para realmente aproveitá-lo. Guias conduzem os visitantes para uma apresentação sobre a vida das borboletas em uma sala de vídeo e logo após, ao som de música ambiente, para caminhar através de locais fechados onde elas são criadas. A sensação é realmente muito agradável. Elas parecem estar acostumadas à presença de seres humanos e algumas chegam a pousar em você. A quantidade e a variedade de espécies tornam a experiência ainda mais rica. Recomendado para todas as idades.

Onde: Av. Pedro Paulo, 7997 (na Estrada do Horto Florestal).

2 – Parque Tarundu

Um dia é pouco para tantas atividades...
Divulgação
Um dia é pouco para tantas atividades...


O Parque Tarundu é um espaço extremamente bem pensado, com inúmeros atrativos que vão desde a patinação no gelo até passeio de balão.  O Parque foi concebido para ser um passeio em família com atividades para ocupar o dia inteiro. A gastronomia também é muito bem planejada e o restaurante do local é um dos mais renomados da região. Para visitar e aproveitar tudo o que o Parque oferece é importante separar um dia todo em sua agenda. 

Onde: Avenida José Antônio Manso, 1.515 – Campos do Jordão.

3 – Parque Amantikir

Amantikir, paisagens deslumbrantes.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Amantikir, paisagens deslumbrantes.


O Parque Amantikir é um um enorme jardim aberto ao público. Fruto do sonho de um paisagista da cidade, tornou-se em pouco tempo um dos passeios mais procurados pelos turistas. São mais de 700 espécies de plantas espalhadas em jardins com inspiração europeia e asiática. Muito prazeroso e instrutivo. Local bastante visitado por casais românticos e também por estudantes motivados pelo turismo educativo.

Onde: Estrada Campos do Jordão/Eugênio Lefevre, 215 – no Bairro Gavião Gonzaga

4 – Fazendinha Toriba

Um dos atrativos mais visitados de Campos do Jordão
Divulgação
Um dos atrativos mais visitados de Campos do Jordão


Ao lado de um dos hotéis mais tradicionais do Brasil, o Toriba, foi construída, em 300 mil m2, uma fazendinha incluindo bosques e mata nativa. Com criação de diversos animais domésticos que podem ser tocados e alimentados, o espaço é um sucesso para crianças e adultos. Muito interessante para conectar as crianças com a vida no campo e favorecer o contato com diferentes espécies de bichos.

Onde: Estrada Municipal Paulo Costa Lenz Cesar, 630 - V Matilde

5 – Parque da Floresta Encantada

Um mundo mágico para as crianças em Campos do Jordão.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Um mundo mágico para as crianças em Campos do Jordão.


Imagine se você pudesse voltar no tempo e, junto com seus irmãos e primos, tornar a  brincar em um bosque com várias casas temáticas espalhadas entre as folhagens. A casa da bruxa, a do coelho, a dos duendes...  As crianças correm de um lado para o outro e ficam extasiadas com os detalhes e a quantidade de casas para brincar. Excelente opção para seus filhos.

Onde: R. Arandi, 270 - V Poran

6 – Mãostiqueira

Mãostiqueira - Arte e benefício social.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Mãostiqueira - Arte e benefício social.

A região da Mantiqueira reúne as condições ideais para a criação de ovelhas. Anualmente, elas são tosadas e sua lã, jogada fora. Era assim! Um projeto, nascido há menos de três anos, mudou essa realidade e hoje a lã, valiosa fibra têxtil, é utilizada em peças de decoração, gerando benefícios ambientais, sociais e financeiros. Você pode conhecer mais sobre a iniciativa, saber quem são suas idealizadoras e ver de perto o resultado do projeto.

Onde: Rua Arthur Ramozzi, 100 - V. Matilde

7 – Horto Florestal

A beleza do Horto Florestal atravessa as quatro estações.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
A beleza do Horto Florestal atravessa as quatro estações.


Um dos parques mais organizados do país enche os olhos pela beleza e pela diversidade de sua flora. Você pode visitá-lo aproveitando o passeio de trenzinho em que o condutor vai fazendo paradas e explicando diversas características da vegetação local, além da história do parque. Trilhas para se percorrer a pé ou de bicicleta estão espalhadas pelo parque, assim como áreas de piquenique e playgrounds.

Onde: Acesso pela Avenida Pedro Paulo

8 – Palácio Boa Vista

Residência oficial do governador.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Residência oficial do governador.


Residência oficial do governador de São Paulo, o Palácio projetado pelo arquiteto polonês Georg Przyrembel foi construído em 1938, em um terreno de 95 mil m², com 105 cômodos e jardins maravilhosos.  Recebe visitas monitoradas com horários marcados. Passeio muito agradável e fortemente cultural, com tantas formas arquitetônicas, mobílias de época e valiosas obras de arte espalhadas pela residência.

Onde:  Avenida Adhemar de Barro, 3.001 – Alto da Boa Vista

9 – Centro de Compras

Capivari, há décadas,o ponto de encontro dos turistas.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Capivari, há décadas,o ponto de encontro dos turistas.

Ninguém se imagina visitando a cidade e não andando pelas ruas da Vila de Capivari. Recentemente, a prefeitura ampliou o calçadão principal do bairro, restringindo ainda mais o acesso de carros, o que proporciona uma experiência de passeio mais interessante para quem está a pé. Gente bonita e bem vestida, chocolaterias, lojas de roupas, restaurantes, lanchonetes, bares... O que não falta são atrativos para se passar momentos muito agradáveis.

Onde: Vila de Capivari

10 – Pedra do Baú

A natureza nos deixa perplexos.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
A natureza nos deixa perplexos.


A Pedra do Baú, um dos cartões-postais da cidade, na verdade fica na cidade vizinha de São Bento do Sapucaí. A área de preservação de 3.154 hectares compreende as pedras do Bauzinho, do Baú e a Ana Chata, mas o melhor acesso é mesmo por Campos do Jordão. A visita é obrigatória e a dica é aproveitar para almoçar no Restaurante Pedra do Baú, que fica no caminho de São Bento do Sapucaí, a poucos metros do local e com uma vista de cair o queixo.

Depois de elaborar esta lista de dez motivos, chego à conclusão que nem de longe falei de tudo o que se pode fazer na cidade, já que ainda temos a pista de mountain bike, o teleférico, passeios a cavalo, parques de aventura, museus, o mosteiro, o mercado municipal, o Bar de Gelo, fábricas de chocolates...

Enfim, muita coisa ficou de fora e você vai ter o prazer de descobrir por conta própria. A cidade de Campos do Jordão é muito bem estruturada para receber turistas e você não encontrará dificuldade em se locomover e aproveitar os pontos turísticos. 

Para saber mais dicas de turismo, como essa sobre a Mantiqueira, e conhecer trilhas pelo nosso continente, acompanhe a coluna de Márcio Masulino aqui no iG Turismo