Tamanho do texto

Os passeios sugeridos por Márcio Masulino, colunista de Turismo, ficam a cerca de uma hora da capital. Aproveite o final de semana com os pequenos

A qualidade do tempo que passamos com nossos filhos e sobrinhos não está relacionada a quantidade, mas, sim, se estamos presentes de fato em cada momento que passamos juntos com as crianças e o quanto estamos interagindo com eles, trocando conhecimentos e aprendendo uns com os outros. Pena que esses momentos, pela agitação do dia a dia, estejam ficando cada vez mais raros. E o que dizer dos celulares e tablets que nos conectam com o mundo, mas nos afastam de quem está ao nosso lado?

Veja também a matéria sobre Ilha Comprida

Por isso, nesta coluna, escolhi cinco passeios atrativos que você pode fazer com as crianças e que prometem ser uma experiência inesquecível para todos.  São lugares onde se podem vivenciar atividades lúdicas e prazerosas e que, por estarem perto de São Paulo, podem ser completadas com café da manhã ou almoço em restaurantes rurais.

Tecnologia e interatividade para as crianças.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Tecnologia e interatividade para as crianças.


1. Museu da Água

Este museu fica na cidade de Indaiatuba e foi inaugurado em 2016 com a proposta de ser uma referência em educação ambiental dentro do tema de recursos hídricos. O projeto contemplou novas tecnologias no intuito de aumentar a interatividade com o público jovem, e muitas de suas atividades são modificadas ao longo do tempo para que o interesse dos visitantes seja permanente. Bom, já estava na hora de os museus se reinventarem para motivar o público e acabarem com a cara feia das crianças em passeios entediantes.

Entrada do Museu da Água em Indaiatuba-SP
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Entrada do Museu da Água em Indaiatuba-SP

A visita é monitorada e, por meio de jogos e vídeos, apresenta a água em seus diversos estágios.  A sala de exposição é muito interessante e os peixes, de um grande aquário digital, reagem aos movimentos do público. Ao final da visita, é realizada uma trilha para mostrar a importância de se preservar a mata ciliar.

Onde: Rua do Museu, 205 – Tombadouros, Indaiatuba-SP

Outras dicas:

A cidade oferece um turismo rural estruturado e, com facilidade, você encontra sítios que abrem as portas para refeições e vivências no campo.
O Parque Ecológico de Indaiatuba também proporciona atividades envolventes, desde caminhadas e um parquinho de diversões bem montado, até pista de skate e bike cross.

 2. Reserva do Vuna

Reserva do Vuna - Atibaia
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Reserva do Vuna - Atibaia




Quem não gosta de andar em meio à vegetação original preservada, observando pássaros, borboletas e a riqueza da flora de nossas matas? Em Atibaia, a 50 quilômetros da capital, você pode ter essa experiência em uma área de 330 hectares na Reserva Ecológica do Vuna. São várias trilhas entre riachos, lagos, lajes de pedra e cascatas, sinalizadas por cores e com diferentes níveis de dificuldade.

Reserva do Vuna
Ana Lúcia Santos/cidadeecultura
Reserva do Vuna

Você pode percorrê-las a pé ou de bicicleta e, o que torna o passeio mais agradável, você pode levar o seu pet junto, desde que seguindo as regras locais. Cuidados com a mata são inerentes a passeios na natureza, mas aqui as trilhas são largas e limpas regularmente.
O acesso se dá pelo bairro do Portão, no km 50 da Rodovia Fernão Dias, e segue subindo a montanha por 8 quilômetros de estrada asfaltada. Para utilização das trilhas e das atrações com caiaque e tirolesa é cobrada uma taxa de manutenção e uso por dia.

Onde: Estrada do Clube da Montanha s/n – Bairro do Portão – Atibaia-SP

Outras dicas:

Em Atibaia, o que não falta é opção de passeios. Aqui também o turismo rural é bastante organizado e você tem opções de fazendas e sítios para almoçar e passar o resto da tarde.
A Reserva do Vuna fica dentro das terras de uma fazenda centenária que também oferece refeições e atividades para crianças e pets.

3. Hopi Hari

Hopi Hari, o maior parque temático da América Latina
Alf Ribeiro/CidadeeCultura
Hopi Hari, o maior parque temático da América Latina



Esse querido parque paulista foi reinaugurado no ano passado com uma nova gestão administrativa e novos conceitos. No maior parque temático da América Latina, a diversão é sempre garantida e, se você pensa em afastar as crianças dos aparelhos eletrônicos, é uma excelente opção. São tantos atrativos que não dá  tempo de elas se preocuparem com os amigos digitais. O parque vem com a proposta de se conceituar mais dentro do turismo educativo, aproveitando seu universo particular, o País da Diversão, com sua própria moeda e cultura.

Onde: Rodovia dos Bandeirantes, km 72,  Vinhedo-São Paulo.

Outras dicas:

Vinhedo é famosa por suas adegas, alambiques e vinícolas. Se, após um dia intenso de atividades, ainda tiver disposição, vale um passeio pela cidade.
A quantidade de atrativos no parque é enorme; venha para passar o dia e almoçar por aqui.

4 . Zooparque Itatiba 

Zooparque, preocupação com o meio ambiente e com os animais.
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Zooparque, preocupação com o meio ambiente e com os animais.


Em primeiro lugar, devo confessar que não sou um entusiasta de zoológicos. Mas este, na cidade de Itatiba, me chamou a atenção por ter uma proposta diferente. Instalado em uma área verde de 500 mil metros quadrados, em meio a fragmentos da Mata Atlântica, proporciona aos animais um habitat agradável e, dentro do possível, mais próximo do seu ecossistema natural.

A charmosa Ararinha-Azul
Márcio Masulino/CidadeeCultura
A charmosa Ararinha-Azul

Várias espécies de aves frequentam o ambiente, sem reserva de espaço, assim como animais nativos. O mais bacana aqui é que o parque desenvolve inúmeros projetos de preservação em parceria com universidades e institutos, e é extremamente voltado à educação ambiental.

Os caminhos são agradáveis e o local possui um bom restaurante com vista para a mata.

Outras dicas:

Itatiba faz parte do Circuito das Frutas, região famosa pelos atrativos rurais. Fazendas e sítios abrem as portas aos finais de semana.
A cidade é conhecida pela produção de caqui e de diversas outras frutas. É possível visitar os produtores e colher as frutas no pé.
Onde: Rodovia D. Pedro I, km 95,5 – bairro Paraíso das Aves – Itatiba-SP 

5 . Borboletário Águias da Serra

Borboleta
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Borboleta



Visitar um borboletário é sempre uma experiência incrível. Primeiro, pelo aprendizado que adquirimos – não imagine que você não tem nada a aprender sobre borboletas – e, segundo, pelo passeio através do jardim, o colorido das asas, o contato com elas. No borboletário, parece que elas se acostumam com a presença dos humanos e, não raro, pousam sobre sua câmera fotográfica, ombros, cabeça etc.

Borboletário Águias da Serra em São Paulo
Márcio Masulino/CidadeeCultura
Borboletário Águias da Serra em São Paulo

O parque está instalando dentro do novo Polo de Ecoturismo de São Paulo, numa área de proteção ambiental do Parque Estadual da Serra do Mar. Fica na cidade de São Paulo... mas você vai descobrir como a cidade é grande! A 40 quilômetros do Aeroporto de Congonhas, você ainda levará em torno de 1h15 para chegar.

Onde: Estrada da Ponte Alta, 4.300 – Marsilac – São Paulo-SP

Outras dicas:

Aqui, no extremo sul da cidade, o Polo de Ecoturismo vai te surpreender. Você ainda pode visitar aldeias indígenas, rios, represas, cachoeiras além de outros atrativos rurais muito interessante às criançasPara saber mais dicas de turismo e de trilhas pelo nosso continente, acompanhe a coluna de Márcio Masulino aqui no iG Turismo .