Ao contrário do que muitos pensam, o Halloween não é uma data comemorada apenas nos Estados Unidos. Podemos ver na história que em alguns lugares da Europa essa comemoração vem de muito tempo atrás. Aqui no Brasil ainda é um pouco nova a comemoração dessa data, mas aos poucos podemos ver as lojas vendendo enfeites e fantasias para essa festa.

Leia também: As melhores atrações para aproveitar em 24 horas em Recife

Onde tudo começou

O Halloween é uma das festividades mais antigas do mundo, girando em torno de 2000 anos e tem influências de muitas culturas. Alguns dizem que nasceu na Irlanda e é muito festejado até hoje com pessoas se fantasiando e as crianças batendo nas portas fantasiados, anunciando “trick ou treat” – “doces ou travessuras”.

O início dessa festa pode ter sido por conta dos Celtas, durante a festa de Samhain, que acontecia entre os dias 31 de outubro e 01 de novembro, quando eles comemoram o seu Ano Novo.

No dia 31 de outubro, após as colheitas e armazenagem para o longo inverno, os celtas temiam a falta de fogo para cozinhar seus alimentos. Por isso, eles subiram até o topo de uma colina na floresta de carvalho, que é considerada sagrada, fizeram um fogo e ofereceram alguns sacrifícios com animais. Também dançaram ao redor do fogo enquanto passavam o ano novo.

Na manhã seguinte, os celtas desceram com pedaços de brasa e os entregaram para cada família, acreditando manter o fogo aceso para todos durante o frio. Esse festival ficou conhecido como Samhain, pois muitas pessoas desfilavam com peles e cabeças de animais, o que se tornaria o primeiro Halloween .

undefined
Site do World Turnd Up Side Down
Imagem de 1832 - Halloween - Crianças tentando pegar maçã na água com a boca


Tradições pelo mundo

Grã – Bretanha / Europa / Brasil

Outra influência pode ter sido dos romanos quando invadiram a Grã-Bretanha. Eles trouxeram muito dos festivais e costumes e um deles foi o Pomona Day, nomeado por sua deusa dos jardins e das frutas. É comemorado também no dia 01 de novembro e é considerado um grande feriado de outono.

Outra influência são dos católicos que em 835 dC comemoram no dia 01 de novembro o Dia de Todos os Santos, ou “hallowmas ou “all hallow’s”. Anos depois, a Igreja criou o dia 2 de novembro como uma data para homenagear os mortos, que é uma data respeitada no Brasil como Dia dos Finados .

Mas, na Europa, essa comemoração do dia 31 de outubro não ficou esquecida. Na véspera de All Hallows, as pessoas continuam comemorando o Samhain e o Pomona Day. Ao longo dos anos esses costumes antigos se cruzaram e foram se tornando conhecidos como All Hallow Even, Hallowe’en e depois Halloween. 

Essas influências são celebradas até hoje através dos símbolos como as maças do Dia da Pomona, nozes e a colheita; Festival de gatos pretos da Samhain, magia, espíritos malignos, morte, fantasmas, esqueletos e crânios que vem do Dia de Todos os Santos e do Dia dos Finados. 

Brasil

Muitos não sabem, mas em 2003 através da Lei Federal 2.762 foi determinado que 31 de outubro é o Dia do Saci Pererê. A data foi instaurada para resgatar figuras do nosso foclore contra a imposição ao “Dia das Bruxas” ou Halloween.

undefined
Arievaldo Vianna
Saci Perere - folclore brasileiro


Leia também: Mergulhe em águas cristalinas e recarregue as energias na Ilha da Cotia, em Paraty

Doces ou Travessuras

A brincadeira Doces ou Travessuras é um antigo costume europeu, e a pratica era chamada de “souling” (almejar). Era uma forma dos cristãos saírem da vila pedindo aos moradores os “soul cakes” (bolos das almas), pequenos bolos em formato quadrado de pão com groselha.

Ao receber o bolo, a pessoa deveria fazer uma oração para algum parente já falecido de quem doou os doces. Eles acreditavam que o morto estaria em algum purgatório e, com a oração, poderia se salvar. 

undefined
Wonderopolis
Trick or Trear - Doces ou Travessuras - Comemoração Haloween


A abóbora

A famosa Abóbora de Halloween surgiu na Irlanda. Diz a lenda que Jack Miserável era um alcoólatra malandro que enganou o Diabo, de forma que sua alma não foi levada ao inferno. Mas, quando morreu, Jack não podia entrar no céu, por sua vida de pecador. Ele foi então condenado a vagar por noites escuras com apenas um cartão queimando para iluminar o seu caminho. Ele teria guardado a luz em um nabo esculpido, conhecido depois como "lanterna do Jack". Assim, na Irlanda e na Escócia as pessoas começaram a criar os seus Jacks.

undefined
Arquivo pessoal
Gisella fazendo as abóboras no Halloween



Bélgica

Aqui nasce a lenda do gato preto. Eles acreditam que seu algum gato preto cruzar sua frente ou entrar em sua casa é má sorte. Na Bélgica, o Halloween é comemorado através de velas que são acesas para homenagear entes queridos.

undefined
HD Wall Source
Gato Preto e suas supertições na Bélgica - Halloween


México

É comemorado o Dia dos Mortos. As crianças pedem por “me da mi calaverita?” que tem o significado de “me dá uma caveira?", que seria um doce feito com açúcar ou chocolate. As crianças também pedem por moedas.

undefined
Site Time and Date
Halloween no México - comemoração nas ruas


Áustria

Na noite de Halloween na Áustria os moradores colocam alimentos, bebidas e uma lanterna sobre a mesa antes de dormir. Eles garantes que é uma ajuda para as almas perdidas nesta noite.

undefined
Site Cheap Fligths
Mesa preparada para os espíritos na noite de Halloween


Estados Unidos

Os irlandeses levaram essa comemoração para os Estados Unidos por volta de 1840. Foi lá que o Halloween ganhou toda sua proporção. É comemorado com desfiles, show, bailes de fantasias. Nova York é cheia de programação especial para essa data e tem uma cidade chamada Salem que realiza uma caça às bruxas.

undefined
Site 6skft
Casas enfeitadas no Halloween em Nova York


Alemanha

Na Alemanha, o Halloween é comemorado de 31 de outubro a 8 de novembro. As pessoas rezam nas igrejas por seus entes queridos. Outra forma também de comemoração é esconder facas para se proteger de espíritos que podem voltar nessa época.

undefined
Site Presse Europa Park
A decoração de Halloween na Alemanha


China

Na China também é comemorado o Halloween. É um festival chamado Teng Chieh que relembra os que partiram e liberta os espíritos daqueles que não puderam ser enterrados. São colocados alimentos e água durante o festival junto com fotos dos entes falecidos. São acesas lanternas para iluminar os espíritos daqueles que vagam pelas noites.

undefined
Site Scripted Laces
Os Chineses celebrando o Halloween com velas e luzes


Que tal viajar para aproveitar um pouco dessa festa de Halloween ao redor do mundo, repletas de histórias, brincadeiras e diversão. Para saber mais dicas de viagens e destinos, acompanhe a nossa coluna aqui no IG Turismo .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários