Cataratas do Iguaçu na Tríplice fronteira
Reprodução/Instagram
Cataratas do Iguaçu na Tríplice fronteira


As cidades "estrangeiras" do Brasil são conhecidas pela sua mistura cultural entre seu país de origem e o seu país de fronteira. Quem explora as fronteiras brasileiras não só conhece mais a fundo o próprio país como também tem a oportunidade de vivenciar a cultura e a gastronomia de países vizinhos.

O Brasil é o maior país da América do Sul, com um território que se estende por cerca de 47% da porção centro-oriental do continente sul-americano. Com exceção do Chile e do Equador, todos os países da América do Sul fazem fronteira com o Brasil.

Ao norte; Suriname, Guiana, Venezuela e um território pertencente à França, a Guiana Francesa, a noroeste; Colômbia, a oeste; Peru e Bolívia, a sudoeste; Paraguai e Argentina. Ao sul, Uruguai. Vejam logo abaixo algumas delas.

Santana do Livramento-RS

Santana do Livramento
Reprodução/Instagram
Santana do Livramento


Santana do Livramento é um município localizado no interior do Rio Grande do Sul, na região da fronteira. É uma cidade bastante conhecida neste estado por fazer fronteira com a cidade de Rivera, no Uruguai. Durante a estadia é possível perceber questões culturais híbridas, derivadas da mistura cultural de ambos países. 

A linguagem castelhana, que é uma mistura de português com espanhol, é comum nesta região. Além disso, alguns lanches comuns em todas as cidades do Rio Grande do Sul são um pouco diferentes neste munícipio por conta da influência uruguaia. Um exemplo é o cachorro quente, conhecido como “pancho” em Santana do Livramento que, ao invés de levar salsicha, ganha uma linguiça calabresa e tem o seu formato diferente também.

Além de experienciar conviver com pessoas de diferentes nacionalidades, culturas e culinárias específicas, há muitos freeshops, lojas de roupas, acessórios, que valem a pena serem adquiridos quando o dólar está baixo. 

Guajará-Mirim-RO

Guajará-Mirim
Guia Turismo Brasil
Guajará-Mirim


Você viu?

Guajará-Mirim é uma das regiões mais belas de Rondônia e cidade fronteira com a Bolívia, Guayaramerín. Com uma forte influência indígena, tanto do lado brasileiro quanto do bolivariano, o turista pode conferir artes, culinárias e artesanatos de origem indígena. Uma das atrações principais dos turistas são as compras na Bolívia.

Diferente de Santana do Livramento, que a fronteira é aberta 24 horas e que o separa um país do outro é uma rua, em Guajará-Mirim, a fronteira fica aberta de segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 e das 14h às 18h. Aos sábados de 8h às 15h e não abre aos domingos.

O custo é de R$ 10 para atravessar de voadeira, sendo necessário apenas o RG (documento de identidade) ou passaporte.


Oiapoque-AM

Oiapoque
Prefeitura de Oiapoque
Oiapoque


Oiapoque é um município brasileiro do estado do Amapá, região norte do país, com fronteira para o país Guiana Francesa. Neste município, o turismo é voltado para visitantes franceses. Carros com placas padrão União Europeia circulam pelas ruas e, às vezes, é mais fácil conseguir troco em euros do que em reais.

Desta maneira, os aspectos culinários e culturais tanto francês como brasileiro é muito comum neste local. Oiapoque também é conhecido pelo seu roteiro turístico com muitas cachoeiras, parques e ecoturismo.

Para quem desejar atravessar para o território francês, é obrigatório o visto de curta duração. Os vistos podem ser emitidos pela Embaixada da França em Brasília ou pelo consulado aberto em Macapá. No entanto, os que residem em Oiapoque há mais de um ano podem entrar no território francês e ficar em Saint Georges por um período de até 72 horas apresentando uma carta transfronteiriça. 

 Foz do Iguaçu-PR

Trecho em Foz do Iguaçu que liga à fronteira da Argentina
Reprodução/Paraná Portal
Trecho em Foz do Iguaçu que liga à fronteira da Argentina


Para além do roteiro das Cataratas , que foram eleitas uma das Sete Maravilhas da Natureza, Foz do Iguaçu, interior do estado do Paraná, é muito reconhecida por fazer fronteira com o Paraguai e a Argentina. A principal atividade turística tem sido compras do lado paraguaio.

O Paraguai, em especial Ciudad del Este, é muito conhecido como um bom destino de compras, com centenas de shoppings, lojas e vendedores de rua ofertando todos os tipos de produto, desde eletrônicos até brinquedos.

Além disso, por lá é possível conferir vários parques, cachoeiras, restaurantes com culinária brasileira e gringa para um roteiro em família. A culinária local que o turista encontrará é baseada principalmente em milho, mandioca, carne e legumes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários