Max Fercondini
Reprodução Instagram
Max Fercondini

Max Fercondini  resolveu pausar a carreira artística para se dedicar inteiramente a expedições pelo mundo. Atualmente, ele está em sua terceira - a primeria pela água. Já são dois anos e meio nesta aventura.

Antes de arrumar as malas e seguir o sonho de desbravar o mundo, Max Fercondini fez muito sucesso na TV. O paulista de São Vicente, litoral de São Paulo, atuou em várias novelas, como " Malhação ", "Laços de Família" (2000), "Começar de Novo" (2004), " Páginas da Vida " (2006), "Ciranda de Pedra" (2008) e entre outras. 

"Um dia pretendo voltar a atuar, mas por ora estou mais realizado fazendo as expedições", comentou ele sobre a pausa na carreira. 

Antes de se lançar no oceano , Max cruzou os ares em um avião monomotor e, depois, terras distantes em um motorhome. Ele conheceu geleiras, sítios de Machu Picchu e viu as estrelas do Atacama. 

"Viajei pelo Pantanal , Amazônia, pampas, cerrado. Pousei em tribos indígenas, ribeirinhos, comunidades quilombolas. Escalei um vulcão ativo e ajudei paleontólogos a escavarem um dinossauro de 90 milhões de anos" relatou.

"Estudei para tirar todas as carteiras necessárias e, no período de preparação de apenas um ano, comprei meu veleiro em Barcelona . Nessa primeira fase do novo projeto, vou me manter pela Europa , velejando de Lisboa até Istambul, na Turquia", disse ele, que completou. "Pretendo preparar o barco para dar a volta ao mundo".

Todavia, engana-se que a vida no mar é fácil. "Viver a bordo é se forçar a levar uma vida mais simples, sem a necessidade de consumir e acumular coisas. Na bagagem ficam as experiências que eu vivo", pontuou.

Questionado de onde tirou a ideia de velejar pelo mundo, ele cita um nome: Amyr Klink , um navegador conhecido por viajar ao redor do mundo com a família. "Tive o prazer dele [Amyr Klink] e sua família escreverem o prefácio do meu primeiro livro. Ele é um velejador solitário, assim como eu", revelou. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários