Tamanho do texto

Kevan Chandler é portador de deficiência física, mas seus amigos tiveram uma ideia para fazer ele ver o mundo: carregá-lo em um carrinho nas costas

É difícil encontrar uma pessoa que não gosta ou não tem vontade de viajar, mas, infelizmente, o turismo nem sempre é  acessível para todo mundo , principalmente quando se trata de pessoas com deficiência física.  Há opções e destinos que facilitam a viagem de portadores de deficiência , mas os amigos de Kevan Chandler optaram por fazer algo diferente e autêntico.

Kevan Chandler é portador de deficiência física e está conhecendo o mundo pelas costas de seus grandes amigos
Reprodução/Facebook/We Carry Kevan
Kevan Chandler é portador de deficiência física e está conhecendo o mundo pelas costas de seus grandes amigos


Chandler nasceu em Atlanta, nos Estados Unidos, e é portador de uma doença neuromuscular que afeta sua espinha e limita sua mobilidade. Mesmo com essa deficiência física, porém, Chandler já conheceu diversos países com a ajuda dos amigos, que fazem de tudo para que ele tenha acesso a lugares que, sozinho, não poderia visitar.

Em 2015, eles estavam arrumando as malas para fazer uma viagem pela Europa e perceberam que também podiam carregar o amigo com limitações físicas como uma "mochila". Os amigos modificaram um carrinho de bebê para poder encaixar Chandler em um suporte que se prende às costas.

Foi dessa forma que nasceu o “We Carry Kevan” (em português, “nós carregamos o Kevan”), projeto que tem o objetivo de ajudar gente como Chandler e conscientizar o máximo de pessoas possível a respeito das dificuldades que quem tem uma deficiência física costuma encarar ao fazer uma viagem.

Desde a criação do projeto, eles já trabalharam com uma designer de mochilas alemão, para criar um suporte ainda mais otimizado para carregar o amigo. Com a ajuda dos amigos, Chandler já pôde escalar montanhas na Irlanda, caminhar pelas ruas de pedra de Paris e fazer trilhas na Inglaterra, e a aventura mais recente está sendo descobrir a China. “Foram os momentos da minha vida em que não me senti incapacitado”, disse Chandler em um depoimento compartilhado nas redes sociais.

Leia também: Velhinha conhece o mundo aos 90 anos e viraliza no Instagram

Como ajudar o projeto “We Carry Kevan”?

O projeto
Reprodução/Facebook/We Carry Kevan
O projeto "We Carry Kevan" trabalhou em parceria com designer para poder carregar Kevan em uma cadeira otimizada


O grupo de amigos compartilha as aventuras e viagens de Chandler pelo Facebook, na página “We Carry Kevan”, que já tem mais de 43 mil curtidas. Além de manifestar apoio pela rede social, também é possível realizar doações através do site do projeto. Todo o dinheiro arrecadado é utilizado para contribuir com a produção de mochilas iguais à usada por eles para carregar Chandler. Após a produção, as mochilas são distribuídas sem custo algum para outras pessoas que precisam.

Leia também: Confira cinco destinos brasileiros que são líderes em acessibilidade

Com todo o apoio recebido de pessoas ao redor do mundo que se deparam com a história de Chandler, ele está, junto do amigo Luke Thompson, prestes a contar sua história de forma diferente. De acordo com o site, Chandler acredita que "se você vai fazer algo maluco, precisa ter provas de que isso realmente aconteceu" e, sendo assim, as aventuras pelas quais ele passou mesmo tendo uma deficiência física estão prestes a virar um livro e um filme.