Tamanho do texto

Stonehenge, Torre Eiffel e até cangurus são algumas das inspirações dos suéteres do costureiro, que virou sensação ao posar na frente dos lugares

Um costureiro está “bordando” seu caminho pelos lugares mais famosos do mundo e viralizando na internet. Seu nome é Samuel Barsky, originário de Maryland, nos Estados Unidos, e ele costura suéteres desde 1999. Seu sucesso nas redes sociais se deve, na verdade, aos desenhos que faz em seus agasalhos.

Leia também: Homem visita todos os 198 países do mundo e recomenda os 12 imperdíveis

O costureiro Sam está fazendo suéteres, tirando foto na frente dos monumentos, como em Stonehenge, e viralizando
Reprodução/Instagram/sambarskyknitter
O costureiro Sam está fazendo suéteres, tirando foto na frente dos monumentos, como em Stonehenge, e viralizando


À mão livre, o  costureiro de 43 anos desenha monumentos e pontos de referência de um determinado lugar do mundo e os costura em suéteres. Tudo isso para poder depois posar na frente desse locais vestindo as roupas que fez inspiradas neles.

Ao canal “Fox News”, Barsky conta que começou a compartilhar sua paixão por costura em 2013, quando descobriu grupos no Facebook em que era possível papear sobre interesses diferentes, incluindo costura. Hoje, sua maior base de seguidores é no Instagram, com quase 27 mil seguidores e, assim, foi possível começar a costurar profissionalmente.

Leia também: Velhinha conhece o mundo aos 90 anos e viraliza no Instagram

Ele começou a costurar pontos de referência pelo mundo em suéteres após ver uma foto da Tower Bridge em Londres. “Eu achei que daria um lindo suéter”, declara. Desde então, quando viaja, ele procura o lugar e o ângulo certo da paisagem para poder construir o agasalho único com toda a sua criatividade.


O viajante já assumiu ter costurado um total de 119 suéteres em suas viagens. Ele já costurou a Torre Eiffel em Paris, a Golden Gate Bridge em São Francisco, várias montanhas-russas, cataratas famosas e até cangurus. Mesmo assim, ele não pensa em parar e está pensando até em vender alguns de seus suéteres para os seguidores.

A post shared by Sam Barsky (@sambarskyknitter) on


“É uma carreira para mim agora, e eu planejo produzir suéteres em massa no futuro, escrever livros sobre o assunto e muito mais”, declara.

Leia também: Casal se conhece no Tinder e larga tudo para viajar pelo mundo de carro

Comentários dos fãs do costureiro


Em sua foto com o suéter da Golden Gate Bridge - e em frente à ela - um usuário escreve: “Essa é uma das que me surpreendem quando eu lembro que você desenha à mão livre. Eu não conseguiria fazer isso nem com um molde. Absolutamente incrível.” O costureiro faz questão de responder os comentários no Instagram e agradecer o apoio dos fãs, que até pedem para que ele visite os lugares de sua cidade e faça suéteres inspirados neles.