Tamanho do texto

Rodrigo Schweitzer fala quais lugares possuem comidas que são familiares para os brasileiros e que costumam agradar os turistas mais gulosos

O bom de viajar é que você sai da rotina, conhece um novo lugar e tem a oportunidade de visitar atrações turísticas, mas às vezes comer bem é difícil. A gastronomia está muito ligada à cultura do país, então se o destino possui costumes muito diferentes do Brasil, provavelmente o viajante passará apuro nas refeições .

Saiba quais são os lugares que possuem uma gastronomia familiar para os brasileiros
Thinkstock Photos
Saiba quais são os lugares que possuem uma gastronomia familiar para os brasileiros


Leia mais: 5 melhores destinos para amantes da gastronomia

Alguns países são famosos por possuir comidas que estão na preferência de boa parte dos brasileiros. Não tem como passar fome em destinos em que os pratos principais são massas, hambúrguer, pizzas e outras delícias, que vão da alta gastronomia aos fast foods.

O chef de cozinha Rodrigo Schweitzer , vencedor da terceira temporada do Hell's Kitchen , listou alguns destinos que são ideais para o turista não quer passar fome - muito pelo contrário - durante a viagem.

França

O turista que busca uma comida mais requintada vai adorar esse destino. A culinária francesa conta com uma diversidade pratos, e alguns destaques são queijos, crepes, croissant, macarons, doces com crème brûlée, quiches, profiteroles, pratos com frutos do mar, além de uma variedade de vinhos.

Beef Bourguignon é um picadinho de carne com legumes que é cozido com vinho tinto
Pinterest
Beef Bourguignon é um picadinho de carne com legumes que é cozido com vinho tinto


“Na França, eu indico que o turista vá a bistrôs, pois são mais baratinhos e muito bons. E um dos pratos típicos que vale a pena experimentar é o ‘Beef Bourguignon’ – um picadinho de carne cozido com vinho tinto”, fala o chef de cozinha.

Leia mais: Comida ou entretenimento? Vegetal em formato fálico servido em voo vira piada

Itália

É tanta opção de comida boa que será difícil escolher o que comer. Macarrão, lasanha, pizza, pães doces e salgados, bruschettas, risotos e outros pratos típicos. Literalmente, não tem como passar fome na Itália .

via GIPHY


“O país é referência em massas, você pode saborear esses pratos em restaurantes tradicionais , nos quais a comida tem gosto de caseira. O bom é que além de gostosos, os pratos já são conhecidos pelos brasileiros, facilitando a vida de quem é resistente em provar comidas diferentes”, diz Rodrigo.  

Estados Unidos

É um destino ideal para os amantes de fast foods . São inúmeras as opções de lanchonetes que oferecem hambúrgueres, batata frita, cachorro-quente, pizza, sorvete, donuts, steaks, frangos fritos e outras delícias.

via GIPHY


“Nos Estados Unidos têm de tudo um pouco. São muitos os tipos de fast foods e cada um é especializado em um tipo de comida rápida . E vamos combinar que todos nós gostamos de comer essa ‘besteiras’, principalmente quando estamos viajando”, brinca Rodrigo.

Escolhendo o lugar

É preciso escolher bem o lugar que vai fazer as refeições, principalmente se estiver em um destino que não conhece os estabelecimentos. “Os restaurantes que ficam em lugares turísticos costumam não ser muitos bons devido à rotatividade de clientes, ou seja, cobram caro e não têm qualidade”, ressalta o chef de cozinha.

Leia mais: Chulé, comida ruim e aperto: veja as 20 coisas mais irritantes em um avião

Novos sabores

Experimentar comidas novas é algo interessante, mas Rodrigo lembra que a gastronomia do país pode ser muito diferente da brasileira então é preciso ter cuidado e considerar o gosto pessoal antes de sair provando de tudo.  Não custa perguntar quais são os ingredientes do prato e, na dúvida, inove aos poucos. Comece, por eexmplo, por um acompanhamento diferente para, depois, arriscar no prato principal. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.