Tamanho do texto

Além de apreciar obras de arte, o turista na Cidade do México pode visitar locais marcantes da vida de Frida Kahlo, como a casa onde a artista viveu

Não eram só os quadros em branco que a artista Frida Kahlo transformava em arte, mas também o que estava à sua volta. Frida é uma das artistas mais bem reconhecidas mundialmente por suas obras e por sua aparência icônica. Para quem ama arte e ama “turistar”, uma viagem de turismo no México, país onde ela viveu, pode ser uma boa opção.

Leia também: Confira dicas e elabore seu roteiro pelas casas de pintores famosos

Frida Kahlo é uma artista bem reconhecida atualmente e tem sua imagem icônica estampada em camisetas e bolsas, marcando também pessoas interessadas em uma viagem de turismo no México, onde está um museu dedicado a ela
shutterstock
Frida Kahlo é uma artista bem reconhecida atualmente e tem sua imagem icônica estampada em camisetas e bolsas, marcando também pessoas interessadas em uma viagem de turismo no México, onde está um museu dedicado a ela


Uma viagem de turismo no México reserva diversas referências marcantes da vida de Frida Kahlo, como, por exemplo, sua casa na Cidade do México , capital do país, que foi transformada em museu em homenagem à artista. Para conhecer a cidade aos olhos de Frida, é preciso saber como explorar os principais pontos turísticos.

Saiba como explorar em uma viagem de turismo no México

Para os amantes de arte, não pode faltar uma visita à cidade de Coyoacán, ao sul da Cidade do México, onde está o Museu Frida Kahlo, que era a casa azul icônica onde a artista vivia com o marido Diego Rivera, no roteiro de turismo no México
shutterstock
Para os amantes de arte, não pode faltar uma visita à cidade de Coyoacán, ao sul da Cidade do México, onde está o Museu Frida Kahlo, que era a casa azul icônica onde a artista vivia com o marido Diego Rivera, no roteiro de turismo no México


» Coyoacán

Para começar a viagem de turismo no México, ao sul da capital mexicana, está o subúrbio de Coyoacán, que se expandiu em tamanho de como era na época de Frida Kahlo. Lá, está localizada La Casa Azul, a icônica casa azul onde ela nasceu, cresceu, viveu com o marido Diego Rivera e morreu, aos 47 anos.

De acordo com o site oficial de turismo no México, a casa foi transformada em museu após a morte de Rivera para preservar o legado da esposa. Os cômodos estão arrumados da mesma forma que foram deixados pelos dois, até mesmo a cadeira de rodas de Frida, que passou por várias cirurgias, está no lugar.

Além disso, você pode passear pelas ruas do subúrbio e sentir a tranquilidade do ambiente. As ruas são charmosas e os edifícios são construídos em estilos antigos. Andando pelo bairro, também é possível encontrar centros culturais, restaurantes, livrarias e outras galerias de arte.

Outro museu recomendado no site oficial é o Museo Nacional de la Acuarela, também na temática de pintores, que apresenta uma exposição fixa sobre a história da aquarela no país. Para encerrar a visita à Coyoacán, passe pela ponte de San Antonio Panzacola e veja a igreja de San Juan Bautista, um dos templos mais antigos no Vale do México.

Leia também: Veja cinco motivos para incluir a Cidade do México no roteiro de férias

As
shutterstock
As "trajineras" em Xochimilco, outro ponto turístico para o roteiro de turismo no México aos olhos de Frida Kahlo, são um elemento tradicional da cultura mexicana e são uma opção de passeio, com mariachis e bandas mexicanas tocando


» Xochimilco

Também ao sul da Cidade do México, está localizado o subúrbio de Xochimilco. Segundo o site “Visit Mexico”, o lugar mais interessante para os fãs de Frida Kahlo na região é o Museu Dolores Olmedo Patiño, nome da mulher que morava no edifício. Dolores era uma empresária que gostava de adquirir obras de arte, ostentando a maior coleção de obras de Frida e seu marido.

Além de poder apreciar obras exclusivas e icônicas dos dois, é possível curtir o ambiente e os jardins de La Noria, por onde pavões coloridos perambulam. Perto de lá, os Jardins Flutuantes de Xochimilco são o lugar onde Kahlo e suas amigas iam para escapar do calor da cidade e ainda podem ser visitados com uma “trajinera”, embarcação colorida e típica do local que conta com a apresentação de “mariachis” e bandas mexicanas.

Xochimilco é um dos lugares mais antigos do México, lar de povos indígenas que preservam tradições culturais e também o patrimônio natural, em meio à loucura do centro urbano da Cidade do México.

Com belos jardins e prédios coloridos, um passeio pela região é recomendado para fechar com chave de ouro o tour, dando uma passada nas lojas de lembrancinhas e os mercadões, onde pode-se experimentar comidas e alimentos tipicamente mexicanos.

Em San Angel, a oeste da Cidade do México, você pode encontrar o Museu Casa Estudio Diego Rivera e Frida Kahlo, que foi projetado por um arquiteto, amigo do casal, e é imperdível em um roteiro de turismo no México para quem ama arte
shutterstock
Em San Angel, a oeste da Cidade do México, você pode encontrar o Museu Casa Estudio Diego Rivera e Frida Kahlo, que foi projetado por um arquiteto, amigo do casal, e é imperdível em um roteiro de turismo no México para quem ama arte


» San Angel

Concluindo a viagem de turismo no México aos olhos de Frida Kahlo, a oeste da Cidade do México está a cidade de San Ángel. Lá, está localizado o Museu Casa Estudio Diego Rivera e Frida Kahlo, onde o casal viveu durante cinco anos, antes de realizarem o divórcio. De acordo com o jornal “The Independent”, o lugar foi desenhado pelo arquiteto e pintor Juan O’Gorman, que era amigo dos dois.

Além disso, é possível fazer diferentes passeios pela cidade, que apresenta galerias de arte, igrejas estilosas e mercados de artesanato. Assim, o turista pode entrar em contato com a história e a cultura local, andando pela vizinhança.

Para quem não conhece Frida Kahlo e ficou com vontade de visitar os pontos de turismo no México relacionados, ela sofreu de poliomielite e de uma grave acidente e foi reconhecida, nos últimos anos, como um símbolo do feminismo
Reprodução
Para quem não conhece Frida Kahlo e ficou com vontade de visitar os pontos de turismo no México relacionados, ela sofreu de poliomielite e de uma grave acidente e foi reconhecida, nos últimos anos, como um símbolo do feminismo


» A vida de Frida Kahlo

Frida Kahlo nasceu em 1907 e morreu, aos 47 anos, em 1954. Atualmente, poucos artistas são tão reconhecidos como ela, que, com uma aparência icônica, está estampada em camisetas, bolsas e diversos outros produtos e foi reconhecida, nos últimos anos, como um símbolo do movimento feminista.

Leia também: Veja pontos turísticos pelo mundo que prestam homenagens à mulher

Quando jovem, Frida contraiu poliomielite, doença que a deixou em uma cadeira de rodas. Aos 18 anos de idade ela sofreu um grave acidente de trânsito que também deixou sequelas físicas. Já mais velha, a artista conheceu Rivera no centro histórico da Cidade do México, encontro que alterou o curso de sua vida. Assim, deixou, ao lado do marido, obras e pontos referenciais para uma viagem de turismo no México .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.