Psicóloga afirma que criar listas e fazer as coisas antecipadamente são táticas que podem ajudar a diminuir o estresse de planejar viagens

O estresse que você pode enfrentar em uma viagem pode ser suficiente para fazer você se perguntar se realmente vale a pena sair de casa. Os problemas podem vir do custo das passagens, do atraso de voos e das grandes filas. Além disso, é preciso se lembrar de tudo que é preciso fazer antes de partir, como pagar as contas e deixar a casa em ordem.

Leia também: 6 hotéis fazenda para quem busca contato com a natureza 

O processo de planejar uma viagem pode causar muito estresse
shutterstock
O processo de planejar uma viagem pode causar muito estresse

A psicóloga e escritora Alice Boyes, que passa cerca de uma semana por mês viajando, sabe como todo esse processo pode resultar em estresse . O conselho dela é que você encontre “uma rotina confortável" para realizar uma viagem. “Controle o que for possível, planeje com antecedência e fique preparado para lidar com o resto, seja lá o que for”, afirma a psicóloga.

Para o “The Washington Post”, Alice compartilha dicas sobre como reduzir as dores de cabeça e a ansiedade quando se trata de planejar a viagem, fazer as malas e, finalmente, partir.

1. Pense em sua agenda

É tentador reservar uma viagem com base exclusivamente nos preços das passagens aéreas. As promoções realmente podem encantar e seduzir. Mas, em nome da redução do estresse, considere sua própria programação antes de fazer outros planos. Você tende a ficar mais ocupado com o trabalho no final do mês ou no final do trimestre? Cuidado para que a data aquela promoção imperdível não coincida com essas épocas. 

Além disso, determine quanto tempo de descanso você precisa entre chegar de viagem e retomar as atividades diárias. Algumas pessoas querem aproveitar o máximo de seu tempo viajando e retornar apenas no final de um domingo, enquanto outros podem decidir voltar para casa em um sábado e ter um dia de descanso antes de voltar ao trabalho na segunda-feira.

Leia também: Pesquisa revela quais são as principais tendências de viagem

2. Crie listas para não esquecer de nada

Pense sobre o que está te deixando estressado e faça uma lista com cada coisa que você precisa fazer antes de viajar e outra lista com o que levar em suas malas. Alice recomenda ter uma lista pré-pronta para passeio no verão e outra para passeios no inverno, assim é só consultar cada uma antes de fazer uma nova viagem. “A lista de verão, por exemplo, lembra você de desligar o ar condicionado e colocar cloro na piscina", comenta a especialista. 

3. Faça as coisas antecipadamente

Pense sobre o local que você está indo e no que você pode fazer para adiantar coisas antes de embarcar. Que tal já comprar os tíquetes para aquela peça de teatro que você tem certeza que vai querer assistir? Também separe o dinheiro e leve uma quantia em notas pequenas que você poderá utilizar na hora das gorjetas. "Sei que trocar o dinheiro pode levar cinco ou dez minutos, mas é estressante se preocupar com isso quando você está em férias”. 

4. Tenha uma mala sempre feita

Ao invés de sempre precisar reembalar artigos de higiene pessoal, Alice mantém duas versões de itens que usa com freqüência, como a escova e a pasta de dente. Ela coloca um item em uma mala e o outro ela deixa em casa. Ela também mantém na mala as roupas que ela sabe que vai vestir durante a viagem. Como é a viajante frequente, isso permite que gaste menos tempo e energia na preparação na noite anterior à viagem e já se tenha itens básicos sempre à mão, sem risco de esquecer nada em casa. 

5. Entenda como funciona seu cartão de crédito

Muitos cartões de crédito possuem algum tipo de proteção de viagem, como seguro de aluguel de carros, cobertura de cancelamento de viagem, cobertura de bagagem perdida e muito mais. "Familiarize-se com o que você pode fazer se algo der errado", diz Alice. “Isso pode te dar paz de espírito e ainda poupar tempo e dinheiro”.

6. Aproveite o seu tempo de inatividade

No aeroporto e no voo, é fácil se estressar e estragar o clima leve de viagem. Você está pensando em seu voo de conexão, verificando se ele está atrasado, respondendo a e-mails de trabalho que não te deixam relaxar, por exemplo.

Alice sugere usar esse tempo pré-viagem para aproveitar para relaxar. Você pode ouvir uma música ou um podcast. Também pode ler aquele livro que você tem faz meses, mas ainda não saiu das primeiras páginas. Se você estiver se sentindo ansioso, faça algumas respirações profundas e permita-se apenas sentir o momento.

Aproveite o tempo no aeroporto para relaxar
shutterstock
Aproveite o tempo no aeroporto para relaxar


7. Tenha tempo antes e depois de seu voo

As companhias aéreas geralmente recomendam chegar ao aeroporto com duas horas de antecedência para um vôo doméstico e três horas antes de um vôo internacional. A tolerância de cada pessoa para esperar o voo, entretanto, é diferente. Alice diz que prefere chegar ao aeroporto com antecedência e ter tempo para respirar profundamente na sala de espera. Ela também não costuma ter pressa quando está voltando para casa. "Nós sempre damos um tempo quando voltamos, apenas para relaxar antes de ir para casa", diz ela.

Se você não tem acesso à sala de espera, você poder pegar uma xícara de chá e desfrutar de um momento de silêncio antes de ir pegar seu carro ou táxi. Ela garante que isso deixa o processo bem mais relaxante.

Leia também: 5 cidades próximas a São Paulo para aproveitar o frio do inverno

8. Não assuma que algo dará errado

Ficar estressado durante a viagem depende de você! Certamente, o atraso do voo e as filas longas são coisas que você não pode controlar, mas ainda assim você pode determinar qual será sua atitude em relação a isso. Alice sugere se fazer três perguntas: "O que de pior pode acontecer? Qual o melhor que pode acontecer? Qual é a opção mais realista?". Pensar em todos os cenários possíveis pode ajudar a deixar sua mente preparada para o que vier pela frente. 

9. Tenha algo emocionante planejado para quando você voltar

Retornar de uma grande viagem pode causar muito estresse. Após meses de ansiedade e planejamento, pode ser difícil se adaptar à rotina antiga. Alice sempre tem outra viagem planejada - mesmo que seja uma pequena - para que ela possa ter algo novo e emocionante para pensar quando retonar à vida diária.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.