Aos 33 anos Franklin David decidiu seguir o seu verdadeiro sonho: viajar. Em entrevista exclusiva ele, que começou a carreira como modelo e se estabeleceu como apresentador do programa Tricontando, da RedeTV!, conta tudo sobre seu novo projeto, o canal Aventureiros, feito em parceria o turismólogo Vitor Vianna e a Agência Aventureiros.

franklin david
Instagram/@franklindavid
Apresentador decidiu sair da TV para poder se dedicar a um programa turístico no Youtube

Os planos para colocar o projeto em prática começaram no fim de 2019, quando o apresentador conheceu a agência. Em janeiro foi feita uma viagem experimental para Foz do Iguaçu. “Depois disso que eu e Vitor começamos a nos falar de unir as nossas experiências. Com os dois é muito mais legal e muito mais dinâmico, acaba sendo mais divertido. Mas aí veio a pandemia e inviabilizou absolutamente tudo que estávamos planejando”, conta.

Os planos para o Aventureiros ficaram em pausa por algum tempo, enquanto Franklin se dedicava ao seu trabalho no programa Tricotando, da RedeTV!. A primeira experiência de viagem que teve em meio a pandemia foi quando ele e Vitor fizeram uma viagem de São Paulo para o Rio de Janeiro e tiveram que ficar em uma pousada em Penedo.

“A gente chegou na pousada com os dois pés atrás, tentando de informar sobre os protocolos, como estava sendo feita a higienização. Lá a primeira coisa que eles avisaram foi que estavam limpando o quarto com quaternário de amônia, porque eu senti um cheiro não muito agradável e cheguei a achar que tinha algo errado com o quarto”, conta o repórter.

Foi a partir dessa experiência que, apesar de tudo, se sentiu seguro e percebeu que era possível falar de turismo mesmo nesses tempos. “Decidimos fazer até como uma maneira de ajudar outras pessoas, porque o mesmo medo que a gente tinha, as outras pessoas também tinham”, afirma Franklin.

Viagem como terapia

Franklin conta que passou por fases muito difíceis com depressão e ataques de pânico -- especialmente após perder a mãe, em maio deste ano. Viajar foi uma das coisas que o ajudou a passar por isso. “Com a pandemia e o isolamento, muitos estudos indicam que problemas como depressão e ansiedade estão aumentando, então também foi uma forma que eu encontrei de ajudar e estimular quem está passando por isso”, diz.

No começo, o canal recebeu algumas críticas pela ideia de promover viagens no meio de uma pandemia. Mas, segundo o apresentador, aos poucos o público entendeu o objetivo do programa, que garante ser feito com muito profissionalismo e muito cuidado com a segurança de todos os envolvidos.

Afinal, viajar na pandemia tem sido bom?

O repórter afirma que está muito satisfeito com o que tem visto nos diversos destinos que gravou e diz que se sente 95% seguro. Os 5% que faltam são por conta das outras pessoas e turistas que nem sempre seguem todos os protocolos. “Felizmente, por todos os lugares que eu passei, pude ver de hotéis, pousadas e passeios fazendo tudo da melhor maneira para garantir a segurança de todos. Ir ao Beto Carrero, por exemplo, foi incrível, ver o quanto o parque se esforçou para receber as pessoas”, revela.

As medidas de segurança e higiene especiais estão evoluindo e têm sido tão satisfatórias para David e o parceiro Vitor que os planos para uma segunda temporada com destinos no exterior estão a todo vapor. “A Turquia será o nosso primeiro destino internacional, para mostrar como tudo está acontecendo lá. Temos mantido muito contato com pessoas de lá, brasileiros que moram lá, para passar com o máximo de detalhes essas informações para o público”.

Realização pessoal

Franklin David faz questão de deixar claro que, mesmo em meio a tantas adversidades, está vivendo a realização de um sonho. Em setembro, se demitiu da RedeTV! para se dedicar exclusivamente ao Aventureiros e agora vêm colhendo os frutos do trabalho. “Posso dizer que minha experiência na TV apenas faz com que eu seja muito mais exigente comigo mesmo agora que tenho um programa no Youtube, porque quero que a qualidade seja de igual para melhor”, afirma.

Apesar da autocobrança, o apresentador também diz ter encontrado no novo formato muito mais liberdade. “Na TV, você se molda em um formato que já existe, apesar das brincadeiras. Agora eu tenho muito mais liberdade para fazer o programa do jeito que eu quero”.

    Veja Também

      Mostrar mais