Devido à pandemia do novo coronavírus, tudo no Brasil e no mundo mudou e as pessoas se viram obrigadas a se adaptarem a um novo normal. Para as praias e clubes de nudismo isso não foi diferente. Os turistas e banhistas mais ousados deverão seguir novas regras de convivência se quiserem se divertir por aí como vieram ao mundo.

Hedonism II, na Jamaica
Divulgação
Hedonism II, na Jamaica


Um dos clubes de nudismo que retomou as atividades foi o resort caribenho Hedonism II, na Jamaica. Mas, agora, o local adotou algumas medidas de segurança para receber os hóspedes, como o uso de máscara até nas dependências em que o nudismo é permitido. Outras áreas, como o “quartinho das brincadeiras”, permanecerão interditadas temporariamente para evitar aglomerações.

Mas ele não é o único. Como a intenção é se divertir com segurança, o Bare Buns Café, na Flórida, nos Estados Unidos, por exemplo, agora permite lugares limitados no pátio de triagem e sob o dossel do deck da piscina.

O estado americano é um dos que mais abriga praias, bares e clubes de nudismo que se viram sem ter o que fazer ou onde recorrer por conta dos fechamentos obrigatórios nos meses anteriores, mas agora terão de se adaptar ao novo jeito de se relacionar para não comprometer a saúde dos turistas.

Com isso, aos poucos eles retomam às atividades, mas com um novo conceito... pelado sim, mas com a máscaro no rosto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários