Tamanho do texto

Trabalhar no exterior pode ser mais difícil e burocrático do que você pensa

A debandada de profissionais para outros países tem crescido desde 2017. Segundo dados da Receita Federal, divulgados no início de 2019, aproximadamente 22.4 mil brasileiros declararam a saída definitiva do país.

viagem arrow-options
shutterstock
O visto de negócios para brasileiros é exigido em alguns países pelo mundo

E o que fazer quando você recebe uma proposta de emprego em outro país? Como proceder com a retirada do  visto de negócios ?

Essa é a terceira e última matéria da série do iG Turismo sobre vistos para brasileiros.

O site do Ministério das Relações Exteriores tem poucas informações para te dar nessa hora. Em todos os casos pesquisados pela reportagem, é necessário contatar a embaixada do país de destino para saber quais documentos serão exigidos para o procedimento de retirada de visto. Porém, o mais importante é entender e estudar os contratos de trabalho antes de assinar.

Sobre esses problemas, o Itamaraty elaborou uma cartilha para profissionais do futebol, modelos, músicos, dançarinos e donos de restaurante para que tomem cuidado ao trabalhar no exterior.

De forma básica a te ajudar, o iG Turismo separou por continente os países que exigem visto de negócios para brasileiros e em quais você deve tomar cuidado. Confira.

ÁSIA

índia arrow-options
Divulgação/ MSC Cruzeiros
A Índia é um dos países com mais problemas para brasileiros trabalharem

A Ásia é o segundo continente com mais restrições na categoria visto de negócios para brasileiros. Por lá também estão a maioria dos países que o Itamaraty não recomenda a presença de brasileiros.

Confira todos os países que exigem visto de negócios para brasileiros e saiba as principais preocupações.

  • Afeganistão - não recomendado visitação de brasileiros
  • Arábia Saudita
  • Argélia
  • Azerbaijão
  • Bangladesh
  • Barein
  • Benim
  • Brunei
  • Camboja
  • Catar - IMPORTANTE: contratos de trabalho são regidos pelas leis árabes
  • China – IMPORTANTE: brasileiros não podem receber remuneração na China, apenas quando estiverem em território nacional
  • Coréia do Norte
  • Iêmen - não recomendado visitação de brasileiros
  • Índia - IMPORTANTE: não utilizar visto de turista para trabalhar na Índia, as punições podem ser severas
  • Indonésia
  • Irã - IMPORTANTE: contratos de trabalho são regidos pelas leis árabes
  • Iraque - não recomendado visitação de brasileiros
  • Japão – IMPORTANTE: altos índices de fraude contratual
  • Jordânia
  • Kuwait
  • Laos
  • Líbano
  • Libéria
  • Líbia - não recomendado visitação de brasileiros
  • Macau
  • Ilhas Maldivas
  • Myanmar/Birmânia
  • Nepal
  • Omã
  • Paquistão
  • Quirguistão
  • Rep. Árabe Saaraui Democrática (RASD)
  • Síria - não recomendado visitação de brasileiros
  • Sri Lanka
  • Tadjiquistão
  • Taiwan
  • Timor Leste
  • Turcomenistão
  • Uzbequistão
  • Vietnã

ÁFRICA

eritreia arrow-options
shutterstock
Na Eritréia, a entrada de brasileiros não é recomendada pelo Itamaraty

Com o maior número de países que exigem visto de negócios para os brasileiros, na África o maior problema de entrada é para a classe de jornalistas. A não  recomendação do Itamaraty para a entrada de brasileiros também é grande. Confira a lista abaixo:

  • Angola
  • Burkina Faso
  • Burundi
  • Butão
  • Cabo Verde
  • Camarões - entrada de jornalistas vigiada
  • Chade
  • Comores
  • Congo
  • Costa do Marfim
  • Djibuti
  • Egito - entrada de jornalistas vigiada
  • Eritréia - não recomendado visitação de brasileiros
  • Etiópia
  • Gabão
  • Gâmbia
  • Gana
  • Guiné – entrada de jornalistas vigiada
  • Guiné-Bissau
  • Guiné-Equatorial
  • Lesoto
  • Madagascar
  • Malaui
  • Mali
  • Ilhas Maurício
  • Mauritânia
  • Moçambique
  • Namíbia
  • Níger - não recomendado visitação de brasileiros
  • Nigéria – portadores de HIV/AIDS podem ter restrições de entrada
  • Papua Nova Guiné
  • Quênia
  • República Centro Africana - não recomendado visitação de brasileiros
  • Ruanda
  • São Tomé e Príncipe
  • Serra Leoa
  • Somália - não recomendado visitação de brasileiros
  • Suazilândia
  • Sudão - não recomendado visitação de brasileiros
  • Sudão do Sul - não recomendado visitação de brasileiros
  • Tanzânia
  • Togo
  • Uganda
  • Zâmbia
  • Zimbábue

AMÉRICA

eua arrow-options
shutterstock
Assim como para turista, os EUA também exige visto de negócios

Na América são poucos os países que restringem a entrada dos brasileiros para negócios. Canadá e Estados Unidos seguem as mesmas burocracias para entrada de turista e na Venezuela o governo brasileiro não recomenda a entrada. Confira a lista de todos os países abaixo:

  • Barbados
  • Bolívia
  • Canadá
  • Costa Rica
  • Cuba
  • EUA
  • Guatemala
  • Guiana Francesa
  • Haiti
  • Rep. Dominicana
  • Santa Lúcia
  • Suriname
  • Venezuela - não recomendado visitação de brasileiros

OCEANIA

sidney arrow-options
shutterstock
Na Austrália também tem visto de negócios para brasileiros

Na Oceania o mais importante é não viajar com visto de turista que você pretende trabalhar no país. A maioria deles como Kiribati, Nauru, Palau, Tuvalu e Ilhas Salomão, repudiam a prática e podem punir os brasileiros até com prisão.

  • Austrália
  • Ilhas Cook
  • Ilhas Fiji
  • Ilhas Kiribati
  • Ilhas Marianas
  • Nauru
  • República Do Palau
  • Ilhas Salomão
  • Tonga
  • Ilhas Tuvalu
  • Vanuatu

EUROPA

turquia arrow-options
shutterstock
Istambul, Turquia

A Europa é o continente com menor número de países que exige o visto de negócios para brasileiros. Apenas seis e em nenhum deles o brasileiro terá problemas maiores para ingressar.

Leia também: 10 dicas sobre o que fazer na Turquia

  • Chipre
  • Liechtenstein
  • Moldávia
  • San Marino
  • Turquia
  • Vaticano

*Lembrando que todas as especificações por país foram retiradas do site do Ministério das Relações Exteriores