Tamanho do texto

Viajar durante as férias escolares pode não sair tão caro se você souber para onde ir, por isso, nós listamos pacotes em julho a partir de R$ 715 por pessoa

Quem está planejando viajar em julho, mas está com o orçamento apertado ou prefere economizar para gastar com outras coisas no final do ano não precisa arrancar os cabelos atrás de destinos turísticos.

Leia também: 10 dicas para encontrar passagens aéreas em promoção e economizar

Menina olhando feliz para o céu debruçada sobre uma mala de viagem
shutterstock
Viajar em julho não precisa te colocar em problemas financeiros - basta saber escolher o destino mais em conta

A companhia de turismo CVC separou os 10 destinos mais em conta para quem vai viajar em julho , e dentre eles estão queridinhos dos brasileiros como Buenos Aires, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu e Salvador.

Portanto, a lista não deixa de fora nem quem gosta de se aventurar mundo afora nem aqueles que gostam de se enfiar Brasil adentro durante as férias - então preste atenção nos itens da lista para encontrar o que mais te agrada. Os destinos estão na ordem dos pacotes de viagens mais baratos para os mais caros.

Onde viajar em julho para economizar e se divertir

  1. Rio de Janeiro
  2. Balneário do Camboriú + Beto Carrero
  3. Foz do Iguaçu
  4. Caldas Novas
  5. Salvador
  6. Montevidéu
  7. Buenos Aires
  8. Santiago
  9. Lima
  10. San Andres

1. Rio de Janeiro

Foto aérea do Cristo Redentor no pôr do sol
shutterstock
Para quem vai viajar em julho, a cidade do Rio de Janeiro é a opção com melhor custo benefício

Inaugurando a lista, a  Cidade Maravilhosa é um destino excelente para você passar as férias de julho . O clima mais ameno significa que menos pessoas vão para lá à procura do mar - o que, por sua vez, significa praias e pontos turísticos menos lotados.

De acordo com a CVC, um pacote com passagem aérea (saída no dia 5 de julho) e quatro noites no Hotel Riazor Plaza com café da manhã incluso sai por pelo menos R$ 715,87 por pessoa.

2. Balneário do Camboriú + Beto Carrero

Vista panorâmica da orla de Balneário Camboriú
Reprodução/Flickr
O Balneário Camboriú, repleto de atrações para turistas de todas as idades é uma ótima opção para passar as férias de julho

Em Santa Catarina está outro destino para viajar em julho sem gastar muito. O Balneário do Camboriú, além de oferecer belas vistas e uma vida noturna agitada, também é a casa do Parque Beto Carrero, o maior da América Latina. Assim, é um destino ideal para quem vai com os amigos sem deixar de lado quem viajará em família.

Se for viajar no dia 24 de julho, os pacotes de viagens da CVC com passagem aérea e estadia por três noites no Hotel Ryan (café da manhã incluso) saem por a partir de R$ 884 por cabeça.

3. Foz do Iguaçu

Vista aérea das Cataratas do Iguaçu
shutterstock
As Cataratas do Iguaçu, maior conjunto de quedas d'água do mundo, também tem ótimo custo-benefício para julho

Ainda na região Sul do país, Foz do Iguaçu promete te surpreender com o maior conjunto de quedas d'água do planeta - e o melhor hotel do Brasil . Viajar em julho para lá, com saída no dia 3, é um pouco mais caro do que ir para o Balneário do Camboriú, e custará cerca de R$ 1,2 mil por pessoa.

Contudo, o pacote inclui quatro noites de hospedagem no Cataratas Park Hotel, traslado e visita às cataratas no lado brasileiro, vista panorâmica para a Hidrelétrica de Itaipú e transporte gratuito ao Duty Free Shop Iguazú e ao Vale dos Dinossauros (ingressos não estão inclusos).

4. Caldas Novas

Vista aérea de Caldas Novas
shutterstock
Localizada no coração do país, Caldas Novas é o lugar ideal para quem quer fugir do frio nas férias de julho

Caso ir para o litoral ou se aventurar no frio da região Sul não seja muito o seu estilo em julho, que tal ir para a maior estância hidrotermal do mundo? A cidade de Caldas Novas, a apenas 170 km de Goiânia, oferece uma ótima alternativa para quem quer fugir do inverno, mas não quer gastar muito indo para o Nordeste.

Para viajar para lá no dia 25 de julho, você pagará a partir de R$ 1,3 mil por pessoa em um pacote que inclui passagens aéreas, três noites de hospedagem no Hot Star Plaza com café da manhã, traslados, city tour por Caldas Novas e dois dias de ingresso para o Water Park.

5. Salvador

Vista aérea da cidade de Salvador, na Bahia
shutterstock
Salvador é o destino mais caro para viajar em julho dentro do país, mas é o que tem maior período de estadia

Embora o Nordeste continue sendo a sede de alguns dos destinos de preços mais salgados do Brasil, isso não significa que não existam cidades por lá com um custo benefício bom para quem quer viajar nas férias de julho.

Em Salvador, por exemplo, você descobrirá que a cidade vai muito além do carnaval . Repleta de museus, construções históricas e belas praias, a cidade promete cativar qualquer um que adquira um pacote para explorar a capital baiana.

Mesmo assim, o preço é o mais caro dos destinos brasileiros - mas o período de estadia também é o maior. Um pacote de sete noites no Hotel Sol Plaza Sleep, incluindo traslado e passagem aérea, com saída no dia 28 de julho, custa a partir de R$ 1,4 mil por pessoa.

6. Montevidéu (Uruguai)

Praça Independência, no centro histórico de Montevidéu
shutterstock
A simpática capital uruguaia pode ser seu próximo destino para as férias de julho por cerca de R$1,5 mil

Se você não tiver problema de encarar o frio do inverno sulamericano, ir para Montevidéu pode ser uma boa pedida graças às suas belas construções históricas, muito agito na noite e  centros comerciais com ótimo custo benefício - além de uma gastronomia rica, principalmente quando o assunto é carne.

Dar um pulo no nosso vizinho Uruguai sai por cerca R$ 1,5 mil por pessoa no pacote que inclui passagem aérea e sete noites de hospedagem no Hotel Hispano.

7. Buenos Aires (Argentina)

Vista aérea do bairro da Recoleta, em Buenos Aires
shutterstock
A cidade de Buenos Aires é uma boa pedida para viajar em julho, principalmente com a desvalorização do peso argentino

Descendo um pouco mais o litoral do Oceno Atlântico, você irá se deparar com  Buenos Aires e seus bairros cheios de atrações turísticas, que vão de casas de tango a parques, lojas, museus e restaurantes.

Além disso, o peso argentino está bastante desvalorizado com relação ao dólar e ao real, facilitando na hora das compras para quem pensa em voltar de viagem com as sacolas cheias.

O pacote, contudo, tem um preço um pouco mais salgado. Para passar sete noites no Hotel Esmeralda Palace, com passagem aérea inclusa, cada pessoa pagaria a partir de R$ 1,8 mil nos pacotes de viagens.

8. Santiago (Chile)

Vista do horizonte de Santiago
Divulgação
A cidade de Santiago é um destino concorrido para as férias de junho, e pode ser aproveitado em apenas 3 dias

Outra capital sulamericana que entra para a lista de destinos para viajar em julho é Santiago, no Chile. Famosa tanto por seus vinhos quanto por suas atrações culturais e urbanas, a cidade é uma das mais procuradas pelos clientes da CVC no mês das férias escolares - e pode ser aproveitada em apenas três dias .

Segundo a operadora, durante as férias de julho, e com a alta do dólar, as principais atrações em Santiago saem por menos de R$ 200 por pessoa. Além disso, turistas que ficarem por lá por menos de 60 dias estão  isentos do Imposto sobre Valor Agregado nas diárias, o que barateia o preço das hospedagens.

Mesmo assim, um pacote com saída no dia 28 de julho incluindo sete noites de hospedagem no Hotel Capital San Pablo e as passagens aéreas sai por a partir de R$ 2,4 mil por pessoa.

9. Lima (Peru)

Vista aérea da praça central de Lima, no Peru
shutterstock
Lima, no Peru, é uma ótima opção para viajar em julho se você gosta de história, cultura, gastronomia e vida noturna

Subindo os Andes rumo à América Central, a capital peruana é outro destino com bom custo benefício para viajar em julho. Lima está repleta de atrações para os aficionados por cultura, gastronomia, história e por atividades ao ar livre.

Diferente dos outros destinos internacionais até aqui, a moeda peruana é bastante parelha com o real (1 novo sol = R$ 1,16 em cotação realizada na última sexta-feira), então os gastos terão de ser mais comedidos para não extrapolar o orçamento.

Além disso, os pacotes de viagens ficam pouco abaixo de R$ 3 mil. Com saída no dia 28 de julho, uma opção com sete noites de hospedagem no Hotel Lima City sai por ao menos R$ 2,7 mil por pessoa.

Leia também: Muito além de Machu Picchu: o que fazer no Peru para ter uma viagem inesquecível

10. San Andrés (Colômbia)

Praia do vilarejo de San Luis, na Ilha de San Andres
shutterstock
Quem vai viajar em julho e não se importar em gastar um pouco mais para aproveitar San Andrés irá se deparar com praias paradisíacas e um clima caribenho um tanto mais rústico - mas não por isso menos interessante para descobrir

Por fim, chega o destino mais ao norte - e mais caro - da lista. A ilha de San Andrés , no arquipélago de San Andrés, Providencia e Santa Catalina, tem crescido em popularidade por ser uma versão mais rústica do Caribe, dando um ar ainda mais paradisíaco às suas praias.

Para viajar em julho para esse paraíso na terra, um pacote com sete noites de hospedagem no Ataraxy Hotel Boutique sai por, pelo menos R$ 3,7 mil por pessoa - então faça bem os cálculos para evitar gastos desnecessários.