Tamanho do texto

Apesar do seguro não ser obrigatório em viagens menores de 90 dias; é exigido de quem faz escala ou passa pela Europa, e pode ser muito útil

A Copa do Mundo da Fifa vem aí e muitas pessoas estão se preparando para viajar para a Rússia e curtir o evento. Mas antes de partir para a curtição, é importante saber quais são todos os documentos  necessários e tomar todos os cuidados possíveis para evitar problemas e acabar com a diversão antes mesmo de ela começar.

Leia também: 7 passos simples para planejar viagem dos sonhos sozinho

Para os turistas que forem aproveitar a Copa do Mundo para visitar a Rússia, fazer um seguro viagem pode ser boa ideia
shutterstock
Para os turistas que forem aproveitar a Copa do Mundo para visitar a Rússia, fazer um seguro viagem pode ser boa ideia


O governo da Rússia não exige visto de brasileiros, mas o passaporte deve estar válido até três meses depois do retorno da viagem. E, apesar do  seguro viagem não ser obrigatório para quem for permanecer no país por menos de 90 dias, ele se torna obrigatório se o turista passar por algum país da Europa antes, mesmo que seja para fazer uma escala - mas somente se essa conexão exigir passar pela alfândega para uma troca de aeroporto, por exemplo, ou um voo no dia seguinte. No entanto, por ser um país muito diferente do nosso, inclusive com um alfabeto diferente, dificultando ainda mais a comunicação, pode ser bastante útil contratar um seguro viagem para curtir sem preocupações.

Caso você opte pelo seguro viagem, Paulo Marchetti, CEO da ComparaOnline, site de comparação de seguros e créditos, dá as dicas na hora de orçar, escolher e contratar o serviço.

Saiba todas as informações da viagem

Leia também: Como economizar em viagens, do planejamento até a curtição

Para conseguir o orçamento certo, informe corretamente o período da viagem (desde a data de embarque até a data de desembarque no Brasil, ainda que você vá chegar no destino apenas no dia seguinte do embarque), quantos passageiros são e suas idades. A presença de gestantes entre os viajantes também deve ser informada.

Pesquise planos e coberturas

Comparar os planos e coberturas de diversas empresas é essencial para conseguir o melhor preço. Mas lembre-se de não comparar apenas os valores, assegurando-se de verificar o que está incluso em cada plano, pois coberturas adicionais poderão ser necessárias e aquele valor que parecia super em conta, vai ficando mais salgado.

Seguro obrigatório na Europa

É obrigatório um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros para todos os turistas que pretendem fazer conexão ou passar alguns dias em algum dos países da União Europeia - ainda que o seu destino final seja a Rússia.

Aprenda a usar o seu seguro

Leia também: Guia para a primeira viagem de avião

Deu algum problema? Certifique-se de que você sabe usar seu seguro antes de viajar. Todas as empresas oferecem atendimento 24h por telefone e em português - mesmo na Rússia . No caso de precisar do seguro, ligue para sua seguradora em algum dos telefones fornecidos em seu contrato e peça a relação de lugares credenciados onde você poderá ser atendido sem custos adicionais (todos eles cobertos pelo seguro). Você também pode ir a um hospital ou clínica não credenciados, pagar do próprio bolso e depois solicitar o reembolso. Nesse caso, guarde todos os comprovantes de atendimento, pois eles serão solicitados pela seguradora.