Tamanho do texto

O profissional, que não cobra pelo serviço, analisa perfil do turista e ajuda a escolher o destino ideal e a montar um roteiro que atenda as expectativas

Você já ouviu falar em personal travel? Esse profissional busca tornar cada viagem única e, para isso, oferece um atendimento exclusivo, elaborando roteiros e serviços diferenciados. Tudo é escolhido individualmente levando em consideração o perfil de cada viajante. Tempo, custos, preferências pessoais, expectativa e desejo são aspectos levados em consideração para chegar a um destino e roteiro ideal - e que caiba em seu orçamento.  

Leia também: Veja dicas e fuja de perrengues ao planejar uma viagem de longa duração

O personal travel trabalha elaborando uma viagem que atenda em todos os aspecto se expectativas dos turistas
shutterstock
O personal travel trabalha elaborando uma viagem que atenda em todos os aspecto se expectativas dos turistas


O personal travel dedica um bom tempo a tarefa de elaborar a viagem dos sonhos. “Ele oferece uma atenção especial ao cliente e atua em todas as fases que envolvem uma viagem de excelência – antes, durante e depois –, e também anula eventuais contratempos que possam ocorrer ao longo da viagem”, explica Osmar Rodrigues, porta-voz da Travel Class.

Tempo de antecedência

Como o profissional trabalha de forma exclusiva, é importante o contato entre ele e o cliente para que possam ter uma boa conversa, pois é através disso que o especialista identifica os fatores essenciais para o viajante e, assim, inicia o trabalho personalizado. “Para que tais serviços sejam efetuados com a máxima qualidade sugerimos procurar um especialista com cinco meses de antecedência, tempo ideal para um maior leque de oportunidades com melhor custo benefício”, indica Rodrigues.

Por outro lado, Ricardo Pereira, porta-voz da Trilhas Turismo, diz que dá para organizar uma viagem para “amanhã” com preços acessíveis. “Quem pretende viajar para a Europa em julho, por exemplo, e procura um profissional em março, tem um tempo curto, mas há chances de encontrar alguma promoção. Mas é claro que ter antecedência ajuda, e muito, no planejamento”, afirma.

Consultoria completa

A ideia desse serviço é prover uma consultoria completa ao viajante. “Isso envolve desde o processo que antecede a viagem, como a compra de passagens, acomodação e translados, reserva de restaurantes, ingressos de shows ou demais atrações culturais, até eventuais necessidades que possam surgir durante a viagem”, expõe Pereira.

Leia também: Como planejar uma viagem para Orlando

O interessante é que, além das preferências dos clientes, Rodrigues acrescenta que outras questões são avaliadas, como fatores climáticos, geografia, logística, segurança (incluindo questões políticas), fatores socioculturais e qualidade dos serviços que os turistas necessitam utilizar no destino.

Tudo feito dentro do orçamento

Muitas pessoas deixam de viajar porque sabem que sempre acabam extrapolando o orçamento e, depois, ficam lotados de dívidas. Por isso, ao contratar um serviço personalizado é de extrema importância definir previamente o valor aproximado que pretende gastar. Com isso, tudo será pensado dentro do orçamento. 

“Quando se trata de um roteiro de viagens personalizado, é utilizado um tripé como base. O primeiro item é a vontade, depois o tempo – quantos dias disponíveis para a realização da viagem – e, claro, o investimento – o quanto custa e o quanto e quer e pode pagar. Se um deles não estiver contemplado, não há viagem personalizada”, coloca Pereira.  

Não é um serviço de luxo

Como se trata de algo exclusivo, esse serviço costuma se associado a algo de luxo, porém não é algo restrito. “É possível adequar um serviço de categoria econômica seguindo o critério de qualidade estabelecido pelo especialista. Qualquer categoria pode ser tratada com exclusividade para garantir excelência nos serviços”, afirma Rodrigues.

Leia também: Turismo de luxo é ostentação? É possível fazer uma viagem gastando R$ 2 mil

Como contratar?

O personal travel pode ser encontrado em agências de viagem que oferecem esse tipo de serviço personalizado. E você não paga para receber essa consultoria, pois o profissional é geralmente comissionado por parceiros e fornecedores, como hotéis e companhias aéreas.