Tamanho do texto

Viajar em grupo não é algo simples, antes de tudo é preciso pensar em detalhes para conseguir economizar e agradar todas as pessoas envolvidas

A época mais aguardada pelos brasileiros está chegando! O carnaval de 2018 acontece entre os dias 9 e 12 de fevereiro. A data está próxima, mas ainda dá tempo de organizar uma viagem e curtir a folia com a família e os amigos. Mas, é preciso se atentar aos detalhes para o momento de diversão não se tornar desastroso. 

Leia também: 8 países que também comemoram o carnaval, mas de forma diferente

Fazer uma viagem em grupo ou família durante o carnaval requer alguns cuidados e planejamento para dar tudo certo
shutterstock
Fazer uma viagem em grupo ou família durante o carnaval requer alguns cuidados e planejamento para dar tudo certo


Os destinos mais disputados pelos turistas são Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), principalmente pelos foliões que querem pular na avenida ou correr atrás de um trio elétrico, mas nem todo mundo tem esse pique todo. “Hoje, 60% das pessoas aproveitam o carnaval para descansar e é muito comum viajar com os filhos”, diz a personal travel e diretora da Flyworld, Marlli Píres.

Entre os destinos mais procurados por quem deseja realizar uma viagem em família destacam-se: Fernando de Noronha (PE), São Miguel dos Milagres (AL), Jalapão (TO), Bonito (MS), Chapada dos Veadeiros (GO), Serra da Canastra (MG), São Francisco Xavier (SP) e Cunha (SP).

Além disso, é preciso pensar em outros detalhes quando se realiza uma viagem em grupo. Para não tornar o momento de diversão um desastre, confira algumas dicas da especialista para fazer do carnaval um momento de total alegria:

1. Escolha consciente

Escolher um destino não é uma tarefa fácil, leve em consideração o desejo de todos os envolvidos, mas o mais importante mesmo é sempre levar em consideração a disponibilidade financeira de cada viajante. “O orçamento e o destino podem variar de acordo com as preferências e exigências do turista. A categoria do hotel, horários e escaladas de voos, no caso de destinos que necessitam de passagem aérea, são exemplos de opções que influenciam no valor”, aponta Marlli.

2. Elejam um representante

Depois de entrar em um consenso e escolher o destino, alinhem o tipo de hospedagem, o roteiro e também os passeios que pretendem fazer. “Depois de escolher o destino, as condições de pagamento e demais detalhes, o grupo pode eleger uma pessoa para ser o intermediário nas negociações com a agência de viagens, coletando dados cadastrais, fazendo as reservas e pagamentos”, indica a personal travel.

3. Consulte um agente de viagens

Fazer tudo sozinho não é o mais indicado. Se você não conhece nada do local e não está acostumado a viajar, o indicado é recorrer a um agente de viagens. Isso facilita os trâmites burocráticos e garante mais segurança na viagem. Antes fechar o pacote faça várias cotações.

Converse com os amigos para conseguir alinhar os detalhes e escolher coisas que agradem a todos
shutterstock
Converse com os amigos para conseguir alinhar os detalhes e escolher coisas que agradem a todos


4. Boa localização

Não adianta escolher uma acomodação que é mais barata e fica longe de tudo, pois você terá que gastar mais com transporte. Lembre-se que o barato pode sair caro. “A localização é um detalhe importante, por isso, deve-se escolher hotéis ou pousadas próximas dos centros de interesse para o turismo, evitando grandes transtornos com deslocamentos e traslados. Isso faz com que o passeio fique mais econômico”, enfatiza a especialista.

Leia também: Economizar na viagem internacional dos sonhos é possível; saiba como

5. Dividam os quartos

Segundo Marlli, já que a viagem será feita entre amigos e família, a dica é escolher acomodações que comportem mais pessoas, pois isso geralmente torna a diária mais barata. Também é possível encontrar pacotes em que o valor da hospedagem é fixo e como alguns quartos cabem até cinco pessoas, o valor total é dividido entre os hospedes, ou seja, quando mais pessoas melhor.

6. Desfrutem da hospedagem

Fazer passeios turísticos em todos os dias da viagem pode sair muito caro e também pode se tornar cansativo. A dica é escolher uma hospedagem que tenha uma boa infraestrutura, principalmente se você estiver com crianças. Passar um dia em piscinas ou em playgrounds também é divertido. Por outro lado, se a viagem for só com adultos, hostels são excelentes opções para quem quer gastar menos. “Roteiro de passeios e atividades definidos com antecedência também pode ajudar a economizar com gastos desnecessários e imprevistos”, acrescenta Marlli.

7. Economize com transporte e alimentação

Outra forma de gastar menos é optar por voos em horários menos atrativos como, por exemplo, os da madrugada. Outra forma de gastar menos e também de não ter problemas alimentares é evitar de comer fora todos os dias.  “Se houver alguma hospedagem com quartos equipados com cozinha, opte por ela. Essa pode ser uma forma de economizar com alimentação, pois você pode preparar lanches e pratos no próprio apartamento”, fala Marlli.

Pensando nos detalhes, você pode economizar com comida, transporte e hospedagem e evitar estresse
shutterstock
Pensando nos detalhes, você pode economizar com comida, transporte e hospedagem e evitar estresse


8. Prepare bem as malas

A maioria dos viajantes deseja muito calor para o carnaval, mas o clima é imprevisível e dependendo do destino, o tempo pode variar muito. Para evitar estresse, a personal travel aconselha que você deve calcular a quantidade de roupa que vai usar. Não leve objetos, vestimentas e calçados desnecessários, mas também esteja preparado para diferentes situações. Mais importe do que as roupas são os documentos e medicamentos de uso controlado, isso é algo que você realmente não pode esquecer.

9. Cuidado com as crianças

Se tiver crianças participando da viagem, fique atento e veja se a carteira de vacinação está em dia. Também não se esqueça de levar os remédios que o pequeno costuma tomar e usar.  “Levar um kit de primeiros socorros. Também é sempre bom e é interessante oferecer às crianças a alimentação mais próxima possível daquela feita em sua casa, a fim de não causar nenhum transtorno alimentar que possa atrapalhar os dias de descanso e férias”, explica Marlli.

10. Todo cuidado é pouco

Quando você está em um lugar diferente, é bom ter cuidados extras. Um dos principais é levar protetor solar para os destinos mais quentes e ensolarados. Outra dica é não consumir alimentos sem saber qual a procedência e também ter cuidado ao experimentar coisas novas. “Beba muito líquido e sempre procurar levar água durante os passeios, principalmente, se estiver com crianças. Essa é uma dica importante”, finaliza a especialista.

Leia também: Mar, sol e samba: veja as 7 praias nacionais mais procuradas pelos foliões

Seguindo essas recomendações, a sua viagem de carnaval em grupo ficará muito mais tranquila e divertida.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.