Tamanho do texto

Pesquisa indica o que mais irrita os turistas brasileiros durante as viagens, entre os motivos estão: atraso de voo, sinal de Wi-Fi ruim e ficar doente

A tecnologia deve usada a seu favor, e pode ter certeza que ela é muito útil durante uma viagem e evita estresses desnecessários. A empresa Booking.com realizou uma pesquisa que contou com a participação de 17 mil viajantes profissionais de 24 países e descobriu o que mais irrita os turistas durante as viagens e a boa notícia é que dá para solucionar esses problemas com a ajuda de sites e aplicativos.

Leia também: 5 tipos de apps que podem deixar a sua viagem ainda melhor

Aplicativos e sites podem ajudar a controlar voos e se acostumar com fuso horário
shutterstock
Aplicativos e sites podem ajudar a controlar voos e se acostumar com fuso horário


Antes de embarcar veja quais aplicativos você precisa baixar e os sites que precisa visitar:

1. Atrasos/cancelamentos das viagens

Para 46% dos brasileiros entrevistados, ou seja, quatro em cada 10 viajantes, atrasos e cancelamentos de viagens é o que causa mais irritação. A solução para evitar esse estresse é controlar os voos, para isso há apps que alertam com antecedência atrasos e cancelamentos. É o caso do GateGuru que faz um monitoramento em tempo real dos aviões e, dessa forma, te mantém sempre informado de tudo.

2. Sinal de Wi-Fi ruim ou não existente

Em tempos de internet, quem tem sinal fora de casa é rei! Os brasileiros levam isso tão a sério que um em três entrevistados (39%) não tolera ficar em um local que não tenha o popular Wi-Fi. Como é algo importante para os turistas, a maioria das plataformas já deixam na descrição da acomodação se o local oferece esse serviço. Também é possível descobrir se o sinal é bom na avaliação dos viajantes que já passaram por lá. Os sites Booking.com e o Trivago são exemplos de site que contam com essa facilidade.  

Leia também: Mulher viaja o mundo com despesas pagas por homens que conhece em app

3. Ficar doente

Ninguém merece ficar doente durante uma viagem tão esperada, não é verdade? Quatro em 10 brasileiros (45%) consideram essa situação algo bem estressante. Mas, não esqueça que é comum de acontecer, já que nem sempre o corpo se adapta rapidamente ao clima, ao fuso horário e a correria da viagem. Portanto, não deixe de levar um kit com remédios que está habituado e antes de embarcar use o plano de adaptação ao fuso horário oferecido no site da Jet Lag Rooster.

4. Problemas com o idioma

Não conhecer o idioma do país que vai visitar é outra coisa que dá dor de cabeça aos viajantes, pelo menos é o que afirma três de cada 10 entrevistados. Bom, nesse caso não tem muito mistério, basta usar e abusar das famosas ferramentas de tradução online, como o Google Translate. Esse e muitos outros sites e apps ajudam também na pronúncia e já trazem algumas frases usais prontas.

Leia também: Como viajar para outro país sem saber falar o idioma local? Veja dicas

5. Esquecer um item essencial

Quem nunca deixou um item essencial em casa e só lembrou quando estava no destino? Essa situação irrita 40% dos brasileiros. A dica é fazer as malas com calma, levando em consideração o clima do destino e o objetivo da viagem. Para facilitar sua vida, baixe o app PackPoint, que cria listas personalizadas para você não esquecer de colocar nada da mala e não precisar perder tempo fazendo manualmente a lista.

6. Administrar o itinerário

A pesquisa também aponta que um em quatro entrevistados brasileiros considera a administração do itinerário e marcar reuniões, no caso de uma viagem de negócios, algo bem chato. Para poder relaxar e não ficar com medo de deixar passar nenhum compromisso, teste o Tripit app, um dos aplicativos que ajuda a organizar todos os compromissos, assim sobrará um tempinho para você “turistar”.