Tamanho do texto

Ter atenção com a documentação e fazer um seguro ainda no Brasil são formas de evitar problemas na viagem de férias com a família; veja mais dicas

Orlando continua sendo um destino muito procurado por turistas que querem aproveitar os parques temáticos, o clima agradável e a excelente infraestrutura da cidade. Entretanto, para curtir com a família e/ou amigos sem dores de cabeça, é preciso tomar cuidado com todos os detalhes na hora de planejar a viagem.

Leia também: Como funcionam os bastidores dos parques da Disney 

Fazer um planejamento para viajar para Orlando ajuda a ter o melhor custo benefício
shutterstock
Fazer um planejamento para viajar para Orlando ajuda a ter o melhor custo benefício

Com esse planejamento é possível evitar imprevistos, fugir dos preços altos e ter o melhor custo benefício durante a viagem. Wendel Ferrari, CEO da Temporada em Orlando , dá dicas de como planejar uma viagem para Orlando corretamente:

1. Documentação

Você deve ter muito cuidado com a sua documentação para evitar problemas na viagem. Para entrar nos Estados Unidos, todos os passageiros devem ter passaporte e visto de entrada válidos. O passaporte é feito nos postos da polícia federal, enquanto o visto é um processo mais longo que inclui o preenchimento do formulário online, taxas e entrevista presencial no consulado norte-americano com todos os requisitantes do visto.

Leia também: Homem visita parques da Disney diariamente desde 2012 e dá dicas 

2. Seguro viagem

O Seguro viagem serve para você ter cobertura médica durante a viagem e é uma garantia caso ocorra algum acidente. É muito importante contratar o serviço porque os gastos com saúde no exterior, principalmente nos Estados Unidos, costumam ser altos. O ideal é contratar um plano internacional antes de sair do Brasil. Para isso, você pode usar as próprias bandeiras dos cartões de crédito, os bancos ou contar com a ajuda de empresas especializadas.

3. Passagem aérea

É possível conseguir passagens aéreas mais baratas e na data e horário desejados se você começar a planejar a viagem com, pelo menos, seis meses de antecedência. “Algumas companhias aéreas brasileiras têm voos direto para a Flórida, basta ficar atento às promoções e pesquisar tanto no próprio site destas companhias como naqueles gerais, que divulgam vários descontos promocionais”, sugere Ferrari.

4. Hospedagem

Na hora de escolher a hospedagem, é importante comparar o preço e ver quanto vai gastar por pessoa. Para famílias que procuram comodidade, conforto e independência, o ideal é alugar uma casa. “Se for um grupo com mais de quatro pessoas, o aluguel de casa é a melhor alternativa para economizar e obter um ótimo custo benefício”, explica Ferrari. “Ao locar uma casa na cidade a economia pode variar de 24% a 60%”, completa.

Leia também: Aplicativo facilita a vida de visitantes da Disney 

5. Aluguel de veículo

Com o dólar alto, alugar um carro pode ser a melhor opção para se locomover em Orlando . Dependendo da distância entre um  parque temático e outro, o táxi se terna um meio de transporte caro e pouco prático. Ainda no Brasil, o viajante pode realizar a reserva pelo site da locadora e apresentar a habilitação brasileira e um cartão de crédito internacional na retirada do veículo, que pode ser feita no aeroporto, por exemplo. “Sempre aconselhamos os turistas a locarem com empresas renomadas, evitando dor de cabeça desnecessária”, finaliza o executivo.