Assim como as crianças, os idosos também precisam de alguns cuidados durante uma viagem. Além de pensar em um destino que agrade e que seja indicado para as pessoas da terceira idade, é preciso pensar em outros detalhes, como bagagem, alimentação, remédios e documentação.

Leia também: 7 destinos para viajar com os avós

undefined
shutterstock
Especialista dá dicas para realizar uma viagem agradável com os idosos


O especialista da agência de turismo 2GoTur, Marcus Matta, lista nove dicas para viajar com os idosos :  

1. Planejar com calma

Ao procurar um destino, verifique os detalhes climáticos e evite locais com baixas temperaturas, chuvas frequentes e neve. Caso seja possível, evite a alta temporada, feriados ou festividades religiosas, pois são épocas em que os locais ficam lotados podendo afetar a qualidade do serviço e influenciar nos preços. As estações do ano mais indicadas para viajar com os velhinhos são outono e primavera.

2. Documentos

Essa dica, na verdade, vale para os viajantes de todas as idades. Veja com antecedência a validade do passaporte e verifique se há a necessidade de vistos ou vacinas para entrar no país de destino. Vale lembrar que alguns países exigem passaporte com validade de no mínimo seis meses, então não deixe para última hora.

3. Despesas

Alguns gastos imprevistos podem aparecer durante a viagem, então faça uma poupança mensal em dólares (ou euros) para evitar possíveis flutuações bruscas do real. Faça cotações e troque a moeda em casas de câmbio. Para não passar apuros, leve também um cartão de crédito de débito pré-pago para usar em uma emergência, só não se esqueça de ligar na operadora para pedir a liberação no exterior.  

4.  Pense nos detalhes

Semanas antes de embarque, fique atendo aos detalhes. O idoso deve realizar uma consulta médica para um rápido check-up. Se a pessoa utilizar medicação contínua/controlada, peça uma receita adicional em inglês com o nome dos remédios, descrições e restrições. Outro detalhe é ligar para operadora de celular e ativar os dados roaming, que você só deve usar quando não estiver sem WiFi. Para ficar tranquilo, faça um seguro viagem que tenha assistência médica e cobertura com gastos como medicamentos.

Leia também: 5 destinos líderes em acessibilidade no Brasil

undefined
shutterstock
Pensar no destino, nas malas e levar medicamentos são algumas das dicas


5. Malas

As companhias aéreas estão cada vez mais reduzindo quantidade e o peso permitido de bagagens, mas as malas das pessoas na terceira idade precisam sem bem completas. É preciso levar roupas e sapatos confortáveis, peças para o frio e para o calor, roupas informais e também algumas mais formais. Analise como é o destino e os tipos de passeios e auxilie os idosos nessa tarefa.

6. Bagagem de mão

Nessa bagagem mais compacta leve todos os objetos de valor, documentos, nécessaire com produtos de higiene pessoal para utilizar na viagem e os medicamentos que precisa tomar. Também é importante colocar uma peça de roupa extra para uma eventualidade. As pessoas de idade sempre gostam de beber uma água, então deixe uma garrafinha transparente de até 100 ml ao alcance para conseguir passar na inspeção.

7. Medicação sem prescrição

Além dos remédios controlados, você pode levar outros medicamentos que o idoso está acostumado a tomar e não precisam de receitas, como os aqueles para dor de cabeça, dor muscular, problemas digestivos, enjoo, antialérgicos, entre outros.

8. Busque o bem-estar

Para um vôo mais agradável, ofereça bastante água ao seu acompanhante de idade avançada e evite deixa que consuma bebidas alcóolicas. O uso de colírios e hidratantes nasais também é indicado para reduzir o desconforto causado pelo ar-condicionado do avião. Marcus ressalta que uma echarpe ou lenço para proteger o pescoço durante a viagem pode evitar problemas na garganta.

Leia também: 6 dicas para colocar o pé na estrada com os filhos e ter uma viagem tranquila

9. Cuidados com a alimentação

Durante a viagem, os idosos dever ter cuidado com comidas muito pesadas, gordurosas, condimentadas e temperos que não estão acostumados. Beber muita água mineral é sempre indicado e cuidado com os sucos e, mais uma vez, com bebidas alcoólicas. Nos passeios, não custa nada levar um lanche, frutas e barras de cereais, pois não sabem quanto tempo vão demorar na atração e as pessoas de mais idade costumam ter horários rígidos para se alimentar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários