Tamanho do texto

Veja maneiras de viajar com crianças e aproveitar as férias sem dor de cabeça

Viajar com crianças é diversão para a família inteira. Os pequenos conhecem lugares novos, brincam e aproveitam muito. Mas sabemos que nem sempre assim e, em alguns momentos, esse tipo de viagem pode ser um tormento para os pais. 

Leia também: A etiqueta para fazer viagens agradáveis com crianças

Viajar com crianças pode ser uma tarefa difícil para pais que precisam conciliar lazer e obrigação
shutterstock
Viajar com crianças pode ser uma tarefa difícil para pais que precisam conciliar lazer e obrigação

O “The New York Times” fez uma lista que vai te ajudar. O jornal americano reúne dicas para os pais que vão viajar com crianças consigam ver os pequenos se divertindo e também curtam o passeio.

Atenção aos gastos

Crianças representam despesas em casa e também em viagens. São lanches ao longo do dia, presentinhos, passeios, fraldas em casos de bebês... Portanto, planeje a viagem e lembre-se de incluir esses gastos no orçamento. 

Com o orçamento feito fica mais fácil saber se ficou com alguma folga para contar com algum tipo de ajuda para cuidar dos pequenos. Uma dica do jornal é procurar serviços locais de babá. Segundo a publicação, em algumas cidades dos Estados Unidos é possível contratar uma babá em sites confiáveis para que ela fique com as crianças por algumas horas durante a noite - está aí a oportunidade para um jantar romântico. Se fizer questão deste tempo a sós com seu parceiro ou parceira, vale incluir no orçamento o que gastará a mais para que alguém cuide de seus filhos. 

Leia também: Guia para viajar com as crianças

Resort com tudo incluso

A hospedagem escolhida também pode significar uma ajuda e tanto para os pais. Diversos resorts oferecem alguma forma de assistência e isso geralmente já está incluso no preço total. Alguns oferecem "clubes para crianças", um ambiente de creche que distrai os filhos dos hóspedes, por exemplo, com monitores para cuidar das atividades. Geralmente esses clubes são dividos por idade, com espaço para os pequenos e também para os mais velhos. 

Entretanto, alguns hoteis não contam com esse serviço para os bebês e crianças menores. Antes de fechar o pacote, tire toda suas dúvidas para evitar surpresas quando chegar ao destino. 

Leve alguém para ajudar

Para os pais que estão inseguros sobre deixar seu filho com um estranho em um lugar desconhecido, a melhor aposta pode ser levar de casa um membro da família, amigo ou babá de confiança. Avós aposentados, que muitas vezes têm horários flexíveis, parecem ser uma boa escolha. Mas nem todos os avós estão à altura do desafio de cuidar dos pequenos e, claro, nem todos consideram uma viagem com seus pais ou sogros férias de verdade. Outras possibilidades incluem uma sobrinha ou sobrinho responsável - ou outro adolescente conhecido. O jovem ajudaria a cuidar dos filhos do casal e, em troca, teria a oportunidade de fazer uma viagem. 

Mais uma vez é importante pensar no orçamento neste item. Incluir uma pessoa a mais na viagem pode ser uma ajuda e tanto para trocar fraldas e dar uma folga aos pais, mas também fará com o passeio fique mais caro no final, afinal, será uma passagem a mais, uma hospedagem a mais.

Leia também: Hotéis feitos para crianças

Viagem em grupo

Já pensou em convidar outro casal com filhos para viajar com vocês? Férias de duas famílias duplica o número de adultos para cuidar dos pequenos. Alguns pais podem ficar de olho nas crianças enquanto os outros desfrutam de alguns passeios, como uma caminhada ou uma noite em um bar com música ao vivo. Dividindo os turnos das obrigações, o cuidado com os filhos é gratuito e viajar com crianças fica mais divertidos e prazeroso para todos.