Tamanho do texto

Especialista explica como escolher o destino, fala sobre como planejar os passeios, sobre o tipo de bagagem e trabalho voluntário

Você precisa trabalhar um ano inteiro para consegui um mês de descanso, ou seja, férias é um momento muito esperado e para desfrutar ao máximo desse período, fazer uma viagem longa é uma ótima opção. O problema é que se você não se planejar, o tempo que deveria ser gasto para diversão pode ser desperdiçado.

Para realizar uma viagem longa é preciso planejar
Getty Images
Para realizar uma viagem longa é preciso planejar


Planeje-se para ter dinheiro nas férias

Ficar empolgado e querer passar muito dias em um destino é natural, mas não ter surpresas desagradáveis, enjoar do lugar ou conseguir dividir o tempo para conhecer da melhor forma tudo o que o destino oferece é preciso organizar e planejar a viagem, caso contrário o destino pode se tornar desinteressante e você vai querer voltar correndo para casa.

"Duas ou três semanas pode parecer um longo tempo, mas não é tanto quanto você pensa. Há vários fatores que os viajantes devem considerar para tirar o máximo proveito de sua viagem", disse a proprietária da Small World Travel em Austin e especialista em itinerários extensos Sam McClure, em entrevista ao "The New York Times".

A especialista compartilha algumas dicas que vão te auxiliar a planejar férias bem sucedidas:

Evitar transferências

Com algumas semanas de folga é tentador querer conhecer vários destinos, mas Sam desaconselha muitas paradas. "Você vai acabar gastando todo o seu tempo em aviões, ônibus e trens" afirma.

Ao invés de fazer inúmeras paradas, é indicado se manter em um destino, escolhendo um país, ou se concentrar em uma área do mundo que possua voos interligados para evitar aborrecimentos , como ter que ficar toda hora ficar arrumando a mala e correndo para um aeroporto.

A especialista fala que se quiser conhecer muitos lugares na mesma viagem, escolha um lugar próximos a outros destinos. Como exemplo ela cita: Botswana, Zimbabwe e Namíbia na África Austral e Vietnã, Camboja e Tailândia no Sudeste Asiático.

Diversifique os passeios

Visitar locais históricos é interessante, mas em uma viagem mais longa que o habitual, conhecer esses lugares pode causar uma sobrecarga de informação. Sam aconselhou balancear os passeios que irá realizar, assim você não se sentirá saturado do local.

Mochilão: saiba o que precisa fazer para organizar um

Ela exemplifica dizendo que um dia você pode relaxar em uma praia, no outro andar pelos mercados locais ou simplesmente observar as pessoas dos cafés da região.

Prefira casa a hotel

A especialista recomenda  alugar uma casa quando for realizar uma viagem longa. "Em um hotel você não vai conseguir seguir o ritmo de vida local", fala. Ela conta que recentemente ajudou uma família a alugar uma casa por duas semanas na região de Dordogne, na França, e eles disseram que viver em uma casa lhes deu uma perspectiva muito mais satisfatória do país.

Menos bagagem

Se você estiver visitando vários destinos, limite a bagagem para uma mala com rodinhas ou uma mochila. Ficar em aeroportos, terminais ou estações de trem e metrô com muitas bagagens vai ser difícil controlar os pertences pessoais, especialmente em uma viagem mais longa que costuma cansar mais.

Trabalho voluntário

Realizar uma ação de serviço comunitário é uma oportunidade de se conectar com um destino de uma maneira única, mas isso não significa que toda a viagem precisa ser dedicada ao voluntariado.

Sam conta que planejou as férias de uma família que queira passar três semanas no Equador e incluiu no pacote o voluntariado em uma casa de crianças perto de Quito. "Eles ensinaram inglês para as crianças da casa, absorveram a vida selvagem nas Galápagos e viram o país através de duas lentes diferentes", conta.

Organize sua viagem para a Disney

São muitos os países em desenvolvimento e hotéis apoiam instituições de caridade e podem providenciar oportunidades de trabalho voluntário para os hóspedes. A especialista completa dizendo que viver uma experiência dessas é possível, basta se planejar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.