iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Como escolher o acampamento educativo para o seu filho?
Seu filho quer diversão e você não quer dor de cabeça. Para atingir essa meta, fizemos um guia com dicas de como escolher corretamente o melhor acampamento de férias para as crianças e adolescentes.

iG São Paulo

Chega o verão. Com ele, as férias escolares mais extensas. Muitos pais têm nos acampamentos uma forma de conciliar as férias dos filhos com atividades recreativas e educacionais que ocupem o tempo livre, sem alterar muito a rotina da casa, já que cada vez menos pais e filhos estão de folga juntos.

Mas como escolher o melhor acampamento para o seu filho? Aqui damos dicas simples, seguindo orientações da ABAE (Associação Brasileira de Acampamentos Educativos), que podem ajudar você na hora de escolher, diminuindo as chances de imprevistos desagradáveis e aumentando as chances de o seu filho se divertir bastante.

Marco Antônio Vivolo, diretor presidente da Abae, e João Pereira dos Santos, diretor do Guia Acampar e presidente da Associação de Acampamentos do Estado de São Paulo (AACESP), comentam algumas dicas.

- Antes de qualquer contratação de serviços, avalie bastante a proposta educacional do acampamento. "Hoje em dia podemos dividir os acampamentos em dois grandes grupos: os que têm múltiplas atividades, mais tradicionais, e os que são espécies de clínicas voltadas a uma atividade só ou que seguem apenas uma linha (meio ambiente, artística, entre outras). Os pais têm tem que saber o que o acampamento oferece. O jovem quando vai escolher tem que ir para o que está procurando", analisa Marco Antônio Vivolo. 


- Cheque a experiência e formação profissional dos monitores e coordenadores: seu filho vai estar sob a responsabilidade deles.


- Pergunte sobre a alimentação para saber o número de refeições a que seu filho terá direito e como se dará a elaboração do cardápio.


- Pegar todas as informações possíveis sobre a segurança no local e também sobre estrutura para atender a uma emergência (presença de profissionais de saúde, facilidade de comunicação, transporte de emergência, locais de atendimento, entre outras informações). "Seguraça, higiene, pessoas bem preparadas, isso tudo tudo é fundamental na hora de escolher o acampamento. As melhores instalações, claro, têm mais chances de oferecer melhores serviços", explica Vivolo.


- Conferir a programação e ver se as atividades programadas são boas e vão agradar o seu filho. "Na verdade, não existe uma atividade específica ideal. O acampamento tem é que corresponder às expectativas da criança ou do adolescente, dependendo do interesse dele", diz.


- Certificar-se que a estrutura do acampamento é adequada para as atividades propostas na programação. "Mas não adianta o local ser maravilhoso, se não houver uma boa programação com atividades lúdicas, esportivas, culturais e de lazer, e isto somente uma equipe monitores capacitados e preparados podem oferecer", afirma João Pereira dos Santos.


- Se possível, organize a viagem pessoalmente, para que possa ter contato com os organizadores do acampamento.


- Passar as informações para o seu filho e ver se ele está de acordo com a programação proposta. "É fundamental que o acampante participe do processo de escolha. Se ele vai obrigado, as chances de dar errado é muito grande", conclui Vivolo. "O ideal, a meu ver, é que a duração seja de uma semana. Mais que isso, acaba se tornando cansativo", analisa João dos Santos.


Está pensando em mandar o filho para um acampamento? Confira o nosso
guia com dicas de acampamentos educativos pelo Brasil 

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias