iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Paris "coberta": passagens e galerias da capital francesa
Que Paris é uma das cidades mais lindas não é novidade. Arco do Triunfo e Torre Eiffel todo turista que se preze visita. O que você não pode deixar de visitar também são as galerias e passagens da capital francesa, charmosos lugares que tornam essa cidade ainda mais encantadora!

Redação iG Turismo

Foto na Torre Eiffel, foto no Arco do Triunfo, passeios na Champs-Élysées. Isso todo turista faz em Paris. O que nem todo mundo sabe é que a Cidade Luz tem galerias e passagens que rendem ótimos passeios, indo muito além dos pontos turísticos tradicionais da capital francesa.

VEJA GALERIA DE FOTOS DE PARIS 

A maioria das galerias e passagens foi construída no século 19 e aproximadamente vinte ainda resistem ao tempo. Quase todas que ainda estão abertas aos transeuntes ficam no quartier do Palais Royal e do Museu do Louvre. Na região dos boulevards, perto da Praça da Ópera, também é possível passear em algumas.

A Associação das Passagens e Galerias e oferece visitas guiadas nas primeiras e terceiras terças-feiras de cada mês, partindo do Palais Royal. O passeio custa 10 euros por pessoa. Grupos são aceitos, mas o número mínimo é de 15 pessoas. Não é possível visitar as passagens e galerias aos sábados, domingos e feriados, porque a maioria delas fica fechada.

Para organizar melhor os passeios, a Associação dispõe de quatro roteiros, divididos por temas. O roteiro 1 se chama “A vida parisiense” e mostra as lojas de luxo e ateliers de moda presentes nas galerias e passagens. Entre as que são visitadas nesse passeio estão a Galerie Colbert, a Galerie Vivienne, a Passage Choiseul e a Passage du Marché Saint-Honoré.

“Paris, seus grandes bulevares e distrações” é o roteiro 2, que foca nas opções de entretenimento da cidade no século 18. Cafés, teatros e restaurantes que são badalados em Paris até hoje são as estrelas do passeio.

O roteiro 3, “Paris histórica”, mostra a evolução da capital francesa através das suas galerias e passagens. Completando as opções, o roteiro 4, “Roteiro em família”, é mais curto, pensado para pessoas de todas as idades, e é uma espécie de resumo do roteiro 2.

Descubra os encantos de cada cantinho charmoso que Paris tem preservado e aventure-se nessa verdadeira viagem no tempo.

Passagem Jouffroy – Uma das mais movimentadas de Paris, a Passagem Jouffroy foi a primeira construída em ferro e vidro. Sua construção data de 1836, mas em 1978 ela passou por uma reforma completa. No local há uma livraria especializada em cinema. Lá também fica a segunda entrada do museu de cera Grévin.

Galeria Verdeau – Pouco conhecida, a Verdeau compensa a falta de “fama” com o fato de ser uma das mais arejadas da cidade. Lá ficam lojas especializadas em aquarelas, fotos (restauração), móveis antigos, entre muitas outras coisas. Bistrôs e bares completam o passeio.

Galeria Vivienne – Fica pertinho do Palais Royal e esbanja luxo. Criada no século 19, a Vivienne tem decoração neoclássica, com o chão coberto por mosaicos assinados pelo italiano Gian Domenico Facchina. A galeria tem 176 metros de comprimento e três metros de largura. Uma das grandes atrações, mesmo para quem não está disposto a gastar muito dinheiro com moda, é a loja de Jean Paul Gaultier. Vale uma foto! Outra parada obrigatória é a livraria Siroux, aberta no começo do século 19 e ponto frequentado pela escritora francesa Colette.

Passagem Panoramas – Conhecida por ter tido os bares que concentravam artistas de teatro da cidade. Até hoje o meio teatral faz parte da Passagem Panoramas, pois lá fica a entrada de artistas do Théâtre des Variétés. Bares, restaurantes e bistrôs, além de um charmoso salão de chá, também atraem muitas pessoas ao local.

Passagem Colbert – Nasceu em 1826, na tentativa de ser a concorrente da Vivienne. Fechada em 1975, a Colbert foi reaberta dez anos depois, bem parecida com o seu projeto original. Uma das grandes atrações fica perto de uma das entradas da galeria. Trata-se do Le Grand Colbert, um dos restaurantes mais famosos de Paris, quando o assunto é a tradicional cozinha francesa.

Leia mais sobre: Paris - França.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias