iG - Internet Group

iBest

brTurbo

O essencial de Istambul
Entre a Europa e a Ásia, entre o passado épico e o presente moderno caminha Istambul.

Mapa-Mundi - www.mapa-mundi.com

- Fuso-Clima-Visto-Feriados em Istambul
- Como chegar a Istambul
- Onde ficar e o que comer em Istambul
- Atrações para as crianças em Istambul
- Vida cultural e noturna de Istambul
- O que ver nos arredores de Istambul
- Compras em Istambul 
- Informações úteis sobre Istambul

VEJA A GALERIA DE FOTOS DE ISTAMBUL

Dona de uma das mais importantes heranças culturais do mundo, Istambul guarda nas ruas de Sultanahmet, na arquitetura e nos museus, vestígios de todas as civilizações e impérios que dominaram a região em 2.500 anos de história. Os minaretes otomanos coroam o horizonte construído em fundações bizantinas, enquanto igrejas católicas foram transformadas em mesquitas para homenagear Alá.

Essa sobreposição de culturas, aliada ao burburinho caótico e às misturas inusitadas que se vê nas ruas, como jovens muçulmanas com roupas ocidentais, fazem de Istambul um lugar único.

A paisagem de Istambul é abençoada pelo Estreito de Bósforo e pelas praias do Mar Negro. E a infraestrutura turística inclui ótimos restaurantes que servem comidas típicas, hotéis cada vez mais estrelados e vida noturna animadíssima (mulheres sozinhas podem se sentir um pouco desconfortáveis). Mas a diversão começa mesmo nos grandes mercados e bazares, uma experiência consumista imperdível.

Principais atrações

1 - Ayasofya
Sultanahmet

Por quase um milênio, Ayasofya, ou Santa Sofia, representou o triunfo do Cristianismo e do Império Bizantino. Mas a igreja construída no século 6 foi transformada em mesquita com a chegada dos otomanos, que acrescentaram quatro minaretes muçulmanos à arquitetura e cobriram com cal os mosaicos católicos. Em 1935, virou museu.

2 - Blue Mosque
Sultan Ahmet Camii, Sultanahmet

Essa mesquita é o cartão-postal de Istambul - uma obra suntuosa dedicada a Alá. A visita de não-muçulmanos é proibida durante as cinco orações diárias. Fora desses momentos, o turista pode conhecer a mesquita e entender por que ela tem o nome Mesquita Azul: peças de cerâmica dessa cor cobrem o interior do prédio. É recomendável levar um lenço para entrar lá.

3 - St. Savior in Chora (Kariye Müzesi)
Camii Sok., Kariye Meydani, Edirnekapi

Muito do que restou nos cofres do Império Bizantino foi investido no embelezamento dessa igreja, uma das mais belas e preservadas galerias de arte com acervo de 50 mosaicos bizantinos. A estrutura original é do século 11.

4 - Süleymaniye Mosque and Complex
Ponte Galata

Às margens do Chifre, a mesquita é símbolo do período áureo do Império Otomano. Foi construída pelo sultão Süleyman e guarda nas paredes passagens do Corão, o livro sagrado dos muçulmanos, e menções à sabedoria de Alá.

5 – Topkapi
Babihümayun Caddesi, s/nº

Erguido por Mehmet II no século 15, o palácio ganhou anexos ao longo de três séculos. Depois de visitar as salas do tesouro, com espadas, berços e até jarras de vinho em ouro, vá ao harém. Ali, o turista conhece a ala dos eunucos negros, que vigiavam as concubinas e as esposas do sultão, as salas de banho e o pátio das concubinas - e entende que a vida no harém não era nada fácil.

6 - Arkeoloji Müzesi – Topkapi Palace

O Museu Arqueológico ocupa três prédios do palácio Topkapi e guarda cerca de 1 milhão de objetos. Entre os mais extraordinários estão o sarcófago do século 4 a.C. e a coleção de artefatos locais antigos que contam as origens e a história de Istambul.

7 - Dolmabahçe Palace
Dolmabahçe Cad

Espalhado por 8 quilômetros nas margens do Bósforo, a estrutura imperial tem nada menos do que 285 quartos, quatro grandes salões, seis galerias, cinco escadarias, seis espaços exclusivos para banhos turcos e 43 banheiros. Para construir o palácio, foram utilizados 14 tons de ouro e seis tons de prata. O prédio também tem uma coleção de cristais Baccarat e Bohemian, bem como cristais venezianos que decoram paredes, telhados e até um piano.

8 – Yerebatan Sarnici
Yerebatan Cad., Sultanahmet

A cisterna foi primeiramente construída por Constantino e ampliada para o formato atual por Justiniano, que utilizou 336 colunas de mármore. Abriu ao público em 1987, após séculos de uso. Repare na “coluna das lágrimas”, um pilar com símbolos que lembram uma lágrima, e nas duas cabeças de Medusa.

9 - Istanbul Museum of Modern Art
Antrepo, 4

Aberto em 2004, o museu de arte moderna guarda uma vasta coleção de pinturas, telas, retratos, esculturas e fotografias de artistas turcos do século 20. Vale a visita, principalmente porque traz uma arte diferente na cidade das antiguidades.

10 - Cagaloglu Hamami
Prof. Kazim Ismail Gürkan Caddesi, 34

Impossível deixar Istambul sem provar o famoso banho turco numa das casas chamadas hamamis. Na Cagaloglu, uma das mais tradicionais, com três séculos de atividade, o turista ganha um kit com toalha e pente para se preparar para o procedimento. Depois de se molhar com a água que cai de uma bica, é hora de deitar no octógono de mármore para as massagens e outros tratamentos estéticos.

Veja também:

- Banho turco, para um sultão ou sua consorte

Leia mais sobre: Istambul - Turquia

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG




publicidade



Contador de notícias